MINHA MELHOR CURA PESSOAL PARA DOR DE DENTE

Enxagues com salmoura morna & pacotes de sal

“…vergonha para todo o mundo médico, por não divulgar um analgésico tão simples.” (de um comentário recebido por CuraDente)Minha melhor cura pessoal para dor de dente

Conteúdo sob copyright © 2018 CuraDente.com

Minha melhor cura pessoal para dor de dente<br/>Enxagues com salmoura morna & pacotes de sal<br/>”…vergonha para todo o mundo médico, por não divulgar um analgésico tão simples.” (de um comentário recebido por CuraDente)<br/>Conteúdo sob <a href=”https://www.curadente.com/copyright.html”>copyright</a> © 2018 CuraDente.com <br/><br/>Como me livrei de quase todas as dores de dentes, até mesmo de dor grave, intensa ou pungente.<br/>Esse procedimento simples para alívio de dor de dente (por favor não o descarte por ser demasiadamente simples – eu o fiz, de início) em verdade operou milagres para mim e muitos outros, até mesmo com dor de dente do pior tipo imaginável. Em verdade, certa vez tive uma dor de dente tão terrível e extrema que me pôs em estado de choque por um momento, foi como relâmpago cauterizando minha mandíbula e além dela. Essa dor originava-se de uma cavidade que atingia a raiz, como então me disse a dentista, quando usava a broca. Porém disse-lhe para parar de furar (ela planejava um tratamento de canal, um dos mais nocivos tratamentos convencionais, a meu ver; veja a <a href=”https://www.curadente.com/tratamento-de-canal-introducao.html”>informação vasta sobre tratamento de canal</a>, à disposição). (Depois tratei o dente comido pela cárie, eu próprio, usando a abordagem traçada nas páginas de CuraDente sobre <a href=”https://www.curadente.com/alimentos-nutricao-saude-doenca-dentarias.html”>Nutrição</a> e <a href=”https://www.curadente.com/cuidado-dentario-higiene-oral.html”>Cuidados Orais & Higiene Bucal</a>, que parece ter ajudado a reconstruir algum esmalte dentário [ao menos funcional]. Embora aquele dente não tenha se recuperado, ele nunca mais me trouxe algum problema.)<br/>Nota importante: esteja ciente de que em certas situações, a água salgada pode ser ineficaz (explicado em <a href=”https://www.curadente.com/sal-agua-salmoura-dor-de-dente-cura.html#quando_agua_salgada_nao_ajudou”>Quando a água salgada não funcionou</a>). Em casos muito raros (conheço apenas dois, no total), a água salgada aumentou a dor (causas desconhecidas, saiba mais em <a href=”https://www.curadente.com/sal-agua-salmoura-dor-de-dente-cura.html#agua_salgada_dentes_quebrados”>Uma nota sobre dentes rachados/quebrados</a>). Também, se você habitualmente usa uma dieta de pouco sal ou tem uma conhecida ou suspeitada sensibilidade ao sal, poderá querer usar outros analgésicos (como <a href=”https://www.curadente.com/remedios-dor-de-dente-ervas-plantas.html#alho”>alho</a>, etc.).<br/>Como preparar o enxague com água salgada<br/>Dissolva sal suficiente (também veja <a href=”https://www.curadente.com/sal-agua-salmoura-dor-de-dente-cura.html#melhor_sal”>Que sal? </a>e <a href=”https://www.curadente.com/sal-agua-salmoura-dor-de-dente-cura.html#qual_concentracao_de_sal”>Que concentração de sal?</a>) em água fria ou (provavelmente melhor, mais suave e possivelmente mais eficiente) água morna (temperatura do corpo) para preparar uma solução forte (se quiser ir devagar, comece com uma solução fraca). Enxágue sua boca repetidamente, vigorosamente jogando a água salgada por toda a boca (se a dor permitir) ou apenas deixando que a salmoura atue em sua boca (isso o fará salivar). A dor de dente, especialmente quando extremamente severa, poderá instantaneamente diminuir ou talvez levar algum tempo antes de desaparecer, mas fá-lo-á. (Certamente assim ocorreu comigo toda vez que a usei, o maior tempo que levou para parar dor aguda foi cerca de dois minutos. Também tenho visto outros relatarem alívio quase instantâneo de dor dental, de forma idêntica; compare <a href=”https://www.curadente.com/sal-agua-salmoura-dor-de-dente-cura.html#testemunhos_dor_de_dente_agua_salgada”>Testemunhos de alívio de dor de dente com água salgada</a>. Às vezes poderá ocorrer um curto surto inicial na sensação de dor). A repetição do enxague com sal – até mesmo durante vários dias, em caso de a dor reaparecer ou não desaparecer por complete – poderá ser necessária. Pode-se também alojar alguns cristais de sal diretamente sobre o dente ou na área dolorida da gengiva. Para os melhores resultados, não enxague com água em seguida (sobre as razões ver <a href=”https://www.curadente.com/causas-dor-de-dente-gengival.html#extratos”>Por que a dor de dente pode ser tão insuportável: mais perspectivas sobre causas de dores nos dentes e gengivas</a> [por que e como a solução com água salgada morna pode atuar & curar dor de dente]).<br/>Descobri ser esse tratamento com salmoura mais eficaz que com <a href=”https://www.curadente.com/remedios-dor-de-dente-ervas-plantas.html#oleo_de_melaleuca”>óleo de melaleuca</a> (que para mim foi extremamente útil para dores menos agudas e que poderei aplicar depois para conservar minha boca e dentes “esterilizados”), como também na maior parte das ocasiões, mais útil que qualquer outra coisa que tentei, como analgésicos alopáticos [ver <a href=”http://www.healingteethnaturally.com/chemical-allopathic-toothache-remedies.html”>allopathical painkillers</a> em inglês] (embora esses analgésicos tenham sua utilização [ocasional], e o velho largamente recomendado remédio para dor de dente, o extrato de <a href=”https://www.curadente.com/remedios-dor-de-dente-ervas-plantas.html#cravo_da_india”>cravo da índia</a> (ou óleo de cravo para cozinha, um remédio que se compra em prateleira e que se mostrou inútil no meu caso, para dor grave).<br/>(Óbvio e a propósito, se partículas de alimentos presas entre os dentes são a causa de dor de dente, ao esparrinhar completamente a água salgada ao redor da boca, na maneira descrita acima, deverá ajudar a desalojar as partículas presas. De outro modo, o uso do fio dental ou de palitos pode ajudar.)<br/>Qual o melhor sal a usar para dores de dente?<br/>Uso sal marinho cinza, sempre que disponível e que, em contraste com o sal de mesa refinado, preserva uma exuberância de minerais naturais e oligoelementos. Também, quando enxaguo meus dentes com sal refinado na forte solução acima descrita, ele, em verdade, deixa um gosto “venenoso” em minha boca, enquanto que o sal marinho não refinado não cria esse efeito de gosto desagradável. O sal cinzento não refinado está disponível aqui na Alemanha em lojas de produtos naturais, onde o compro em sacos de 1 kg (pode-se também compra-lo online e com um pouco de sorte obter excelentes negociações, especialmente ao comprar no atacado [sal e bicarbonato de sódio combinam para prover um excelente banho desintoxicante, por exemplo]). Esse é também o único sal que uso para temperar alimentos. Embora haja também o chamado sal marinho integral disponível, que é branco como neve e finalmente moído como o sal de mesa normal, não estou certa de que esse último é tão rico em minerais e oligoelementos como o sal cinzento. (Penso que o sal marinho não refinado é também vendido como “sal marinho celta” nos EUA e outros países.) Se você usar sal refinado, certifique-se de que não contém alumínio, ao menos se o usa com frequência.<a href=”https://www.curadente.com/sal-agua-salmoura-dor-de-dente-cura.html#1″>1</a> Até mesmo sal de ervas, etc. deverá funcionar da mesma forma, se o sal comum não estiver disponível.<br/>Atualização em 2008: comprei a preço favorável sal no atacado, retirado de depósitos (que estiveram anteriormente no mar) com milhões de anos de idade, que é branco como a neve mas que deve ser até melhor, já que deve ser livre de contaminantes. <br/>Qual a melhor concentração de sal?<br/>Frequentemente não importa muito (exceções – compare <a href=”https://www.curadente.com/sal-agua-salmoura-dor-de-dente-cura.html#aumentar_concentracao_e_duracao”>Aumentando a concentração e duração da aplicação</a>) desde que o faça <strong>salivar</strong>, mostrando que água/fluido é retirada de suas gengivas, etc. Aparentemente uma concentração de 3-5% de sal seria natural, já que ela corresponde à concentração de sal encontrada em nossos oceanos. Li que a mais alta concentração de sal na água é 26%, o que poderá rapidamente provocar uma sensação cáustica na mucosa da boca. Uma concentração/solução salina fisiológica (como encontrada no próprio corpo humano) seria de 0,9%. Assim, se você tiver inclinação para a ciência (mesmo com dor de dente), poderá querer experimentar com qualquer coisa entre 0,9% e 26%.<br/>Pequenas variações do remédio com água salgada para dentes sob um “ataque frio”.<br/>Para dentes que são atingidos com um “ataque frio”, i.e. que se tornam extremamente doloridos em razão da sensitividade do nervo após comer ou beber comidas frias: experimente acrescentar à solução salina um pouquinho de álcool (não de bebidas) e enxague a boca. A água não deve estar nem fria nem quente, mas morna.<br/>Acrescentando desinfetantes de ervas à água salgada<br/>Quando (o que frequentemente ocorre) a dor de dente se deve a uma infecção profunda (do nervo/polpa) do dente, você poderá se beneficiar mais acrescentando qualquer das muitas plantas com poder anti-infeccioso ou seus extratos (veja <a href=”https://www.curadente.com/remedios-dor-de-dente-ervas-plantas.html”>Remédios naturais para dor de dente: ervas e plantas</a>, para muitas sugestões).<br/>Quando a água salgada não ajudou<br/>O tempo mais longo que me levou para ter alívio de dor de dente com água salgada (mais de dois dias) foi quando a dor se originava numa área coberta por uma ponte. Faz sentido que a água salgada levasse mais tempo para atuar em tal local, já que a maior parte da área estava impenetravelmente coberta por um “selante” artificial (que hesitei remover por longo tempo já que eu me ressentia em ter de pagar outra pequena fortuna pelo trabalho de alguns minutos de um dentista) (ver <a href=”https://www.curadente.com/ponte-dentaria-riscos-complicacoes.html”>Riscos de pontes dentárias</a> para saber o porquê de agora eu saber ser isso um grande erro).<br/>Um caso semelhante refere-se a um amigo que o tentou sobre uma intensa dor de dente/gengiva, na área de um dente tampado e tratado no canal. Não funcionou durante vários dias, levando a crer que os micro-organismos envolvidos haviam desenvolvido imunidade ao efeito “esterilizante” da solução salina, ou também que a água salgada simplesmente não atingiu a área.<br/>O que finalmente o ajudou foram simples pílulas analgésicas de farmácia [compare em inglês <a href=”http://www.healingteethnaturally.com/chemical-allopathic-toothache-remedies.html”>painkilling tablets</a>], com metade da pílula aplicada topicamente e a outra metade tomada internamente, enquanto que depois enxaguou sua boca com água e óleo de melaleuca e aplicou algumas gotas desse óleo diretamente no local (ele jejuava durante quase toda a provação, já que a sensibilidade e dor do dente/gengiva não lhe permitia ingerir alimentos). O estado indolor assim atingido ajudou-o a dormir bem (muito importante para que o corpo se cure e se desintoxique), com um abcesso formado no dia seguinte, que (juntamente com a dor) gradualmente recuou enquanto ele voltou a enxaguar ocasionalmente e assim drenar o abcesso com água salgada. Ele nunca necessitou de um dentista.<br/>Importante para aqueles que “já conhecem” o uso da água salgada:<br/>Tente aumentar a concentração e duração da aplicação <br/>Como comentou um visitante do site: “Já conhecia o enxague com água salgada, mas nunca o havia experimentado com concentração tão alta ou exposição duradoura. Certa vez eu estava praticamente me enroscando em agonia e em seguida senti-me melhor que nunca. Muito grato.” Esse testemunho mostra quanto poderosa pode ser a água salgada em aplicação mais concentrada e duração mais longa! Também compare <a href=”https://www.curadente.com/sal-agua-salmoura-dor-de-dente-cura.html#testemunhos_dor_de_dente_agua_salgada”>testemunhos de alívio de dor de dente, com água salgada</a>.<br/>Comumente não sei se a água salgada funciona para dor oriunda de <a href=”https://www.curadente.com/tratamento-de-canal-introducao.html”>canais dentários (i.e. dentes mortos)</a> mas sugiro que vale muito a pena, tentar.<br/><br/><br/>FONTE: <a href=”https://www.curadente.com/sal-agua-salmoura-dor-de-dente-cura.html”>https://www.curadente.com/sal-agua-salmoura-dor-de-dente-cura.html</a> ente<a href="https://porplibonamondo.files.wordpress.com/2018/09/curadente.jpg&quot; class="wp-block-file__button" download="Minha melhor cura pessoal para dor de dente
Enxagues com salmoura morna & pacotes de sal
"…vergonha para todo o mundo médico, por não divulgar um analgésico tão simples.” (de um comentário recebido por CuraDente)
Conteúdo sob copyright © 2018 CuraDente.com

