O ENGANO DAS ENCARNAÇÕES

Postado por Patrizia Gardona em 16 julho 2018

ENGANO DAS ENCARNAÇOES
Recentemente ouvi a pergunta:

Mas o objetivo do ser humano não é encarnar e encarnar e encarnar para aprender?”

Não!

Imagine que você está numa determinada série do ensino fundamental. Passa para o ano seguinte, e assim por diante. Mas chega num determinado ponto quando começa a repetir série por série. Ao invés de evoluir em direção ao mestrado, por uma (des)ordem você volta para séries fundamentais e começa tudo de novo. Mas por mais que faça, se depara com as mesmas matérias, os mesmos professores, os mesmos amigos e inimigos, a mesma sala de aula.

A cada ano (vida), você não se lembra das matérias estudadas, mas guarda sentimentos, sensações, memórias escondidas nas suas células, no seu DNA. E quando vê de novo uma matéria antiga, tem a sensação de já ter vivido aquela situação. E se pergunta: Por que eu estou passando por isso?

A humanidade aceita a reencarnação como uma verdade absoluta. E não é. Como tudo neste planeta, é uma programação. Como um programa de computador, ajustado para cumprir uma determinada tarefa. Imagine um programa antigo, desatualizado, cheio de vírus e “bugs”. Esse é o programa da reencarnação, que todos nós carregamos em nosso hardware.

Está na hora de deletar esse programa, primeiramente entendendo que o velho está obsoleto, desatualizado e causando o mal funcionamento de todo o nosso sistema. A programação da reencarnação n os dá uma ideia limitada, prendendo a humanidade à realidade física – à ideia que fazemos do nosso corpo-mente-matéria – e ao próprio planeta.

Somos seres multidimensionais, limitados momentaneamente à existência física terrena. Ao estudarmos um pouco sobre a física e sobre o mistério da criação, todos somos feitos do mesmo material das estrelas. Somos energia, vibração, frequência. Vale lembrar que a humanidade conhece menos de 5% de tudo o que existe no universo. O restante é feito de energia escura e matéria escura. Por onde flutuam nossas realidades paralelas, nossa consciência superior, nossas partículas de alma, todo o “desconhecido”. E ao ignorarmos esses outros níveis de consciência, achamos que existe apenas esse planeta, essa realidade material na terceira dimensão.

Então eu pergunto: Por que então se conformar com esse processo limitado da reencarnação?

Esse processo traz uma série de enganos. Ao reforçar contratos antigos, antigos medos, culpas, mágoas, o ser humano se afunda cada vez mais em negatividade, ao invés de buscar sair dessa matriz em direção à sua ascensão. Em direção à sua consciência superior – entendida como Eu Sou, Mônada e Supra Mônada, até que finalmente ele se funda com a Fonte que Tudo É, ou o próprio Criador, como muitos preferem chamar. Só que por uma série de questões, ficamos presos à Roda de Samsara, que é a roda encarnacional. E fomos profundamente enganados, achando que isso era bom.

O que a espiritualidade está nos avisando neste momento, é para deixarmos os velhos padrões definitivamente para trás, e buscar através da consciência individual, da busca interna pela sua conexão com o divino e iniciar o caminho de volta à Fonte.

O programa da reencarnação precisa ser apagado e instalado um novo programa: da ascensão da alma. Esse novo programa está conectado com o Big Data, com a Fonte que Tudo É. Ele é um programa maravilhosamente inteligente, porque não se conecta a essa matriz de controle, velha, gasta. Mas sua conexão se faz através de um conector que todo mundo já tem, mas usa de maneira errada. O plugue que existe dentro do coração feito de cristal de Luz, nossa Chama Trina, que precisa ser programado para essa nova função.

A gente já passou muito tempo repetindo de ano e essa história já está muito chata. A escola se deteriorou e está a ponto de desmoronar, os professores estão indo embora, a merenda acabou e os alunos estão se matando, porque não tem espaço pra todo mundo.

Que tal repensar essa história toda e tomar a consciência de que evoluir e ascensionar é algo bem diferente do que fomos ensinados a acreditar?

Por Eliana Rocca

http://www.terapeutasquanticos.com

©2010 – 2017 Solange Christtine Ventura
http://www.curaeascesao.com.br
Obrigado por incluir o link do website quando compartilhar esta Mensagem com outros.

