ÁGUA É DETECTADA PELA 1ª VEZ NUM PLANETA QUE FICA EM ZONA “HABITÁVEL”

Posted by Thoth3126 on 11/09/2019

Os astrônomos estão descobrindo cada vez mais mundos alienígenas que podem ser capazes de suportar a vida semelhante à Terra, mas nenhum desses exoplanetas até agora são cópias em carbono do nosso mundo natal. A mais recente e emocionante descoberta envolve o planeta K2-18b, um planeta a cerca de 110 anos-luz da Terra que o telescópio espacial Kepler da NASA descobriu em 2015.  Ele encontra-se na “ zona habitável ” de sua estrela-mãe, no intervalo de distância que poderia suportar a existência de água líquida na superfície do planeta. Duas equipes de cientistas anunciaram nesta semana que encontraram vapor de água na sua atmosfera – um grande marco na busca por vida alienígena fora da Terra.

Edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Pela primeira vez, água é detectada em um planeta que fica em “zona habitável” em seu sistema solar. Com oito vezes a massa da Terra, esse planeta é o primeiro encontrado pelos cientistas que possui indícios de água e está localizado para além do Sistema Solar

Fontes:  https://revistagalileu.globo.com/  –  https://www.space.com/

Onde há água, há vida? Graças a informações obtidas pelo telescópio espacial Hubble, pesquisadores constataram a presença de água em forma de vapor na atmosfera de um planeta que está localizado para além do Sistema Solar e fica em uma região conhecida como “zona habitável” do seu sistema— ou seja, possui algumas características que possibilitam condições mínimas para o possível desenvolvimento de formas de vida, como uma distância adequada em relação à sua estrela/sol.

Publicada nesta quarta-feira (11 de setembro) no periódico científico Nature Astronomy, a pesquisa é considerada um marco na história da Astronomia. “Encontrar água em um planeta potencialmente habitável é incrivelmente animador. Isso nos traz a uma questão fundamental: a Terra é única?”, escreveu Angelos Tsiaras, principal autor do trabalho. Veja vídeo de uma representação artística do planeta:

“Este é o único planeta no momento com a temperatura correta [para a vida semelhante à da Terra] e com água fora do sistema solar”, disse Angelos Tsiaras, do Centro de Dados Exoquímicos Espaciais (CSED) da University College London, líder de uma das equipes de pesquisa, falando a repórteres durante uma teleconferência terça-feira (10 de setembro).

Tsiaras e seus colegas publicaram seus resultados hoje (11 de setembro) na revista Nature Astronomy. A outra equipe de pesquisa, liderada por Björn Benneke, da Université de Montréal, do Canadá, postou seu artigo no site de pré-impressão on-line arXiv.org na terça-feira. O estudo de Benneke et al. ainda não foi revisado por pares.

“A única pergunta que estamos tentando fazer aqui, e estamos avançando, é a questão da habitabilidade”, disse Tsiaras. “Este é o planeta que atende a mais requisitos de [habitabilidade] do que qualquer outro que conhecemos até agora.”

O telescópio espacial Hubble (Foto: Divulgação/NASA)

De acordo com os estudos, o planeta K2-18b possui oito vezes a massa da Terra e está localizado a 110 anos-luz da Terra (cada ano-luz equivale a 9.461.000.000.000 quilômetros). Ao verificar os dados obtidos pelo Hubble, os pesquisadores afirmaram que o planeta orbita a estrela/sol anã K2-18 e provavelmente possui uma atmosfera diferente da Terra, apresentando índices mais severos de radiação e sendo mais “hostil” ao possível desenvolvimento de vida.

O planeta K2-18b foi descoberto pela primeira vez em 2015 e é um dos planetas chamados de “super-Terras”, que possui uma massa superior ao nosso planeta, mas não conta com características tão colossais como Júpiter ou Saturno. Para constatar a presença de vapor de água, os astrônomos utilizaram um algoritmo para processar as informações captadas pelo telescópio Hubble: de acordo com o estudo, também foram identificados os elementos hidrogênio e hélio na atmosfera do K2-18b. 

Tsiaras e seus colegas enfatizaram que o planeta K2-18b está longe de ser um gêmeo da Terra . O exoplaneta é oito vezes mais massivo que o nosso mundo, tornando-o uma “super-Terra”, um tipo de mundo que é comum em toda a Via Láctea, mas que não está representado em nosso próprio sistema solar.

Após a constatação da presença de água, os cientistas analisarão a possível presença de outras moléculas que fazem parte da composição química do planeta, além de estimar a porcentagem de presença de água na sua atmosfera. 

Depois, há a questão da estrela/sol que o planeta K2-18b orbita, umaanã vermelhamuito menor e mais fria que o nosso sol. Como as anãs vermelhas são tão escuras, suas zonas habitáveis ​​residem muito mais perto; o planeta K2-18 b completa uma órbita ao redor de seu sol/estrela a cada 33 dias da Terra.

Em um estudo publicado em 11 de setembro de 2019, os pesquisadores detectaram vapor de água na atmosfera do exoplaneta K2-18b. A impressão deste artista mostra o planeta K2-18b, sua estrela hospedeira e um planeta que o acompanha neste sistema. (Crédito da imagem: ESA / Hubble, M. Kornmesser)

O planeta alienígena pode, portanto, ser “travado por maré” pela sua estrela,  a anã vermelha sempre mostrando a mesma face, assim como a lua da Terra apenas mostra seu lado mais próximo de nós. Mas isso não seria um problema para a existência da vida no planeta.


Na casa de meu Pai “há muitas moradas”; se não fosse assim, eu vo-los teria dito. Vou preparar-vos lugar. E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também.  João 14:2,3


Permitida a reprodução desde que mantida na formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.