Como me livrei de quase todas as dores de dentes, até mesmo de dor grave, intensa ou pungente.
Esse procedimento simples para alívio de dor de dente (por favor não o descarte por ser demasiadamente simples – eu o fiz, de início) em verdade operou milagres para mim e muitos outros, até mesmo com dor de dente do pior tipo imaginável. Em verdade, certa vez tive uma dor de dente tão terrível e extrema que me pôs em estado de choque por um momento, foi como relâmpago cauterizando minha mandíbula e além dela. Essa dor originava-se de uma cavidade que atingia a raiz, como então me disse a dentista, quando usava a broca. Porém disse-lhe para parar de furar (ela planejava um tratamento de canal, um dos mais nocivos tratamentos convencionais, a meu ver; veja a informação vasta sobre tratamento de canal, à disposição). (Depois tratei o dente comido pela cárie, eu próprio, usando a abordagem traçada nas páginas de CuraDente sobre Nutrição e Cuidados Orais & Higiene Bucal, que parece ter ajudado a reconstruir algum esmalte dentário [ao menos funcional]. Embora aquele dente não tenha se recuperado, ele nunca mais me trouxe algum problema.)
Nota importante: esteja ciente de que em certas situações, a água salgada pode ser ineficaz (explicado em Quando a água salgada não funcionou). Em casos muito raros (conheço apenas dois, no total), a água salgada aumentou a dor (causas desconhecidas, saiba mais em Uma nota sobre dentes rachados/quebrados). Também, se você habitualmente usa uma dieta de pouco sal ou tem uma conhecida ou suspeitada sensibilidade ao sal, poderá querer usar outros analgésicos (como alho, etc.).
Como preparar o enxague com água salgada
Dissolva sal suficiente (também veja Que sal? Que concentração de sal?) em água fria ou (provavelmente melhor, mais suave e possivelmente mais eficiente) água morna (temperatura do corpo) para preparar uma solução forte (se quiser ir devagar, comece com uma solução fraca). Enxágue sua boca repetidamente, vigorosamente jogando a água salgada por toda a boca (se a dor permitir) ou apenas deixando que a salmoura atue em sua boca (isso o fará salivar). A dor de dente, especialmente quando extremamente severa, poderá instantaneamente diminuir ou talvez levar algum tempo antes de desaparecer, mas fá-lo-á. (Certamente assim ocorreu comigo toda vez que a usei, o maior tempo que levou para parar dor aguda foi cerca de dois minutos. Também tenho visto outros relatarem alívio quase instantâneo de dor dental, de forma idêntica; compare Testemunhos de alívio de dor de dente com água salgada. Às vezes poderá ocorrer um curto surto inicial na sensação de dor). A repetição do enxague com sal – até mesmo durante vários dias, em caso de a dor reaparecer ou não desaparecer por complete – poderá ser necessária. Pode-se também alojar alguns cristais de sal diretamente sobre o dente ou na área dolorida da gengiva. Para os melhores resultados, não enxague com água em seguida (sobre as razões ver Por que a dor de dente pode ser tão insuportável: mais perspectivas sobre causas de dores nos dentes e gengivas [por que e como a solução com água salgada morna pode atuar & curar dor de dente]).
Descobri ser esse tratamento com salmoura mais eficaz que com óleo de melaleuca (que para mim foi extremamente útil para dores menos agudas e que poderei aplicar depois para conservar minha boca e dentes “esterilizados”), como também na maior parte das ocasiões, mais útil que qualquer outra coisa que tentei, como analgésicos alopáticos [ver allopathical painkillers em inglês] (embora esses analgésicos tenham sua utilização [ocasional], e o velho largamente recomendado remédio para dor de dente, o extrato de cravo da índia (ou óleo de cravo para cozinha, um remédio que se compra em prateleira e que se mostrou inútil no meu caso, para dor grave).
(Óbvio e a propósito, se partículas de alimentos presas entre os dentes são a causa de dor de dente, ao esparrinhar completamente a água salgada ao redor da boca, na maneira descrita acima, deverá ajudar a desalojar as partículas presas. De outro modo, o uso do fio dental ou de palitos pode ajudar.)
Qual o melhor sal a usar para dores de dente?
Uso sal marinho cinza, sempre que disponível e que, em contraste com o sal de mesa refinado, preserva uma exuberância de minerais naturais e oligoelementos. Também, quando enxaguo meus dentes com sal refinado na forte solução acima descrita, ele, em verdade, deixa um gosto “venenoso” em minha boca, enquanto que o sal marinho não refinado não cria esse efeito de gosto desagradável. O sal cinzento não refinado está disponível aqui na Alemanha em lojas de produtos naturais, onde o compro em sacos de 1 kg (pode-se também compra-lo online e com um pouco de sorte obter excelentes negociações, especialmente ao comprar no atacado [sal e bicarbonato de sódio combinam para prover um excelente banho desintoxicante, por exemplo]). Esse é também o único sal que uso para temperar alimentos. Embora haja também o chamado sal marinho integral disponível, que é branco como neve e finalmente moído como o sal de mesa normal, não estou certa de que esse último é tão rico em minerais e oligoelementos como o sal cinzento. (Penso que o sal marinho não refinado é também vendido como “sal marinho celta” nos EUA e outros países.) Se você usar sal refinado, certifique-se de que não contém alumínio, ao menos se o usa com frequência.1 Até mesmo sal de ervas, etc. deverá funcionar da mesma forma, se o sal comum não estiver disponível.
Atualização em 2008: comprei a preço favorável sal no atacado, retirado de depósitos (que estiveram anteriormente no mar) com milhões de anos de idade, que é branco como a neve mas que deve ser até melhor, já que deve ser livre de contaminantes. 
Qual a melhor concentração de sal?
Frequentemente não importa muito (exceções – compare Aumentando a concentração e duração da aplicação) desde que o faça salivar, mostrando que água/fluido é retirada de suas gengivas, etc. Aparentemente uma concentração de 3-5% de sal seria natural, já que ela corresponde à concentração de sal encontrada em nossos oceanos. Li que a mais alta concentração de sal na água é 26%, o que poderá rapidamente provocar uma sensação cáustica na mucosa da boca. Uma concentração/solução salina fisiológica (como encontrada no próprio corpo humano) seria de 0,9%. Assim, se você tiver inclinação para a ciência (mesmo com dor de dente), poderá querer experimentar com qualquer coisa entre 0,9% e 26%.
Pequenas variações do remédio com água salgada para dentes sob um “ataque frio”.
Para dentes que são atingidos com um “ataque frio”, i.e. que se tornam extremamente doloridos em razão da sensitividade do nervo após comer ou beber comidas frias: experimente acrescentar à solução salina um pouquinho de álcool (não de bebidas) e enxague a boca. A água não deve estar nem fria nem quente, mas morna.
Acrescentando desinfetantes de ervas à água salgada
Quando (o que frequentemente ocorre) a dor de dente se deve a uma infecção profunda (do nervo/polpa) do dente, você poderá se beneficiar mais acrescentando qualquer das muitas plantas com poder anti-infeccioso ou seus extratos (veja Remédios naturais para dor de dente: ervas e plantas, para muitas sugestões).
Quando a água salgada não ajudou
O tempo mais longo que me levou para ter alívio de dor de dente com água salgada (mais de dois dias) foi quando a dor se originava numa área coberta por uma ponte. Faz sentido que a água salgada levasse mais tempo para atuar em tal local, já que a maior parte da área estava impenetravelmente coberta por um “selante” artificial (que hesitei remover por longo tempo já que eu me ressentia em ter de pagar outra pequena fortuna pelo trabalho de alguns minutos de um dentista) (ver Riscos de pontes dentárias para saber o porquê de agora eu saber ser isso um grande erro).
Um caso semelhante refere-se a um amigo que o tentou sobre uma intensa dor de dente/gengiva, na área de um dente tampado e tratado no canal. Não funcionou durante vários dias, levando a crer que os micro-organismos envolvidos haviam desenvolvido imunidade ao efeito “esterilizante” da solução salina, ou também que a água salgada simplesmente não atingiu a área.
O que finalmente o ajudou foram simples pílulas analgésicas de farmácia [compare em inglês painkilling tablets], com metade da pílula aplicada topicamente e a outra metade tomada internamente, enquanto que depois enxaguou sua boca com água e óleo de melaleuca e aplicou algumas gotas desse óleo diretamente no local (ele jejuava durante quase toda a provação, já que a sensibilidade e dor do dente/gengiva não lhe permitia ingerir alimentos). O estado indolor assim atingido ajudou-o a dormir bem (muito importante para que o corpo se cure e se desintoxique), com um abcesso formado no dia seguinte, que (juntamente com a dor) gradualmente recuou enquanto ele voltou a enxaguar ocasionalmente e assim drenar o abcesso com água salgada. Ele nunca necessitou de um dentista.
Importante para aqueles que “já conhecem” o uso da água salgada:
Tente aumentar a concentração e duração da aplicação 
Como comentou um visitante do site: "Já conhecia o enxague com água salgada, mas nunca o havia experimentado com concentração tão alta ou exposição duradoura. Certa vez eu estava praticamente me enroscando em agonia e em seguida senti-me melhor que nunca. Muito grato." Esse testemunho mostra quanto poderosa pode ser a água salgada em aplicação mais concentrada e duração mais longa! Também compare testemunhos de alívio de dor de dente, com água salgada.
Comumente não sei se a água salgada funciona para dor oriunda de canais dentários (i.e. dentes mortos) mas sugiro que vale muito a pena, tentar.