LA UNUA PROCESO PRI LA MALPERMESO SANIGI (1951 – 1952)

BRUNO GRONING

Akuzo pri malpermesita praktikado de saniga arto

Ĉu la agado de Gröning estis saniga praktiko en medicina senco?

La unuan fojon Bruno Gröning staris antaŭ tribunalo en Munkeno en 1951/52 pro malpermesita kuracado. La bavaria ministerio pri internaj aferoj en 1949 ankoraŭ rigardis lian agadon kiel liberan am-agadon, sed nun lia sanigado estis konsiderata en la medicina senco.

La akuzo apogiĝis sur la leĝo pri naturkuracado el la jaro 1939, kiu anstataŭis la ĝis tiam validan liberecon de kuracado kaj kiu tiutempe gvidu la kuracadon en la manojn de naziaj kuracistoj.

La jeso kaj neo pri krimo kontraŭ la leĝo pri naturkuracado

Kaj en la unua kaj en la dua proceso Bruno Gröning estis absolvita. La prezidanto de la provinca tribunalo de Munkeno deklaris en sia verdikto en marto 1952:

“La tribunalo taksus nekonvene kondamni la akuziton pro unuflankaj ekspertizoj. Ĉu la agado de Gröning rilatas al la leĝo pri naturkuracado, estas pli ol dubinde, ĉar ĝi apartenas al tereno, kiu hodiaŭ estas ankoraŭ tro malmulte esplorita.”

En la apelacia proceso la absolvo estis konfirmita, sed la ago de Bruno Gröning estis senambigue nomita kuracado en la senco de la leĝo pri naturkuracado:

“Sen permeso kaj sen esti registrita kiel kuracisto la akuzito faris agadon por diagnozi, sanigi aŭ mildigi malsanojn, suferojn aŭ korpajn damaĝojn ĉe homoj, kaj tio estas konsiderenda kiel kuracado en la senco de la leĝo pri naturkuracado. […]”

Eraro, kiu senkulpigas, egalas al malpermeso sanigi

La verdikto pluen: “Sed kondamno de la akuzito ne povis okazi, ĉar rilate al la objektiva cirkonstanco pri la kuracado, li estis en senkulpiga eraro kaj  tial ne agis kun intenco.”

Ĉar la senkulpiga eraro, en kiu Bruno Gröning laŭdire troviĝis, estis klarigita per tribunala verdikto, malgraŭ tiu absolvo la verdikt’apitro egalis al juĝista malpermeso sanigi. Ekde tiam Gröning devis scii, ke lia agado estas kuracado en la senco de la leĝo pri naturkuracado, kaj kiel tia ĝi estas malpermesita. La veraj interrilatoj de lia agado, laŭ kiuj lia agomaniero ne havis ian ajn rilaton al kuracado en la medicina senco, ne estis agnoskita.

FONTO: https://www.bruno-groening.org/eo/bruno-groening/biografio/la-unua-proceso-pri-la-malpermeso-sanigi

OS SEGREDOS DO PODER DA MANIPULAÇÃO MENTAL

Posted by Thoth3126 on 16/07/2018

ESCRAVOS
Em geral, nós gostamos da ideia de sermos donos de nossas próprias escolhas. Mas será que somos mesmo?  Jay Olson, pesquisador do Departamento de Psiquiatria da Universidade McGill, em Montreal, no Canadá, acredita que não. “O que a Psicologia está descobrindo cada vez mais é que muitas decisões que tomamos são influenciadas por fatores dos quais não temos consciência”, ele explica.

Edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

David Robson, da BBC Future – Fonte: http://www.bbc.com/

Recentemente, Olson desenvolveu um engenhoso experimento que demonstra como é fácil manipular alguém mesmo com uma persuasão quase imperceptível.

Praticante de truques de mágica desde os 7 anos, Olson notou, quando começou a estudar Psicologia, que muito do que aprendia sobre a mente humana casava com aquilo que seu hobby já o tinha ensinado, principalmente no que se refere à atenção e à memória.

Em seu mestrado, ele realizou vários truques com voluntários, mas um em particular o ajudou a concluir fatos importantes sobre a influência e a persuasão. A mágica consiste em rapidamente manipular um baralho na frente de um voluntário e depois pedir para que ele escolha uma carta qualquer. O ilusionista, então, tira uma carta idêntica de seu bolso – para a surpresa e deleite da plateia.

