A ILUSÃO DO SOFRIMENTO

Publicado por Fatima dos Anjos em 14 setembro 2018

ILUSAO DO SOFRIMENTO

Mensagem de Sanat Kumara por meio de André Kosoniscs

20 de Fevereiro de 2018

Amados filhos,

De verdades absolutas vive a humanidade em discordância com as leis divinas. A transformação é constante, e da ilusão de controle, nasce o sentimento de firmar definições, afim de satisfazer a personalidade e seus padrões mentais.

Não haverá supremacia do véu da ilusão diante da verdade do coração, onde tudo flui em essência com o divino.

Diante de todo o medo e dúvida, nasce o sentimento sublime da superação interior, da reforma de padrões nocivos a evolução como um ser divino. Não existem barreiras impostas para esse evoluir.

Na medida em que suas experiências lhe trouxerem a compreensão de que a roda kármica nada mais é que, suas crenças enraizadas no sofrimento e não no fluir do amor, passarão a iluminar vossos corpos, permitindo suas luzes assumirem o controle de vossas vidas.

Não há obstáculos na senda da iluminação, apenas suas mentes egóicas impondo-lhes limites para o despertar. A origem de todo o sofrimento está apenas na ilusão.

A personalidade humana os cega para vossas luzes, esta não passa de uma roupagem criada pela mente, mantendo-os nos padrões repetitivos, outrora aceitos como verdades. Entendam meus filhos, vossas luzes não dependem de nada para que possam expor o seu brilho, todos vocês são seres divinos por natureza.

Todo o processo de iluminação se dá na desvinculação de suas personalidades como seres divinos, na compreensão de que esta, é apenas uma ferramenta para que possam polir o domínio de vossas emoções.

Quando compreendem esse processo, iluminam vossos registros ao nível do Akáshico, e não mais necessitam dessa lição, pois houve a compreensão e aceitação de quem são, assim quebrando o vínculo que os mantinham em sofrimento. A força do inconsciente coletivo os alimentam intensamente essa falta de compreensão, pois não é aceito o domínio do coração, porque necessitam da lógica mental nesse processo.

O reencontro com vossas luzes pode ser suave e sublime em seu caminhar, apenas aceitando todas as experiências, sem julgamentos. O atributo de bom ou ruim é imposto por vossas mentes, trazendo assim o julgamento no que lhes é apresentado como lição, deixando a personalidade guiá-los, os mantendo nos padrões de comportamentos repetitivos.

Permitir o Eu Personalidade, é manter o medo aceso em vossas vidas, sempre prendendo-os ao que é escasso, alimentando a ilusão de que não são merecedores da opulência divina.

Amados, não permitam esse domínio ilusório, sejam o que são, luzes do divino a brilhar nesse planeta. Permitam o fluir de vossas essências.

Somente o amor é capaz de compreender e não julgar, somente no amor, encontrarão as verdades para libertarem vossos corações.

Sou Sanat Kumara

André Kosoniscs

Fonte: www.pazetransformacao.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s