FONTE: https://www.curadente.com/sal-agua-salmoura-dor-de-dente-cura.html ente”>Download

Como me livrei de quase todas as dores de dentes, até mesmo de dor grave, intensa ou pungente.

Esse procedimento simples para alívio de dor de dente (por favor não o descarte por ser demasiadamente simples – eu o fiz, de início) em verdade operou milagres para mim e muitos outros, até mesmo com dor de dente do pior tipo imaginável. Em verdade, certa vez tive uma dor de dente tão terrível e extrema que me pôs em estado de choque por um momento, foi como relâmpago cauterizando minha mandíbula e além dela. Essa dor originava-se de uma cavidade que atingia a raiz, como então me disse a dentista, quando usava a broca. Porém disse-lhe para parar de furar (ela planejava um tratamento de canal, um dos mais nocivos tratamentos convencionais, a meu ver; veja a informação vasta sobre tratamento de canal, à disposição). (Depois tratei o dente comido pela cárie, eu próprio, usando a abordagem traçada nas páginas de CuraDente sobre Nutrição e Cuidados Orais & Higiene Bucal, que parece ter ajudado a reconstruir algum esmalte dentário [ao menos funcional]. Embora aquele dente não tenha se recuperado, ele nunca mais me trouxe algum problema.)

Nota importante: esteja ciente de que em certas situações, a água salgada pode ser ineficaz (explicado em Quando a água salgada não funcionou). Em casos muito raros (conheço apenas dois, no total), a água salgada aumentou a dor (causas desconhecidas, saiba mais em Uma nota sobre dentes rachados/quebrados). Também, se você habitualmente usa uma dieta de pouco sal ou tem uma conhecida ou suspeitada sensibilidade ao sal, poderá querer usar outros analgésicos (como alho, etc.).

Como preparar o enxague com água salgada

Dissolva sal suficiente (também veja Que sal? Que concentração de sal?) em água fria ou (provavelmente melhor, mais suave e possivelmente mais eficiente) água morna (temperatura do corpo) para preparar uma solução forte (se quiser ir devagar, comece com uma solução fraca). Enxágue sua boca repetidamente, vigorosamente jogando a água salgada por toda a boca (se a dor permitir) ou apenas deixando que a salmoura atue em sua boca (isso o fará salivar). A dor de dente, especialmente quando extremamente severa, poderá instantaneamente diminuir ou talvez levar algum tempo antes de desaparecer, mas fá-lo-á. (Certamente assim ocorreu comigo toda vez que a usei, o maior tempo que levou para parar dor aguda foi cerca de dois minutos. Também tenho visto outros relatarem alívio quase instantâneo de dor dental, de forma idêntica; compare Testemunhos de alívio de dor de dente com água salgada. Às vezes poderá ocorrer um curto surto inicial na sensação de dor). A repetição do enxague com sal – até mesmo durante vários dias, em caso de a dor reaparecer ou não desaparecer por complete – poderá ser necessária. Pode-se também alojar alguns cristais de sal diretamente sobre o dente ou na área dolorida da gengiva. Para os melhores resultados, não enxague com água em seguida (sobre as razões ver Por que a dor de dente pode ser tão insuportável: mais perspectivas sobre causas de dores nos dentes e gengivas [por que e como a solução com água salgada morna pode atuar & curar dor de dente]).

Descobri ser esse tratamento com salmoura mais eficaz que com óleo de melaleuca (que para mim foi extremamente útil para dores menos agudas e que poderei aplicar depois para conservar minha boca e dentes “esterilizados”), como também na maior parte das ocasiões, mais útil que qualquer outra coisa que tentei, como analgésicos alopáticos

[ver allopathical
painkillers
 em
inglês]

(embora esses analgésicos tenham sua utilização

[ocasional]

, e o velho largamente recomendado remédio para dor de dente, o extrato de cravo da índia (ou óleo de cravo para cozinha, um remédio que se compra em prateleira e que se mostrou inútil no meu caso, para dor grave).

(Óbvio e a propósito, se partículas de alimentos presas entre os dentes são a causa de dor de dente, ao esparrinhar completamente a água salgada ao redor da boca, na maneira descrita acima, deverá ajudar a desalojar as partículas presas. De outro modo, o uso do fio dental ou de palitos pode ajudar.)

Qual o melhor sal a usar para dores de dente?

Uso sal marinho cinza, sempre que disponível e que, em contraste com o sal de mesa refinado, preserva uma exuberância de minerais naturais e oligoelementos. Também, quando enxaguo meus dentes com sal refinado na forte solução acima descrita, ele, em verdade, deixa um gosto “venenoso” em minha boca, enquanto que o sal marinho não refinado não cria esse efeito de gosto desagradável. O sal cinzento não refinado está disponível aqui na Alemanha em lojas de produtos naturais, onde o compro em sacos de 1 kg (pode-se também compra-lo online e com um pouco de sorte obter excelentes negociações, especialmente ao comprar no atacado [sal e bicarbonato de sódio combinam para prover um excelente banho desintoxicante, por exemplo]). Esse é também o único sal que uso para temperar alimentos. Embora haja também o chamado sal marinho integral disponível, que é branco como neve e finalmente moído como o sal de mesa normal, não estou certa de que esse último é tão rico em minerais e oligoelementos como o sal cinzento. (Penso que o sal marinho não refinado é também vendido como “sal marinho celta” nos EUA e outros países.) Se você usar sal refinado, certifique-se de que não contém alumínio, ao menos se o usa com frequência.1 Até mesmo sal de ervas, etc. deverá funcionar da mesma forma, se o sal comum não estiver disponível.

Atualização em 2008: comprei a preço favorável sal no atacado, retirado de depósitos (que estiveram anteriormente no mar) com milhões de anos de idade, que é branco como a neve mas que deve ser até melhor, já que deve ser livre de contaminantes. 

Qual a melhor concentração de sal?

Frequentemente não importa muito (exceções – compare Aumentando a concentração e duração da aplicação) desde que o faça salivar, mostrando que água/fluido é retirada de suas gengivas, etc. Aparentemente uma concentração de 3-5% de sal seria natural, já que ela corresponde à concentração de sal encontrada em nossos oceanos. Li que a mais alta concentração de sal na água é 26%, o que poderá rapidamente provocar uma sensação cáustica na mucosa da boca. Uma concentração/solução salina fisiológica (como encontrada no próprio corpo humano) seria de 0,9%. Assim, se você tiver inclinação para a ciência (mesmo com dor de dente), poderá querer experimentar com qualquer coisa entre 0,9% e 26%.

Pequenas variações do remédio com água salgada para dentes sob um “ataque frio”.

Para dentes que são atingidos com um “ataque frio”, i.e. que se tornam extremamente doloridos em razão da sensitividade do nervo após comer ou beber comidas frias: experimente acrescentar à solução salina um pouquinho de álcool (não de bebidas) e enxague a boca. A água não deve estar nem fria nem quente, mas morna.

Acrescentando desinfetantes de ervas à água salgada

Quando (o que frequentemente ocorre) a dor de dente se deve a uma infecção profunda (do nervo/polpa) do dente, você poderá se beneficiar mais acrescentando qualquer das muitas plantas com poder anti-infeccioso ou seus extratos (veja Remédios naturais para dor de dente: ervas e plantas, para muitas sugestões).

Quando a água salgada não ajudou

O tempo mais longo que me levou para ter alívio de dor de dente com água salgada (mais de dois dias) foi quando a dor se originava numa área coberta por uma ponte. Faz sentido que a água salgada levasse mais tempo para atuar em tal local, já que a maior parte da área estava impenetravelmente coberta por um “selante” artificial (que hesitei remover por longo tempo já que eu me ressentia em ter de pagar outra pequena fortuna pelo trabalho de alguns minutos de um dentista) (ver Riscos de pontes dentárias para saber o porquê de agora eu saber ser isso um grande erro).

Um caso semelhante refere-se a um amigo que o tentou sobre uma intensa dor de dente/gengiva, na área de um dente tampado e tratado no canal. Não funcionou durante vários dias, levando a crer que os micro-organismos envolvidos haviam desenvolvido imunidade ao efeito “esterilizante” da solução salina, ou também que a água salgada simplesmente não atingiu a área.