O segredo do mágico é já escolher ele mesmo uma carta e passar alguns milésimos de segundo a mais com ela na mão enquanto o baralho é manipulado. Isso influencia o voluntário a pegar justamente aquela carta.

Olson percebeu que conseguiu direcionar 103 de 105 participantes (98%). Mas foi a segunda parte da experiência que mais surpreendeu o psicólogo. Quando interrogou os voluntários depois, viu que 92% deles não tinham ideia de que estavam sendo manipulados e acharam que estavam no total controle de sauas próprias decisões.

O pesquisador também descobriu que aspectos como a personalidade do voluntário não tinham relação com o quanto ele pode ser influenciado – todos pareciam igualmente vulneráveis. As implicações dessa experiência vão muito além do palco e deveriam servir para reconsiderarmos nossas percepções sobre nossa vontade própria.

Apesar de termos uma grande sensação de liberdade, nossa capacidade de tomar decisões deliberadas pode ser uma ilusão. “A liberdade de escolha é só um sentimento – não está ligada à decisão em si”, afirma Olson.

Não acredita nele? Lembre-se quando você for a um restaurante. Segundo Olson, o cliente tem mais chances de pedir o prato que está no topo ou na parte de baixo do cardápio porque essas são as áreas que mais atraem o olhar. “Mas se alguém perguntar o porquê da sua escolha, você dirá que está com vontade de comer aquilo, sem perceber que o restaurante deu uma forcinha”, diz.

A psicóloga Jennifer McKendrick, da Universidade de Leicester, na Grã-Bretanha, concluiu, em um estudo, que o simples fato de um supermercado tocar uma música ambiente francesa ou alemã fazia as pessoas comprarem vinhos desses países.

Segundo membros da campanha de Al Gore à Presidência dos Estados Unidos em 2000, seus rivais republicanos faziam a palavra “RATS” (“ratazanas”) aparecer por milésimos de segundos em anúncios que traziam imagens do democrata, o que teria espantado muitos de seus eleitores.

O psicólogo Drew Westen, da Emory University, em Atlanta, criou um candidato fictício e inseriu a suposta mensagem subliminar em seus anúncios, notando que voluntários o avaliavam negativamente.

Outra experiência mostrou ainda que representantes de vendas por telefone registraram uma performance melhor apenas por ter visto a foto de um atleta ganhando uma corrida – mesmo sem se lembrarem dela depois.

 

Evidentemente, esse tipo de conhecimento pode ser usado para a coerção se cair nas mãos erradas. Por isso, é importante saber quando outras pessoas estão tentando convencê-lo de algo sem que você perceba.

Com base em artigos científicos, aqui estão quatro atitudes manipuladoras fáceis de identificar:

1 – O poder do toque

Um tapinha nas costas seguido por um contato visual pode levar uma pessoa a baixar mais a guarda. É uma técnica que Olson usa em seus truques, mas que pode funcionar no cotidiano.

2 – A velocidade da fala

Olson diz que mágicos sempre tentam apressar seus voluntários para que eles escolham a primeira coisa que vem à sua mente – em geral a ideia que ele plantou. Uma vez que a pessoa fez sua opção, o performer passa a falar de maneira mais relaxada.

Ao se lembrar da experiência, o voluntário tende a pensar que o tempo todo foi livre para tomar suas próprias decisões, em seu ritmo.

 

3 – Atenção a seu campo de visão

Ao passar mais tempo manipulando uma determinada carta de baralho, Olson a torna mais “saliente”, fazendo-a se fixar na mente do voluntário sem que este perceba.

Há muitas outras maneiras de fazer coisas semelhantes: colocar um objeto na linha do olhar da outra pessoa ou mover algo ligeiramente mais perto de um alvo, por exemplo. Pelos mesmos motivos, acabamos escolhendo a primeira coisa que nos é oferecida.

4 – Algumas perguntas plantam ideias

Quando alguém faz uma sugestão e pergunta aos demais coisas como “Por que você acha que isso é uma boa ideia?” ou “Na sua opinião, quais as vantagens disso?”, está, na realidade, deixando os outros se convencerem a respeito de certas questões por conta própria.

Pode parecer óbvio, mas fazer com que as pessoas reflitam a partir de ideias embutidas nas perguntas significa que elas ficarão mais confiantes em tomar decisões de longo prazo – mesmo não tendo sido ideia delas.


