NOVA ROTA DA SEDA: CONECTANDO A CHINA E O MUNDO (ONE BELT & ONE ROAD)

ROTA DA SEDA

Posted by Thoth3126 on 11/10/2018

O conceito chinês de construir “uma comunidade humana com destino compartilhado” foi incorporado na sexta-feira pela primeira vez em uma resolução do Conselho de Segurança das Nações Unidas, refletindo o reconhecimento mundial das grandes contribuições da China para a governança global, disseram diplomatas à agência de noticias chinesa Xinhua.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Conceito de marco chinês colocado na resolução do Conselho de Segurança da ONU pela 1ª vez

Fonte: http://news.xinhuanet.com/

Também incluída na resolução do conselho recentemente adotada foi a Iniciativa do Cinturão e a Estrada da China {China’s Belt and Road Initiative, também conhecida como The Silk Road Economic Belt and the 21st-century Maritime Silk Road-O Cinturão Econômico da Rota da Seda e a Rota da Seda Marítima do Século XXI}, que pretende construir uma rede de comércio e infra-estrutura conectando a Ásia com a Europa e a África ao longo das antigas rotas comerciais, como a antiga e milenar ROTA DA SEDA disseram.

Em uma resolução aprovada por unanimidade para renovar por um ano o mandato da Missão de Assistência das Nações Unidas no Afeganistão (UNAMA), o órgão da ONU de 15 países instou a promover a segurança e a estabilidade no Afeganistão e na região “para criar uma comunidade de futuro compartilhado para a humanidade.”

Enquanto isso, a última resolução do Conselho também pediu mais esforços internacionais para fortalecer a cooperação regional e implementar a Belt and Road Initiative. O Conselho de Segurança sublinhou “a importância crucial do avanço da cooperação regional no espírito de cooperação win-win (TODOS VENCEM) como um meio eficaz para promover a segurança, a estabilidade e o desenvolvimento econômico e social no Afeganistão e na região para criar uma comunidade de futuro compartilhado para a humanidade” declarou a resolução.

Desde que a China propôs pela primeira vez o conceito da criação de uma nova Rota da Seda no final de 2012, passou a moldar a abordagem da China à governança global, dando origem a propostas e medidas para apoiar o crescimento e desenvolvimento econômico para todos.

Na mesma resolução, o Conselho “congratula-se com os esforços envidados para fortalecer o processo de cooperação econômica regional na Ásia, incluindo medidas para facilitar a conectividade regional, o comércio e o trânsito de pessoas e mercadorias, inclusive por meio de iniciativas de desenvolvimento regional como o The Silk Road Economic Belt and the 21st-century Maritime Silk Road-O Cinturão Econômico da Rota da Seda e a Rota da Seda Marítima do Século XXI e os projetos de desenvolvimento regional “.

A Iniciativa Belt and Road, apresentada pelo presidente chinês Xi Jinping em 2013, ganhou apoio de mais de 100 países e organizações internacionais, com quase 50 acordos de cooperação já assinados entre governos. Ao aprovar a nova resolução, o Conselho de Segurança da ONU decidiu prorrogar o mandato da UNAMA por mais um ano, até 17 de março de 2018.

Após a aprovação unânime do conselho da resolução, Liu Jieyi, representante permanente chinês junto às Nações Unidas, disse aos repórteres que o conceito chinês foi colocado em uma resolução do Conselho de Segurança pela primeira vez na sexta-feira, mostrando assim o consenso da comunidade internacional em abraçar o conceito, e manifestando enormes contribuições chinesas para a governança global.

O enviado chinês disse que a última ação do conselho é favorável à criação de uma atmosfera favorável para a China hospedar um fórum de Belt and Road para a cooperação internacional em Pequim, em maio, a fim de fazer uma reunião estilo brainstorm (chuva de ideias) sobre o desenvolvimento interconectado.

O próximo fórum irá explorar maneiras de abordar os problemas econômicos regionais e globais, gerar energia fresca para o desenvolvimento interconectado e garantir que a Iniciativa da nova Rota da Seda ofereça maiores benefícios às pessoas de todos os países envolvidos.

Ao mesmo tempo, Liu expressou sua esperança de que todos os Estados membros da ONU participem ativamente nos esforços conjuntos para levar a cabo a iniciativa chinesa e o conceito chinês, implementando a nova resolução do Conselho.As resoluções adotadas pelo Conselho de Segurança são legalmente obrigatórias.


Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.