O que finalmente o ajudou foram simples pílulas analgésicas de farmácia [compare em inglês painkilling tablets], com metade da pílula aplicada topicamente e a outra metade tomada internamente, enquanto que depois enxaguou sua boca com água e óleo de melaleuca e aplicou algumas gotas desse óleo diretamente no local (ele jejuava durante quase toda a provação, já que a sensibilidade e dor do dente/gengiva não lhe permitia ingerir alimentos). O estado indolor assim atingido ajudou-o a dormir bem (muito importante para que o corpo se cure e se desintoxique), com um abcesso formado no dia seguinte, que (juntamente com a dor) gradualmente recuou enquanto ele voltou a enxaguar ocasionalmente e assim drenar o abcesso com água salgada. Ele nunca necessitou de um dentista.

Importante para aqueles que “já conhecem” o uso da água salgada:
Tente aumentar a concentração e duração da aplicação 

Como comentou um visitante do site: “Já conhecia o enxague com água salgada, mas nunca o havia experimentado com concentração tão alta ou exposição duradoura. Certa vez eu estava praticamente me enroscando em agonia e em seguida senti-me melhor que nunca. Muito grato.” Esse testemunho mostra quanto poderosa pode ser a água salgada em aplicação mais concentrada e duração mais longa! Também compare testemunhos de alívio de dor de dente, com água salgada.

Comumente não sei se a água salgada funciona para dor oriunda de canais dentários (i.e. dentes mortos) mas sugiro que vale muito a pena, tentar.

FONTE: https://www.curadente.com/sal-agua-salmoura-dor-de-dente-cura.html

DESAFIOS DA EDUCAÇÃO

@page { margin: 2cm } h2.ctl { font-family: “FreeSans” } p { margin-bottom: 0.25cm; line-height: 120% } a:link { so-language: zxx }

Especialistas internacionais debatem os desafios da educação: do aprendizado à formação técnica

Evento do jornal O Globo Educação 360, que conta com apoio do SESI, traz grandes nomes do Brasil e do mundo para debater assuntos sensíveis à educação, como a capacidade de aprendizagem, ensino profissional, cotas e diversidade

 “Existe uma crise de aprendizagem no mundo. E há desigualdade de desempenho entre países e dentro dos próprios países entre ricos e pobres, por exemplo. Isso precisa ser combatido”, defendeu David Evans, representante do Banco Mundial

Especialistas do Brasil e do mundo reuniram-se, nesta segunda-feira (24), no Rio de Janeiro, para discutir a educação, os desafios e suas trajetórias futuras. O evento Educação 360, ocorre até esta terça-feira (25) no Museu do Amanhã e no Museu de Arte do Rio e conta com o apoio de instituições como o Serviço Social da Indústria (SESI). Entre os debates realizados neste primeiro dia de programação estiveram questões como os desafios da aprendizagem no mundo, o ensino técnico e a universidade, a política de cotas e a diversidade no ambiente escolar. O encontro é promovido pelo jornal O Globo e Extra e tem a participação do Banco Mundial, universidades, institutos federais e organizações não-governamentais como a indiana Barefoot College. 

A mesa “Universidade ou ensino técnico: antagonistas ou aliados”, contou com a presença do gerente-executivo de Educação Profissional e Tecnológica do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), Felipe Morgado. O representante da indústria focou na importância da qualificação profissional para as oportunidades que surgirão com a quarta revolução industrial.  

Morgado defendeu o ensino profissional para diminuir a angústia dos jovens brasileiros na procura pelo primeiro emprego e descreveu as experiências bem-sucedidas de integração do ensino médio com o profissional, realizadas pelas escolas do SESI em parceria com o SENAI. Segundo ele, a experiência pedagógica já ocorre em cinco estados e, até o fim do ano, será realizada em outras 15 unidades da Federação. 

Na opinião da educadora Ana Inoue, participante do debate, experiências de ensino médio articulado com itinerários de formação profissional, como vem sendo feito na Bahia, são importantes para diminuir a evasão do ensino médio e dar uma profissão àqueles jovens que não vão para a universidade após a conclusão do ensino médio – que hoje correspondem à 83% desse público. O entendimento foi compartilhado pelo professor Dante Moura, do Instituto Federal do Rio Grande do Norte. “O ensino técnico não inviabiliza o ensino superior. O sujeito pode escolher o que ele faz com essa formação: se vai direto para o mercado de trabalho, se faz o ensino superior e trabalha, se só estuda na universidade. A escolha é do sujeito de acordo com as suas condições materiais”, ressaltou. 

DESAFIO DO APRENDIZADO – Um dos principais desafios dos países é aumentar o aprendizado dos alunos. Relatório do Banco Mundial traz dados alarmantes. Na África, por exemplo, 75% dos estudantes do 3º ano do ensino fundamental não conseguem interpretar frases simples. Na Índia rural, 48% dos integrantes do 5º ano do ensino fundamental não conseguem resolver questões matemáticas básicas, como a subtração. No Brasil, embora os índices venham melhorando, ainda serão necessários mais de 60 anos para que o país alcance as metas estabelecidas pela Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). 

“Existe uma crise de aprendizagem no mundo. E há desigualdade de desempenho entre países e dentro dos próprios países entre ricos e pobres, por exemplo. Isso precisa ser combatido”, defendeu David Evans, representante do Banco Mundial. Para ele, é preciso aumentar o financiamento para educação, entretanto, esse incremento de verba deve vir aliado a outros fatores como o investimento no docente – tanto na formação inicial quanto na continuada -, a melhoria da gestão escolar e maior pesquisa e acesso aos indicadores educacionais.

Nuno Crato, ex-ministro de educação de Portugal, trouxe a experiência portuguesa. O país europeu vem subindo os índices educacionais em testes mundiais desde que fez alterações estruturais na educação. Dados apresentados por ele mostraram que Portugal subiu 36 posições no ranking do Programa Internacional de Avaliação de Alunos (PISA) nos últimos 20 anos. Para o ex-ministro alguns itens fizeram a diferença no bom desempenho português. “Tudo começa por um currículo mais exigente, centrado nas disciplinas essenciais, com metas estruturadas e progressivas. Arte, opinião crítica e outras disciplinas são importantes, mas elas não podem ser centrais se o aluno tiver deficiências básicas, como a de não conseguir ler”, explica. Nuno contou ainda que as escolas ganharam mais autonomia, assim como créditos para trabalharem alunos com dificuldades de aprendizagem. 

Levar melhoria na qualidade de vida de mulheres e suas comunidades em 96 países é o desafio da Barefoot College (Faculdade dos pés descalços), fundada pelo indiano Bunker Roy. A organização não-governamental qualificou mais de 2.500 mulheres pelo mundo. O foco são as mães e avós de comunidades tradicionais sem acesso a serviços essenciais como a energia elétrica. As mamães solares, como são conhecidas, fazem um curso de seis meses na Índia e aprendem a montar placas solares, levando energia elétrica e conhecimento para as suas comunidades. Uma brasileira da Chapada Diamantina (BA) participou do projeto e outras três, do Amazonas, estão se qualificando no país asiático. “A mulher, ao retornar à sua comunidade, traz mudanças não só para a sua família, como para toda a comunidade que ela está inserida”, reforçou Bunker Roy.

VIOLÊNCIA – Participantes do evento também discutiram temas como os efeitos da política de cotas raciais e indígenas nas universidades. “Os dados mostram que a qualidade do curso não cai e o desempenho dos cotistas não é menor do que os não-cotistas. Além disso as cotas trouxeram maior diversidade, estímulo para novos ingressantes e justiça social”, defendeu Naercio Menezes, professor e coordenador do Centro de Políticas Públicas do Insper. Houve debates ainda sobre diversidade na escola e sobre o papel transformador da educação em comunidades pobres, como a Favela da Maré, no Rio de Janeiro.  

Nuno Crato, ex-ministro de educação de Portugal, trouxe a experiência portuguesa. O país europeu vem subindo os índices educacionais em testes mundiais desde que fez alterações estruturais na educação

Editoria:
• Educação

Tags:
#ensino #sesi #educação 360 #felipe morgado

Por Flávia Maia, do Rio de Janeiro
Foto: Helayne Boaventura
Para a Agência CNI de Notícias

INTERNAN IDEON POR TUTMONDISTOJ!

guy sorman

de Redakcio je en vidpunkto

Influa intelektulo franca/usona, Guy Sorman (1944), verkisto kaj publicisto favora al klasika liberalismo, ĵus legis la pri-Esperantan libron ”Bridge of Words” de Esther Schor, kaj publikigis interesajn pensojn en sia blogo. Preter etaj eraroj pri faktoj, frapas lia favora sinteno al la interna ideo, kiu laŭ li portas aktualegan mesaĝon al la nuna mondo.

La jena artikolo de Guy Sorman aperis en la franca fine de novembro. Aperis ankaŭ hispanlingva versio. Kun permeso de la aŭtoro Libera Folio publikigas la tekston en Esperanto.

“Saluton”!(1) Saluton en Esperanto, lingvo universala. Ĉu vi ne parolas Esperanton? En la jaroj 1960-aj, en Pariza antaŭurbo, kie mi prepariĝis al la abiturienta ekzameno, simile al multaj samgeneracianoj mi sekvis kursojn pri Esperanto, aldone al la angla, la germana por la pli talentaj, kaj la hispana por la malpli talentaj. Stranga hierarkio de tiu tempo. La plej bonaj lernis Esperanton, kiu estas samtempe lingvo kaj universala projekto: postmilite, Eŭropa Unio kaj tutmondiĝo igis revi.

Ĉi tiu sinkinta epizodo resurfaciĝis ĉe mi dank’ al libro de Esther Schor, usona esperantistino (Bridge of Words, Novjorko), kaj ankaŭ pro la spertebla elreviĝo pri tutmondiĝo. Se ni konsideras historion je longa daŭro, ni vidas ke la homaro ĉiam hezitas inter la revo de unueco kaj identeca enfermiĝo, ekde Babelturo, kiu disigis la gentojn. En la jaroj 1870-aj, Babelo hantis la junan Lazaron Zamenhof, studenton el Bjalistoko, urbo nuntempe en Pollando. Tie Zamenhof parolis ruse kun la instancoj, pole surstrate, germane en la lernejo, jide en la familio. Li observis kiom da streĉoj ekestas pro la manko de komuna interpopola lingvo: liaj spertoj Bjalistokaj validis por la tuta mondo. Zamenhof tiam ekhavis la ambicion ne anstataŭigi la ekzistantajn lingvojn, sed proponi duan lingvon universalan, kiu utilu por komerco kaj scienco. Ĉar tiu lingvo ne ekzistis, li ĝin kreis: li nomis ĝin Linguo internacie, lingvo internacia. Sian vortaron, kiu aperis en 1887 en Varsovio, li subskribis per plumnomo, Doktoro Esperanto. Liaj sekvantoj fulme disvastiĝis en Mezeŭropo, en Francio iĝonta la centro de la nova lingvo, en Hispanio, Brazilo, Usono, sed ankaŭ en Ĉinio kaj Japanio: ili donis al la nova lingvo la nomon Esperanto.