Dizem que existem três tipos de pessoas no mundo:

  1. Aquelas que fazem as coisas acontecerem;
  2. Aquelas que observam as coisas acontecerem e
  3. Aquelas que ficam se perguntando o que aconteceu????
A vasta maioria da humanidade encontra-se nas duas últimas categorias. A maioria tem “olhos para ver”, mas não enxerga o que está acontecendo. A maioria tem “ouvidos para ouvir”, mas não compreende o que está acontecendo: “LOCAL, NACIONAL ou INTERNACIONALMENTE.”  

 

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

O POTENCIAL DE ELEVAÇÃO DA CONSCIÊNCIA HUMANA

Posted by Thoth3126 on 15/07/2018

ELEVAÇAO DA CONSCIENCIA

Bem-vindos à Divulgação Cósmica. Eu sou seu anfitrião, David Wilcock, e novamente estamos aqui com Corey Goode, um informante insider de programas secretos que tem uma verdadeira e notável amplitude de informações, em uma variedade de projetos altamente secretos, no nível cósmico top-secrets e mais acima, que é de 35 níveis acima ao sigilo do próprio Presidente dos EUA.

Nós já falamos sobre o treinamento intuitivo, e como os programas de que Corey participou e outros membros de quem eu falei que também participaram dos mesmos programas, treinaram-no para se tornar mais psíquico, para ter maiores poderes e capacidades…

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

DIVULGAÇÃO CÓSMICA: O Potencial de Elevação da Consciência Humana

Fonte: https://spherebeingalliance.com

E, tudo isso, em última instância, construir até o “corpo (de LUZ) do arco-íris” – um assunto muito interessante da prática meditativa budista tibetana. Entăo, Corey, bem-vindo de volta ao show.

CG: Obrigado.

DW : Então, o corpo do arco-íris tibetano parece ser o núcleo para onde toda essa discussão está finalmente nos levando. Eu escrevi sobre isso extensivamente. Para aqueles que ainda não sabem, no caso de serem novos com isso, o corpo do arco-íris é algum tipo de transmutação do corpo físico no momento da morte. E o núcleo da prática parece ser – permanecer num estado contínuo de meditação, e ter cada pensamento como sendo um pensamento amoroso. Obviamente, o que você descreveu no episódio anterior é algo muito perturbador – o tipo de treinamento que você disse que alguns desses caras no programa viram a si mesmos como um “Lord Sith” (de Star Wars).

CG: Sim. Eles se vêem como senhores do lado negro da força – Senhores Sith. Muito desse mito é uma parte de seu sistema de crenças.

DW : Sem ficar muito gráfico, eles estavam usando as coisas mais negativas que você pode fazer para outras pessoas como magia negra para melhorar essas capacidades que eles tinham?

CG: Sim.

DW: Então, você estava descrevendo pessoas que poderiam realmente jogar uma bola de energia para fora de sua mão e recortar metal com ela. Isto é apenas como golpear um pouco sobre o metal? Sobre o que estamos conversando?

CG: Não. Nós estamos falando como – “extremamente” desruptivo, empurrando portas de metal.

DW: Uau!

CG: Se fossem fazer isso a um ser humano, o ser humano não sobreviveria a isso.

DW: Quando eu estava conversando com Daniel antes (um dos membros de DW) ele estava descrevendo dois tipos de humano psíquico – “TPs” e “TKs”. TP é ser telepata e TK você é telecinético (movimenta objetos com poder mental). Será que eles nunca usaram-nos como no programa que você estava envolvido?

CG: As pessoas que tinham habilidades telecinéticas foram transferidas para outro programa.

DW: Daniel foi informado de que os TKs eram um entre mil pessoas, que são muito mais raras, mas que poderiam ser treinadas, assim como um telepata poderia ser treinado. Então, você experimentou a mesma coisa, que pessoas com habilidades telecinéticas poderiam ser treinadas para se tornarem mais eficientes?

CG: Qualquer uma dessas habilidades pode ser melhorada. Elas podem ser melhoradas através do treinamento. Eles também dão às pessoas injeções químicas que de alguma forma melhoram suas habilidades. Então, sim, todas essas habilidades podem ser melhoradas.

DW: Daniel também me disse que eles davam às pessoas uma escala de capacidade psi. E você tinha a letra “P” e depois um número. Então, eu acho que um P0 (zero) é como uma pessoa típica, sem nenhuma habilidade psíquica ou aptidão, e isso seria em relação à telepatia ou telecinésia. Um psíquico típico, alguém que nós realmente pensamos como realmente bom ainda seria apenas um P4. Mas no treinamento que ele passou, as pessoas que chegaram ao mais alto nível poderia ser até P8, P9 ou P10. Que, se você é telecinético, aparentemente eles usariam essas pessoas para comprimir a artéria carótida no pescoço de alguém, e matá-los por um coágulo de sangue no cérebro. Você estava ciente de habilidades psíquicas sendo usadas para assassinatos e esse tipo de coisa? Isso é parte do que eles estavam treinando?

CG: Sim, eles estavam usando algumas das habilidades para treinar esses jovens para serem capazes de matar, com habilidades telecinéticas. Este tipo de pessoa, ela começou sua formação como um adulto ou como uma criança?

DW: Sim, estavam trabalhando na base subterrânea de Montauk. Eles tinham uma maneira peculiar de se aproximar de você, onde eles simplesmente teriam alguém, aparentemente para iniciar uma conversa aleatória com você – “O que você acha sobre o ESP, o que você acha sobre ter habilidade psíquica?” E então, se você mostrasse interesse nisso, e você falasse que teve suas experiências e coisas assim, então eles diriam: “Bem, como acontece que há um programa, e você pode ter pagamento extra, e isso não afetará o seu horário normal de trabalho e você vai ser capaz de aprender um monte de coisas realmente legais … O que você acha? Você quer experimentar? “Isso é o modo como eles iriam recrutá-lo.

CG: Bem, a razão que eu perguntei é que um dos motivos pelo qual criaram o programa MILAB, é que as crianças entre as idades de 5 anos e antes de atingir a puberdade – se eles recebem essas crianças, especialmente eles as querem muito jovens – e se essas crianças que têm essas habilidades em uma idade muito jovem, e iniciam essas táticas de formação com elas, eles obtêm muito, muito, muito mais reforçada habilidades do que quando eles tentam treinar adultos. Se você tomar uma pessoa como você está falando, que é um adulto e for treina-lo e está nesta escala P e um dos MILABs que foi treinado e melhorado desde essa janela jovem, em seguida, se você fosse medi-los nesta mesma escala P, eles vão explodir essa outra pessoa.

DW: Eu acredito que Daniel disse que ele só chegou ao nível P7 e ele era um telepata. Eles também disseram algo estranho, que é, TPs e TKs são como um yin e yang do consciente e do subconsciente. Se você é telecinético então sua habilidade telepática é subconsciente e acontecerá mas você não pode controlá-la. E se você é telepata, então sua telecinesia é subconsciente e você não pode controlá-la. Você tem um ou outro, mas não ambos, é o que eles parecem que eles descobriram.

CG: Bem, você tem ambos, mas uma habilidade é muito fraca. Durante um monte de treinamento em IE (Intuitive Empath), coisas estranhas aconteceriam, com as coisas se movendo pelo chão e pelo outro lado da sala quando as pessoas estavam seriamente focadas em … especialmente quando estavam sendo aprimoradas tecnologicamente no treinamento de visualização remota e aperfeiçoamento intuitivo. Isso foi com esses jovens, nesta janela de idade que eu estou falando.

DW: Uma das coisas com que Daniel ficou realmente impressionado foi o filme de ficção científica “Babylon 5”. E o autor, J. Michael Straczynski apresentou este sistema de escala P no show. E uma das coisas que ele observou foi que alguns dos ETs em “Babylon 5” eram como P11 ou mesmo P12. A ele foi dito que não pode ir mais alto do que P10. Mas isso, obviamente, não é verdade.

CG: MmmMmm (de acordo)

DW: Foi o que ele disse.

CG: Sim, quando eles começam com pessoas na idade adulta, e começam a treiná-los com essas habilidades, eles já perderam uma grande janela. Quando você está em uma idade jovem, você não formou todas essas idéias preconcebidas do que é possível, do que não é possível. Sua consciência é mais maleável e, portanto – sua consciência é mais manipulável, sua consciência é o gatilho para suas habilidades. Então, esses jovens vão ser capazes de ser treinados e formados para serem capazes de fazer muito mais coisas do que alguém que tenha atingido a idade da puberdade e a idade adulta, e que já tem um sistema de crença estabelecido e idéias preconcebidas sobre o que é e não é possível.