Kiel iu kuraĝas krei lingvon? Zamenhof havis simplan metodon por plifaciligi la lernadon: li taksis ke por regado de Esperanto necesas tri monatoj. En mia kazo tio montriĝis optimisma, ĉar mi lerrnis malmulton kaj ĉion forgesis. La vorttrezoro de Zamenhof proponas naŭcent radikojn el latinidaj lingvoj, kiuj deklinaciiĝas laŭ slava gramatiko. Post alproprigo de tiuj iloj, la esperantistoj estas bonvenaj evoluigi la lingvon kaj enkonduki la necesajn neologismojn. Komputilo, kiu ne ekzistis en la tempo de Zamenhof, nun nomiĝas komputilo. Esther Schor memorigas ke la utopio de Zamenhof, lia Malbabelo, ne estis soleca iniciato. En 1879, en Germanio, katolika pastro, Johann Martin Schleyer, inventis Volapukon pro simila celado. Francoj de mia generacio memoros vortatakon de generalo de Gaulle kontraŭ la „integrado” de Eŭropo. Televide, la 15an de majo 1962, li diris: „Danto, Goeto, Chateaubriand apartenas al la tuta Eŭropo per tio ke ili estis italo, germano kaj franco. Ili ne utilus al Eŭropo se ili estus pensintaj, verkintaj en iu Esperanto aŭ Volapuko!”(2)

De Gaulle apartenis al generacio kiu komprenis Esperanton kaj Volapukon troige kiel „minacojn”; Zamenhof ja proponis nur duan lingvon. Ĉi tiu dua lingvo fariĝis la angla, kio malesperigas la esperantistojn. Ne ĉar ili malŝatus la anglan, sed ĉar Esperanto estas neŭtrala lingvo, kiu privilegias neniun nacion. Tiun neŭtralecon oni sufiĉe bone komprenis por ke en 1922, en Ĝenevo, la Ligo de Nacioj pripensu alpreni Esperanton kiel laborlingvon; la franca delegacio kontraŭis, timante ke Esperanto malutilus al la supozata universaleco de la franca lingvo. En la sama epoko ankaŭ la estroj de la nova Sovetio konsideris alpreni Esperanton kiel komunan lingvon de la imperio – ĝis Stalino decidis ke tiu estos la rusa kaj ekstermis esperantistojn. Nu, hodiaŭ la franca lingvo ne estas universala, kaj Esperanto ne mortis.

Al la demando “Kiom da homoj parolas Esperanton”?, esperantistoj respondas Sufîĉe (3), sufiĉe por ke la lingvo restu viva. Probable inter unu kaj du milionoj tutmonde, kaj daŭre pli dank’ al Interreto, kiu plifaciligas la lernadon. Interreto krome ebligas al esperantistoj komuniki inter si; la reto iĝis anstataŭa nacio por ĉi tiuj sennaciaj parolantoj. Manke de teritorio, la esperantistoj havas flagon, kvinpintan verdan stelon sur blanka fono. Kaj ĉiujare ili kuniĝas en Kongreso kie nur Esperanto estas parolata, ekde la unua en Bulonjo-sur-Maro en 1905. Ke Esperanto vivas plu, tio okazas ĉar, trans la lingvo mem, ĝi esprimas esperon kiun Zamenhof nomis la interna ideo (4). Ĉi tiun universalan kredon li pruntis de rabeno Hilel (1. jc. antaŭ nia epoko), por kiu ĉiuj religioj estis resumeblaj en unu frazo: “Traktu ĉiujn tiel, kiel vi ŝatus esti traktata.”

Kara leganto, ne temas pri insista invito fariĝi esperantisto, nek pri persona kredo je elaĉeto fare de Zamenhof kaj Hilel. Sed ja ŝajnas al mi ke la fido de Zamenhof je la meritoj de interŝanĝo lingva, komerca, scienca, kultura, estas sendifekta valoro, kiun oni devus revigligi. La nuntempa rekresko de identec-ideologioj kaj abruptaj naciismoj sekvas parte el la nekapablo de “tutmondistoj” formuli sian projekton per vortumo spirita. La porantoj de la “fermita socio”, la nov-tribistoj, posedas sian internan ideon, bazitan sur etna koncepto de identeco. Kontraste, la tutmondistoj aperas materiismaj kaj mutaj. Mankas al ili la interna ideo.

Tradukis el la franca István Ertl

Notoj:

1. Esperantlingve en la originalo.

2. „Dante, Goethe, Chateaubriand appartiennent à toute l’Europe dans la mesure où ils étaient respectivement et éminemment italien, allemand et français. Ils n’auraient pas beaucoup servi l’Europe s’ils avaient été des apatrides et s’ils avaient pensé, écrit en quelque esperanto ou volapük intégrés.” (Danto, Goeto, Chateaubriand apartenas al la tuta Eŭropo per tio ke ili estis respektive kaj elstare italo, germano kaj franco. Ili ne multe utilus al Eŭropo se ili estus estintaj sennaciuloj kaj se ili estus pensintaj, verkintaj en iu Esperanto aŭ Volapuko integritaj.” – La vorto integritaj aperas pro la komparo inter Eŭropo integrita kaj ties apartaj nacioj. (La tradukinto.)

3. Esperantlingve en la originalo.

4. Esperantlingve en la originalo.

FONTO: https://www.liberafolio.org/2016/12/04/internan-ideon-por-tutmondistoj/

 

TECER A SUA REALIDADE. MENSAGEM DA ‘EQUIPE’ (Peggy Back e a ‘equipe’), 22/09/18.

TECER SUA REALIDADE

Postado por Celia em 23 setembro 2018

MENSAGEM DA ‘EQUIPE’- 22/09/18

Publicado em setembro 23, 2018

Estamos aqui para oferecer ideias e apoio enquanto vocês se aproximam mais das dimensões superiores. Vocês realmente estão no processo de alterar e elevar suas vibrações. Vocês estão de fato escarranchados em duas realidades na maior parte do tempo. Vocês estão mais concentrados na terceira dimensão porque ela exige sua atenção. Todavia, vocês continuam percebendo ou sentindo que alguma coisa está diferente.

Essa coisa diferente é a conscientização de que o Universo está se comunicando com vocês.

Vocês estão cônscios dos momentos que fazem com que vocês façam uma pausa e se maravilhem com esse mistério que se manifesta.

Vocês estão deixando com frequência sua mentalidade restrita e reações programadas para perceber a impressionante verdade de que estão conectados a um poderoso campo de energia consciente.

Esse campo energético, esse campo quântico, essa consciência universal está reagindo a vocês e às vibrações que vocês oferecem. Vocês interagem com esse campo em todos os momentos. É a água em que vocês nadam, por assim dizer. A maioria das pessoas desconhece essa energia totalmente ou a sua relação com ela.

Estamos convidando-os para que comecem uma conversa consciente. Comecem a observar o que vocês estão pensando, falando e oferecendo emocionalmente: essas ações são a sua interação vibracional com esse campo.

Vocês e todos os seres são realmente criadores divinos. Lembrem-se de que o campo quântico equivale às vibrações mais consistentes ou dominantes que são oferecidas. A maioria das pessoas utiliza suas capacidades criativas de cabeça para baixo e para trás. Elas energizam e se concentram naquilo que não têm, no que não gostam, no que não está funcionando e obtêm mais do mesmo ou de vibração semelhante. Aquilo a que vocês resistem ou se opõem persistirá. Isso é real em suas experiências pessoais e em termos globais.

Por isso, estamos convidando-os a mudar a conversa, mudar as vibrações que vocês estão oferecendo. Isso é importante e principalmente verdadeiro à medida que vocês começam a se conscientizar de que estão se relacionando com uma dimensão de consciência mais elevada. Suas vibrações, suas intenções e suas contribuições emocionais vão se manifestar de modo mais fácil à medida que vocês acessam a quinta dimensão. Isso faz parte do processo de ascensão que vocês estão experimentando. Vocês estão sendo convidados a refinar as energias que estão oferecendo.

O Universo está reagindo a vocês. Comecem a observar. Essas mensagens, essas orientações vêm em muitas formas, em conversas com outros, em uma transmissão, algo que vocês leem ou ouvem por acaso, uma ideia inspiradora ou solução para um problema, uma revelação ou uma sincronicidade. Pode vir como um pensamento, um sentimento na medida, um conhecimento interior ou instinto, pessoas aparecendo no momento certo. Convidamos para que comecem a observar esses sinais ao longo do caminho.

Quanto mais vocês repararem e admitirem essas mensagens, mais elas se tornarão evidentes.

Uma vez que comecem a parceria com o campo energético, uma vez que honrem as possibilidades que se desenvolverão nesse relacionamento, vocês começarão a observar padrões se revelando, portas se abrindo, problemas se resolvendo. Vocês descobrirão que o Universo, o campo quântico, se organizará para corresponder às suas vibrações, assim como oferecer-lhes infinitas oportunidades.

O fundamental são as vibrações que vocês estão oferecendo. Portanto, façam disso uma prática: aumentar a vibração energética e a frequência coerente e edificante que vocês oferecem. Pratiquem sentir apreço, pratiquem ser gratos. Essas vibrações emocionais são as mais fáceis e começam a permitir que vocês integrem e interajam com o campo de uma maneira mais poderosa e positiva.

Percebemos que há momentos em que a ideia de ser grato ou apreciativo possa ser a emoção mais difícil de ser evocada. Se estiverem sofrendo de alguma forma mental, física, emocional ou espiritual ou em uma situação que pareça difícil relativa à sua saúde, finanças ou tendo problemas com familiares ou colegas, pode parecer impossível ser grato ou apreciativo, pode parecer falso ou enganoso.