DW: Por que você acha que essas práticas para desenvolver o corpo do arco-íris parecem exigir muito mais trabalho do que eles dando-lhe injeções e avanços tecnológicos para obter-lhe  habilidades como um psíquico.

CG: É sempre um atalho. Melhorar a si mesmo e evoluir na senda do caminho positivo é um caminho muito longo e difícil. Os aliens Blue Avians deram esta mensagem, para que nos tornássemos mais amorosos, perdoando a nós mesmos e aos outros, parássemos a roda do karma e nos concentrássemos diariamente em prestar mais serviço aos outros, elevando nossa consciência e elevando nossas vibrações . E, isso soa algo do tipo hippie, tipo florido, fácil de fazer, mas garanto-vos que é um caminho extremamente difícil de trilhar. Quando você pode andar um caminho negativo muito curto e irregular, e obter algumas habilidades muito fortes e interessantes – vai parecer um caminho mais interessante e factível para as pessoas (o caminho da Mão Esquerda, que leva servir às TREVAS).

DW: Por que você acha, nos filmes de Hollywood, que são sempre os personagens malignos que parecem ganhar poderes sobrenaturais, e então são sempre os personagens heroicos que têm que lutar contra eles com base em armas, e verdadeira sorte ?

CG: Bem, porque nos filmes – quem controla, e quem faz filmes em Hollywood? Eles querem promover, que seguir o caminho do ódio e do medo, o caminho das TREVAS, é o caminho mais poderoso e fácil. Essa é a maneira de ficar rico, famoso e poderoso; ser implacável em nossa sociedade. E ser bom é uma batalha muito dura e quase sempre perdida e inglória. Uma batalha muito difícil de vencer.

DW: Os tibetanos também praticavam magia negra (Nota Thoth: Hitler e os Nazistas tiveram a colaboração de membros de uma seita tibetana que praticava MAGIA NEGRA), e eu acho que as pessoas não percebem isso. Havia alguns praticantes muito negativos no Tibete que são descritos como em livros “Life and Teachings of the Masters of the Far East”. Uma das coisas de que fala ali é que alguns desses tibetanos magos negros, se quisessem assassinar alguém, tomariam uma faca ou um punhal e o carregariam com uma quantidade incrível de energia do ódio, e então, aparentemente, se fosse o suficiente, a pessoa alvo, gostaria de pegar a faca e realmente matar-se usando-a. Mas eles disseram que esta era uma forma extremamente perigosa de magia negra para praticar, porque quase invariavelmente, você acaba querendo usar a adaga para se matar. Ou algum tipo de mau karma acontece com a pessoa. Então, o que você acha que está acontecendo lá?

CG: Estas são leis naturais universais. Se você está usando o ódio e o medo como uma ferramenta, então as leis do karma vão sempre alcançá-lo. Parece que nós sempre vemos, eu não vou mencionar nenhum nome de políticos, essas pessoas realmente maléficas, horríveis, que parecem sempre fugir de tudo, e continuam e continuam fazendo coisas horríveis e eles nunca são, aparentemente punidos. Bem, eventualmente a LEI DO KARMA vai alcançá-los algum dia, e eles vão ser atingidos com tudo de uma vez só.

DW: Mas nós também vemos eles sendo atingidos por incríveis escândalos, ou eles ficam feridos de alguma forma. Parece que eles são obrigados a estar lá para preencher uma determinada descrição do seu trabalho, mas mesmo dentro de uma única existência humana, eu não acho que eles estão tendo muita diversão.

CG: Mesmo nós, que estamos tentando trilhar o caminho positivo, se não estamos sendo desafiados, com o yin o yang, se não estamos sendo desafiados pelo lado negro – o lado mais sinistro da moeda, não estamos realmente crescendo espiritualmente. Crescemos através da adversidade. Isso deixa muitas pessoas zangadas quando você diz isso. Eles dizem “me deixe em paz, me deixe em paz, eu vou sentar em uma posição de lótus, e eu vou meditar e vou crescer. E eu vou subir muito mais rápido do que se eu estivesse em um mundo onde todas essas coisas negativas estão acontecendo comigo”. E não é bem assim que as coisas acontecem para nosso desenvolvimento.