Deixem-nos que lhes garanta que esse é o momento para começar a envolver-se ou evocar mesmo a diminuta alteração na gratidão. Encontrem algo, não importa quão pequeno ou insignificante seja, para o qual vocês possam ser gratos. Continuem a observar a situação, procurando por um motivo para ser gratos. Pode ser um esforço, vocês podem achar que é difícil, contudo apenas a sua simples disposição de procurar ou descobrir algo a que possa oferecer gratidão ou apreço irá alterar sua vibração e sua frequência.

Quando vocês fazem essa alteração, o Universo está pronto para refletir a menor mudança no que vocês estão oferecendo. Portanto, prestem atenção, observem os sinais que demonstram essa alteração em sua realidade.

Sabemos que vocês se tornarão especializados em elevar suas vibrações. Existem muitas técnicas e práticas que podem apoiá-los e ajudá-los. Meditar, estar na natureza, estar com amigos queridos ou animais de estimação, risos, dança e movimento, fazer algo que vocês apreciem, todas essas ações alteram a frequência que vocês oferecem ao campo.

Agora, quando vocês juntam isso com suas palavras, ações e intenções, vocês se tornam uma poderosa força criativa. Vocês são imensuravelmente poderosos. Lembrem-se de que vocês são seres divinos magníficos que estão jogando neste holograma. Vocês estão passando conscientemente da terceira dimensão limitada para a quinta dimensão ilimitada.

Lembrem-se de que as sincronicidades estão ocorrendo o tempo todo. Vocês só precisam confiar em si mesmos e no Universo, observar e permitir essa conversa contínua. Com os seus pensamentos energéticos, emoções e intenções, vocês se tornam cocriadores com o Universo. Imaginem por um momento como vocês estão tecendo sua realidade com o fio que o Universo está fornecendo.

Suas vibrações de elevada frequência de amor, alegria, gratidão e apreço vão alinhá-los com todas as possibilidades. Essas vibrações convidam os melhores resultados para qualquer situação. Vocês estão se conectando a uma rede energética de apoio onde as coisas e os eventos se desenrolam com graça e facilidade.

Vocês também estão deixando energeticamente a terceira dimensão limitada e caminhando para uma nova realidade onde os desejos do seu coração e as intenções para uma vida de realidades sustentáveis se tornem reai.

Vocês estão aqui para ancorar essa percepção e essa consciência. Vocês estão aqui para transformar todos e quaisquer pensamentos, emoções, padrões ou programas desqualificados ou negativos. Vocês estão aqui para ajudar a humanidade a acessar a quinta dimensão, onde vocês sabem que estão realmente conectados a todos.

Continuamos a lhes conferir poder e a lembrar-lhes de sua verdadeira magnificência. Nós os convidamos a praticar o prolongamento das vibrações mais coerentes de amor, perdão, compaixão, alegria, gratidão e apreço. Nós lhes lembramos de transformar quaisquer energias dissonantes, desqualificadas ou negativas como os verdadeiros alquimistas multidimensionais que vocês são.

A ‘equipe’.

© 2018 Peggy Black – Todos os direitos reservados. Vocês podem compartilhar esta mensagem e distribuí-la desde que nada seja mudado, que deem crédito à autora e incluam este aviso de direitos autorais e o endereço do site, bem como à pessoa que de fato traduziu.

Tradução de Ivete Brito – adavai@me.comwww.adavai.wordpress.com

Site original: https://morningmessages.com/

IGREJA DE ROMA CONTINUA ESCONDENDO O SEGREDO SOBRE MADALENA (O SAGRADO FEMININO )

sacerdotisa-circulo-de-fogo
Posted by Thoth3126 on 22/09/2018
Foram necessários 1.400 anos para que Roma acabasse aceitando que Maria Madalena não foi nem prostituta nem endemoniada. E se tivesse sido a mulher de Jesus?
E se não tivesse sido nem sequer judia, e sim seguidora da filosofia gnóstica?
E se tivesse sido a fundadora do primeiro cristianismo?
O medo da Igreja de ressuscitar a identidade e importância de Madalena em sua fundação é compreensível, já que isso significaria revisar a história desde a suas origens, assim como a teologia da sexualidade e o papel da mulher na hierarquia do catolicismo, onde continua relegada a um segundo plano.
Edição e imagens: Thoth3126@protonmail.ch
A Igreja romana continua escondendo o segredo de Madalena. A Igreja precisa rever suas origens para eliminar o lastro de machismo e patriarcado para voltar a ser o que foi em seus primórdios: a Igreja de Madalena, mais que a de Paulo, menos autoritária e masculina
Fonte: https://brasil.elpais.com/
O recém-estreado filme Maria Madalena, de Garth Davis, mesmo prescindindo do seu valor cinematográfico, serviu para recordar que a Igreja Católica continua mantendo o segredo sobre a figura da mulher mais citada nos evangelhos, mais inclusive que a mãe de Jesus. Foram necessários 1.400 anos para que Roma acabasse aceitando que Maria Madalena não foi nem prostituta nem endemoniada.

E se tivesse sido a mulher de Jesus? E se não tivesse sido nem sequer judia, e sim seguidora da filosofia gnóstica? E se tivesse sido a fundadora do primeiro cristianismo? O medo da Igreja de ressuscitar a identidade e importância de Madalena em sua fundação é compreensível, já que isso significaria revisar a história desde a suas origens, assim como a teologia da sexualidade e o papel da mulher na hierarquia do catolicismo, onde continua relegada a um segundo plano. Teria algum sentido o celibato obrigatório se até Jesus era casado?
A vida oculta da satanista Marilyn Monroe como escrava sexual e mental (I)
A vida oculta da satanista Marilyn Monroe como escrava sexual e mental (2)
A vida oculta da satanista Marilyn Monroe como escrava sexual e mental (3)
Humanidade está sendo alvo de aliens predadores hiperdimensionais

É compreensível o susto que a Igreja levou quando, em 1945, foram descobertos em Nag Hammadi, no Egito, um punhado de manuscritos de evangelhos gnósticos do século IV que tinham desaparecido porque a Igreja os destruíra ao considerá-los apócrifos. Neles fica clara, por exemplo, a estreita relação sentimental e espiritual entre Jesus e Madalena. Tão íntima que incomodava os apóstolos homens. Pedro chega a se zangar e pergunta ao mestre por que lhes oculta “segredos que só a ela revela”. E sentencia: “Que Maria saia de entre nós, porque as mulheres não são dignas da vida”.
Aqueles manuscritos gnósticos impressionaram tanto o psicanalista Carl Jung que ele se empenhou até conseguir comprar um deles. Que Jesus e Madalena fossem conhecedores das doutrinas gnósticas e as discutissem entre si é algo revelado num desses manuscritos, quando se diz que Jesus “a beijava na boca”. Não se tratava, entretanto, só de um gesto de afeto. Beijar-se na boca era, para os gnósticos, a forma de transmitir sabedoria.
Hoje sabemos que na aurora do cristianismo houve o choque entre duas teologias, a dos gnósticos, protagonizada pelo grupo de Maria Madalena, e a do apóstolo forasteiro, Paulo de Tarso. Na teologia gnóstica não se fazia distinção hierárquica entre homem e mulher, e se ensinava que o mal não é fruto do pecado original, como continua defendendo a Igreja de hoje, mas sim da IGNORÂNCIA. O que salva para os gnósticos é a sabedoria.
Se tivesse triunfado a corrente gnóstica, que apoiavam não poucos dos primeiros bispos, a Igreja hoje seria totalmente diferente, (OU TALVEZ SEQUER EXISTISSE) já que nela a mulher teria o papel fundamental que teve no primeiro século depois da morte de Jesus. A teologia misógina de Paulo e a contaminação com o poder romano fizeram com que a mulher acabasse marginalizada dentro do cristianismo.
Não é preciso, entretanto, ir aos evangelhos gnósticos para demonstrar a liderança de Madalena já durante a vida de Jesus e depois da sua morte. Basta uma análise hermenêutica dos quatro evangelhos oficiais da Igreja para constatar como Jesus, contra toda a tradição judia, tinha escolhido uma mulher como a depositária da sua mensagem. Madalena aparece, de fato, nos quatro evangelhos canônicos como sua confidente, e ela está consciente da sua relação especial com o profeta.
Vampirização pelo Sexo, manipulação de hospedeiras(os) Reptilianos
Vampirização pelo Sexo, manipulação de hospedeiros(as) Reptilianos (2)
Vampirização pelo Sexo, manipulação de hospedeiros(as) Reptilianos (3)
O Lado NEGRO de Cupido: (1) Interferência Hiperdimensional nas relações amorosas
O momento-chave que revela a importância de Madalena para Jesus é o da cena da crucificação e ressurreição. É narrada pelos quatro evangelistas, mas o que oferece detalhes que só ela podia conhecer é o Evangelho de João, considerado, curiosamente, o mais gnóstico e do qual se chegou a pensar que poderia ter sido escrito por Madalena.
Aparecem nesse quarto evangelho, por exemplo, detalhes como que Maria Madalena foi ao local da crucificação “na alvorada” e que “ainda estava escuro”. “Jesus”, chama ela, demonstrando intimidade, e o abraça e o chama pelo nome carinhoso de Rabbuni, que em hebraico quer dizer “meu bom mestre”. Jesus aparece a ela antes que aos apóstolos homens e antes que à sua própria mãe. Tomás de Aquino, doutor da Igreja, torturava-se por não entender que Jesus aparecesse a Madalena, uma mulher, e não a Pedro, considerado o cabeça dos apóstolos. Ainda mais que na época as mulheres não eram nem levadas em conta nos processos judiciais.
Lembro que o Nobel de Literatura, ateu, José Saramago, depois da leitura do meu livro Madalena: o Último Tabu do Cristianismo, traduzido no Brasil pela editora Objetiva, comentou com sua mulher, Pilar, que o aparecimento de Jesus a Madalena antes que a qualquer outra pessoa era a prova de que ela era sua mulher. “Se eu, depois de morrer, pudesse ressuscitar, é evidente que apareceria para você antes do que para qualquer um”, disse-lhe, meio de brincadeira, meio sério.
A Igreja, como em parte está fazendo o papa Francisco, precisa rever suas origens para eliminar o lastro de machismo com o qual foi contaminada, para voltar a ser o que foi em seus primórdios: a Igreja de Madalena, mais que a de Paulo, menos autoritária e masculina, em que a mulher tinha um papel institucional do qual foi sendo despojada até que se transformasse numa Igreja de homens com medo da mulher.
Jesus foi um homem casado: prova encontrada em papiro antigo
O papiro com os segredos de Jesus
Jesus foi casado? Papiro antigo autêntico gera polêmica
A Revelação Templária – 7A – Sexo o Sacramento Final
O Êxtase do Amor Sagrado
Os gnósticos, mais que a teologia de Paulo, do pecado e da cruz, davam grande importância ao conhecimento intuitivo e à poesia, à força da sabedoria. Uma força poética que pode ser apreciada no lindo poema que aparece no livro gnóstico O Trovão: a Mente Perfeita, que curiosamente evoca o começo do evangelho de João:
Porque sou a primeira e a última
Eu sou a honrada e a rejeitada.
Eu sou a prostituta e a sagrada.
Eu sou a esposa e a virgem. […]
Eu sou a estéril,
e muitos são os filhos dela. […]
Sou o silêncio que é incompreensível. […]
Sou a pronúncia do meu nome.
Em seguida a Igreja acabou adquirindo o medo da sexualidade, o desprezo pela mulher, o pecado, a cruz e o inferno. Quando visitei pela primeira vez em Roma algumas catacumbas cristãs, me chocou observar que nas primeiras pinturas que conhecemos do cristianismo primitivo, do final do século II, não aparece nem uma vez Jesus crucificado. O cristianismo de Madalena não gostava do símbolo da cruz. As figuras representavam Jesus como o bom pastor ou jantando com seus apóstolos. Em algumas figuras, mostradas apenas a especialistas bíblicos, já  aparecem mulheres vestidas de bispas.

Um fragmento de um antigo papiro recentemente descoberto (ou somente agora revelado) faz a sugestão explosiva que Jesus e Maria Madalena eram marido e mulher, eles eram casados dizem os pesquisadores. O fragmento do tamanho de 8 X 4 centímetros suporta/apoia uma corrente no pensamento cristão que mina séculos de dogmas da Igreja católica romana, sugerindo que o Messias cristão não era um celibatário. O centro do fragmento contém a frase bombástica onde Jesus, falando a seus discípulos, diz: “minha esposa”, que os investigadores acreditam que se refere à Maria Madalena. Fonte
Aquela igreja da alegria, da fraternidade, da ternura, do perdão e da esperança, sem distinção entre homens e mulheres, pobres e ricos, ainda está à espera de uma nova ressurreição cristã. O papa Francisco acaba de chamar Madalena de “a apóstolo dos apóstolos”. Será o primeiro gesto de reconhecimento do primeiro cristianismo feminino?

“CONHECE-TE A TI MESMO E CONHECERÁS TODO O UNIVERSO E OS DEUSES, PORQUE  SE O QUE TU PROCURAS NÃO ENCONTRARES PRIMEIRO DENTRO DE TI MESMO, TU NÃO ACHARÁS EM LUGAR ALGUM” – Frase escrita no pórtico do Templo do Oráculo de Delphos, na antiga Grécia.

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e a citação das fontes.
http://www.thoth3126.com.br

Yellowstone: Erupção levaria a evacuação dos EUA para o Brasil

YELLOWSTONE

Posted by Thoth3126 on 20/09/2018

 O governo dos EUA estaria trabalhando com plano secreto de evacuação em massa de sua população caso  o mega vulcão de Yellowstone entrar em erupção?

Milhões de cidadãos norte-americanos poderiam acabar se mudando para o BRASIL, a Austrália e Argentina se o mega vulcão de Yellowstone entrar em erupção plena, hipótese que vem sendo cada vez mais defendida de estar muito próxima de acontecer.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

  • Os teóricos da conspiração afirmam que os cidadãos norte-americanos sobreviventes poderiam ser realocados para a Austrália, BRASIL e na Argentina
  • Última grande erupção foi há 70 mil anos atrás
  • O Mega vulcão poderia ser reclassificado como ‘extinto’ – apesar de que recentemente pesquisadores reverem seu tamanho que seria de fato 2,5 vezes maior do que eles imaginavam

Ao DAILY MAIL REPORTER –  Fonte: http://www.dailymail.co.uk

O Site de notícias Sul-Africano Praag afirma que foi oferecido US$ 10 bilhões por ano ao Congresso Nacional Africano, durante 10 anos, para se construir abrigos temporários para os norte americanos em caso de uma erupção em Yellowstone, como parte dos planos de contingência que está sendo elaborado pelo governo dos EUA.

Área de grande beleza natural: A gigantesca caldeira do vulcão de Yellowstone (circulado em vermelho) em Wyoming é o maior super-vulcão do mundo. 

Blogueiros e teóricos da conspiração passaram semanas debatendo os planos, uma vez que foi reivindicada que os animais selvagens estão fugindo da área (veja vídeo abaixo) demonstrado em vídeo – mesmo que os guardas do parque tenham dito, que de fato, eles estavam com medo dos turistas.

O deslocamento dos animais  foi descrito como porque: “Era um dia primaveril e eles estavam brincando. Ao contrário dos relatórios on-line, é uma ocorrência natural e não o fim do mundo “, disse o porta-voz do parque Amy Bartlett.

Se o maior vulcão do mundo entrar em erupção, grande parte dos EUA seria deixado completamente encoberto por cinzas vulcânicas. No entanto, os pesquisadores dizem que não há sinais de uma erupção iminente.

Bufalos selvagens abandonando a área do vulcão em gravação recente na região: 

“A chance de isso acontecer em nossas vidas atuais é extremamente insignificante”, disse Peter Cervelli, diretor associado de ciência e tecnologia no U.S. Geological Survey’s (USGS) Volcano Science, na Califórnia.

Um estudo recente do maciço supervulcão sob o Parque Nacional de Yellowstone nos EUA – que os investigadores realizaram no local recentemente determinou que o tamanho do vulcão era de 2,5 vezes maior do que eles pensavam – e realmente ele poderia em breve estar extinto.

Os pesquisadores analisaram a água e o gás da região, e concluíram que ele já poderia estar em seu “leito de morte”(à beira da extinção).

No super vulcão de Yellowstone e alguns outros vulcões, alguns cientistas acreditam que acontecem fraturas e rachaduras em um padrão concêntrico ou anel-fractura na crosta da Terra. Em algum momento essas rachaduras chegam até ao  reservatório de magma, liberando a pressão, e o vulcão explode. A enorme quantidade de material liberado faz com que o vulcão entre em colapso em uma enorme cratera, uma caldeira.

ERUPÇÕES ANTERIORES

De acordo com o Serviço Geológico dos EUA, houve três grandes erupções do supervulcão de Yellowstone, nos últimos milhões de anos. A primeira foi cerca de 2,1 milhões de anos atrás, a segunda ocorreu 1,3 milhões de anos atrás e a última grande erupção foi em torno de 640 mil anos atrás.

De acordo com Ken Sims, da Universidade de Wyoming, as amostras de ar e água retiradas do maior vulcão do mundo sugerem que ele poderia estar se extinguindo. A equipe analisou a acidez em amostras de água e de radon no ar como parte de seu estudo sobre a condição do vulcão de Yellowstone.

O Geiser Old Faithful em erupção, expelindo água fervente no Parque Nacional de Yellowstone no inverno: Os pesquisadores agora dizem que o supervulcão gigante sob o parque poderia estar se extinguindo.

Eles também analisaram como a água e o gás se misturam e como se levantam do chão em uma tentativa de melhorar os métodos de erupções prevendo e identificando as áreas mais voláteis do parque. No momento, o vulcão de Yellowstone é classificado como dormente, não tendo sofrido erupção nos últimos 70.000 anos.

Se ele se tornar um vulcão extinto, ele nunca vai entrar em erupção novamente. No início de novembro do ano passado, uma equipe de pesquisadores da Universidade do Wyoming  liderados por Sims espalharam lonas no chão coberto de neve perto de terraços brancos fora da área de Mammoth Hot Springs, onde piscinas de águas quentes são empilhadas sobrepostas como pequenas montanhas cheias de água cristalina.

Sims estava estudando o quão rápido a água e o gás se misturam à medida que sobem para a superfície. Sua pesquisa pode vir a ajudar os cientistas a entender o que causa as erupções de vapor.

Mammoth Hot Springs 

Esquerda: Mammoth Hot Springs é um grande complexo de águas termais em uma colina de travertino em Yellowstone National Park ao lado do Fort Yellowstone eo Historic District Mammoth Hot Springs . Ele foi sendo criado ao longo de milhares de anos na medida que a água quente da primavera é refrigerado e depositado carbonato de cálcio (mais de duas toneladas flui em Mammoth a cada dia em uma solução). Embora essas fontes estejam fora dos limites da caldeira vulcânica, a sua energia tem sido atribuída ao mesmo sistema magmático que alimenta outras áreas geotérmicas do supervulcão de Yellowstone. Nenhuma árvore ou vegetação resiste e morre neste local.

Se eles sabem como o vapor de água sobe rápido e interage no parque, eles podem prever melhor quando uma área se tornará mais volátil. Apesar dos receios de que o supervulcão possa ser extinto, o parque continua sendo um dos laboratórios de pesquisa mais importantes do mundo, atraindo cientistas de renome internacional que estudam tudo, desde terremotos para as origens da vida para o poder escondido sob o solo desse vulcão.

‘Yellowstone está tão acima em várias áreas de muitas maneiras, que às vezes ele grita para você a resposta que está acontecendo em outros lugares “, disse Jacob Löwenstern, cientista responsável pelo Observatório de Vulcões Yellowstone. O parque original tem 40 quilômetros de extensão em lama de rocha derretida e cristal do primeiro parque nacional criado no país.

Em vez de um único cone com um furo, a caldeira do vulcão é um labirinto interligado de gás e água cobrindo quase 60 quilômetros do canto noroeste do estado do Wyoming, junto com partes dos estados de Montana e Idaho.

Emerald Spring Pool, com água quente (cerca de 85º C), na Basin Black Sand, no parque nacional de Yellowstone – e que os pesquisadores dizem que nunca pode entrar em erupção novamente…

Mais de 10.000 pontos de barro em ebulição, rios com águas ferventes e gêiseres agindo como válvulas de liberação de pressão da natureza, mantendo o super vulcão monstro aquecido evitando que ele exploda.

E tudo se move. Mammoth Terraces, na porção norte do parque, podem crescer verticalmente até 3 metros por ano e se estender horizontalmente ainda mais longe. Nascente de água dissolve calcário sob a superfície; CO2 evapora e deixa para trás o carbonato de cálcio branco.

Os terraços são construidos até suas aberturas se entupirem e a pressão dos gases forçar um ponto mais fraco para se abrir em outro lugar. “O calor do vulcão Yellowstone é o que impulsiona o sistema hidrotérmico”, disse Henry Heasler, geólogo do parque. “Ele fica quente e sobe, e a câmara de magma, ou reservatório, está a uma profundidade relativamente rasa. (n.t. e os cientistas dizem que tudo isto pode estar acontecendo em um supervulcão que estaria à beira da extinção??).

Este mapa do Serviço Geológico dos EUA mostra a gama de cinzas vulcânicas que foi depositado após os três enormes erupções ao longo dos últimos 2,1 milhões de anos. Alega-se que já existam planos de contingência em caso de uma nova erupção que poderia incluir a mudança de milhões de norte americanos para outros países,inclusive o BRASIL.

“Haverá muitas mudanças dramáticas no clima do planeta, muitas mudanças nas condições meteorológicas  na medida em que o TEMPO DA GRANDE COLHEITA se aproxima RAPIDAMENTE ao longo dos próximos anos. Você vai ver a velocidade do vento em tempestades ultrapassando 300 milhas (480 quilômetros) por hora, às vezes.

Deverão acontecer fortes tsunamis e devastação generalizada NAS REGIÕES COSTEIRAS, e emissão de energia solar (CME-Ejeção de Massa Coronal do Sol)  que fará  importante fusão e derretimento das calotas de gelo nos polos, e subsequente aumento drástico no nível do mar, deixando muitas áreas metropolitanas submersas em todo o planeta“. Saiba mais AQUI 

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

 

A HISTÓRIA NORTE-AMERICANA NÃO VAI ACABAR BEM. MÍDIA TRADICIONAL ALERTA SOBRE DESASTRE ECONÔMICO IMINENTE

Posted by Thoth3126 on 20/09/2018

Estamos à beira de outra grande crise financeira, uma recessão devastadora e uma horrível implosão da bolha da dívida global? No meu site, tenho alertado incansavelmente meus leitores sobre as consequências inevitáveis de nossas ações muito tolas, mas agora até mesmo a grande mídia (controlada pela Elite) está começando a soar como o The Economic Collapse Blog.
Tradução, edição e imagens: Thoth3126@protonmail.ch
Este capítulo da história norte americana não vai acabar bem. Oito exemplos de fontes de mídia tradicionais em alertas sobre um desastre econômico iminente
Fonte: http://theeconomiccollapseblog.com/
A próxima crise já está tão próxima agora que muitos dessas fontes de informação estão começando a perceber, e é claro que o desastre econômico já é uma realidade para grande parte do resto do planeta. Durante anos, a grande mídia nos disse que as coisas melhorariam e, de várias maneiras, vimos algumas melhorias. Mas agora o tom da grande mídia se tornou bastante sinistro, e isso definitivamente não é um sinal positivo. A seguir, 8 exemplos de fontes de “mídia tradicionais” nos alertando sobre um desastre econômico iminente…
1 Forbes: “O desastre é inevitável quando a bolha da bolsa de valores da América explodir” …
“Como mostrado neste relatório, o mercado de ações dos EUA está sendo negociado atualmente em níveis extremamente precários e não vai demorar muito para derrubar todo o castelo de cartas. Mais uma vez, o Federal Reserve, responsável pela criação da desastrosa bolha da Dot-com e da bolha imobiliária de 2008, inflou ainda mais uma bolha extremamente perigosa em sua tentativa de forçar a economia a crescer após a Grande Recessão. A história tem provado repetidas vezes que a ingerência de mercado pelos bancos centrais leva a enormes distorções de mercado e a eventuais crises. Como sociedade, não aprendemos as lições que deveríamos aprender de 1999 a 2008, portanto estamos condenados a repeti-las”.
O objetivo deste relatório é alertar a sociedade sobre o caminho em que estamos e os riscos que estamos enfrentando.

2 CNBC: “O sell-off das ações de tecnologia pode estar apenas começando se a guerra comercial com a China piorar” …
“O escrutínio parlamentar das empresas de mídia social e os temores de uma nova regulamentação prejudicaram seus estoques, mas outros nomes tecnológicos também podem ser vulneráveis a uma nova rodada de pressões de venda se o presidente Donald Trump aprovar novas tarifas sobre produtos chineses”.
3 Bloomberg: “A rotatividade dos mercados emergentes é mais longa desde 2008, quando a confiança entra em crise” …
“Para ações, são 222 dias. Para moedas, 155 dias. Para títulos do governo local, 240 dias. A debandada deste ano nos mercados emergentes durou tanto que levou os ursos mais ardentes de surpresa. Nenhuma das sete maiores vendas desde a crise financeira – incluindo a chamada “birra cônica” – causou tanto sofrimento nos países em desenvolvimento”.
 ‘Mudanças tectônicas’ no sistema financeiro global ameaçam economia global.
 Grupo Bilderberg: Confissões de um “Assassino Econômico”
 A Maior Fraude Financeira da História Mundial.
 Grupo Bilderberg e o controle da Terra por ETs: Aliens governam o planeta
4 CNN: “Mercados emergentes parecem doentes. Infectarão Wall Street? ” …
“As ações chinesas estão em um mercado de baixa. A moeda da Turquia entrou em colapso. A África do Sul entrou em recessão. Nem mesmo um resgate do FMI determinou o sangramento na Argentina. A tempestade balançando mercados emergentes tem suas origens em Washington. As moedas mais vulneráveis despencaram quando o Federal Reserve dos EUA aumentou as taxas de juros. E a repressão do presidente Donald Trump acrescentou gasolina ao fogo”.
O problema pode se espalhar, infectando outros mercados emergentes ou mesmo Wall Street.

5 The Motley Fool: “6 sinais que a próxima recessão pode estar mais perto do que imaginamos” …
“Para ser perfeitamente claro, tentar prever quando as recessões ocorrerão é pura adivinhação. Os principais analistas de mercado pediram recuos no mercado, sem sucesso, praticamente todos os anos desde o término da Grande Recessão. Mas o ciclo econômico não mente: as recessões são inevitáveis. E, na minha opinião, estamos provavelmente mais próximos da próxima recessão do que você imagina.
Como posso ter tanta certeza? Bem, eu não posso. Lembre-se, acabei de notar que não há praticamente nenhuma certeza quando se trata de prever quando as recessões ocorrerão. Há, no entanto, seis sinais de alerta que sugerem que uma recessão poderia estar, em termos relativos, ao virar da esquina”.
6 Forbes: “A riqueza dos lares dos EUA está experimentando uma bolha insustentável” …
“Desde os dias sombrios da Grande Recessão em 2009, a América passou por um dos mais poderosos booms de riqueza da sua história. A riqueza das famílias aumentou em aproximadamente US $ 46 trilhões, ou 83%, para um recorde histórico de US $ 100,8 trilhões. Enquanto a maioria das pessoas acolhe e aplaude um boom de riqueza como este, minha pesquisa mostra que na verdade é outra bolha perigosa que é semelhante à bolha do mercadoimobiliário dos EUA em meados dos anos 2008. Nesta parte, explicarei por que o boom de riqueza dos Estados Unidos é artificial e se encaminha para um colapso devastador”.
 Dívida dos EUA estabelece recorde absoluto, dívida global
 Venda massiva de títulos do Tesouro dos EUA pela Rússia
 Rússia e China desafiam o domínio do dólar
 A decadência da “civilização europeia” e sua dívida com os povos nativos
7 Savannah Now: “A dívida global sobe, junto com o medo da crise à frente” …
“Nós deveríamos corrigir a bolha da dívida”, disse David Rosenberg, economista-chefe da Gluskin Sheff, uma empresa de gestão de patrimônio. “O que fizemos foi criar mais dívidas”.
8 CNBC: “A crise dos mercados emergentes está de volta. E desta vez é sério ” …
“Mas os mercados estão sentindo uma sensação de déjà vu. A culpa é de um dólar mais forte, aumentando as tensões desde que o presidente Donald Trump chegou ao poder, se preocupa com uma guerra comercial completa com a China ou taxas de juros crescentes nos EUA, desta vez a crise parece ter entrado em uma nova fase.

O dano é muito mais difundido. A crise envolveu países de todo o mundo – de economias na América do Sul a Turquia, África do Sul e algumas das maiores economias da Ásia, como Índia e China. Alguns desses países estão vendo sua moeda cair a níveis recordes, inflação alta e desemprego, e, em alguns casos, aumentando as tensões com os Estados Unidos”.
Eu não acho que tenhamos visto tais declarações ameaçadoras da grande mídia desde a última crise financeira global em 2008. E a grande mídia não está sozinha. Ontem, eu discuti o fato de que os executivos de tecnologia na costa oeste estão montando bunkers de sobrevivência de luxo na Nova Zelândia, a fim de se preparar para o que está à frente. Todos sabem o que está por vir e também sabem que está se aproximando muito rapidamente.
Este capítulo da história americana não vai acabar bem. Em algum nível, todos nós entendemos isso. Nuvens de tempestade se acumulam no horizonte há algum tempo e os sinais de alerta estão ao nosso redor. Nosso dia de acerto de contas pode ter sido atrasado, mas não foi cancelado. A América tem um encontro com o destino e será extremamente doloroso.
________________________________________
A Matrix (o SISTEMA de CONTROLE)

“A Matrix é um sistema de controle, NEO. Esse sistema é o nosso inimigo. Mas quando você está dentro dele, olha em volta, e o que você vê? Empresários, professores, advogados, políticos, carpinteiros, sacerdotes, homens e mulheres… As mesmas mentes das pessoas que estamos tentando salvar.
Mas até que nós consigamos salvá-los, essas pessoas ainda serão parte desse sistema de controle e isso os transformam em nossos inimigos. Você precisa entender, a maioria dessas pessoas não está preparada para ser desconectada da Matrix de Controle. E muitos deles estão tão habituados, tão desesperadamente dependentes do sistema, que eles vão lutar contra você para proteger o próprio sistema de controle que aprisiona suas mentes …”
________________________________________
Permitida reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

http://www.thoth3126.com.br