DW: Curiosamente, os tibetanos dizem que a pior coisa que você pode fazer é sentar, meditar e ter bem-aventurança o tempo todo. Eles advertem que você pode entrar no “reino dos deuses sem concepção (DISCERNIMENTO)” e que é uma coisa muito perigosa. Uma das coisas engraçadas que eles dizem, é que se você está em uma situação de medo extremo, o medo pela sua vida sendo ameaçada, como se uma matilha de cães selvagens estivesse perseguindo você e você está correndo – que, no momento em que você está correndo dos cães, isso é o mais próximo que você pode obter, de muitas maneiras, acesso para a consciência cósmica, para ter uma completa quebra do véu de quem e o que você realmente é.

CG: Bem, você nunca está mais “no agora” e se sente mais vivo do que quando sua vida física está em grande perigo.

DW: Você acha que essa é a base do porquê eles o colocariam nestas horríveis simulações, era tentar evocar esse “anseio da alma” para buscar o eu superior ou para Deus, para preservar sua vida?

CG: É para você ter foco em estar no momento do AGORA, para se concentrar na preservação da vida e para extrair a energia interior e poder que você tem através de sua consciência; que é “construída” para ajudá-lo com a preservação da sua vida.

DW: O que você acha que está acontecendo nestes casos documentados – você não ouve sobre eles como foi muito mais predominante nos anos 70 – de uma mãe cujo filho está preso sob um carro, e ela literalmente levanta o  carro   para salvar a criança. O que você acha que está acontecendo em um caso como esse?

CG: Bem, muita gente diz que é a adrenalina, e eles fizeram testes que provam que a adrenalina tem algo a ver com isso, mas muito disso é o poder da mente agindo sobre a matéria. Mas eu digo “sobre o que é o assunto”. É sobre o poder da consciência. E nossa consciência é extremamente poderosa. E mais do que provavelmente o que está acontecendo é, nossa consciência nesse momento do AGORA está mudando o mundo físico e/ou a matéria ao nosso redor, criando a realidade, que é quando você está mudando o resultado de uma situação.

DW: Meu instrutor do programa espacial, Jacob, disse-me que aquelas pessoas que documentaram esses casos foram muitas vezes seqüestradas secretamente e testadas em segredo. E o que eles descobriram foi que essas pessoas têm algum tipo de sobrecarga energética no seu DNA, e realmente danificaram seu DNA e muitos deles morreriam dentro de alguns anos ao fazer algo assim, porque parece ter estragado seu mecanismo biológico de alguma forma.

CG: Eles gastaram toda sua energia vital em um tipo de explosão de força.

DW: Então você concorda que isso pode ser prejudicial para nós neste nível se tentarmos juntar tanta voltagem ao mesmo tempo?

CG: Se não estamos espiritualmente evoluídos o suficiente para ser capaz de lidar com isso, sim.

DW: Então há uma maneira de gerar positivamente esse tipo de conexão, para que possamos lidar com o aumento de tensão sem quebrar-nos?

CG: Bem, sim, e temos que fazer isso agora. Com … Nosso sistema solar está entrando em uma parte altamente carregada e energética da galáxia e estamos experimentando alta energia agora que está afetando a psique das pessoas ao nosso redor. É obvio.

DW: Bem, parece que as pessoas estão passando por mais estresse em menos tempo do que nunca. A vida está ficando cada vez mais difícil.

CG: E o tempo parece estar se comprimindo e acelerando. E as pessoas que estão trabalhando em si mesmas para se tornarem mais amorosas e a serviço dos outros, elevando suas vibrações e consciência, abrindo suas mentes até este tipo de informação, essas vão estar muito mais preparadas e serão muito mais capazes de viver este tipo de TRANSIÇÃO PLANETÁRIA do que aqueles que são mais EGOÍSTAS e voltados a autogratificação dos sentidos e na exploração de outras pessoas.

DW: Os nazistas alemães, você disse, foram para o Tibete e pegaram pergaminhos e pessoas que sabiam lê-los, e você disse que realmente eles tinham planos para construir “vimanas”, certo?

CG: UmHm (sim)

DW: Então, se eles estão encontrando essas culturas, onde cada pensamento é suposto que deva ser um pensamento amoroso, e que lhe dá poderes mágicos, como diabos eles conseguiram uma filosofia espiritual de magia negra no Tibete? Acho que algumas pessoas podem ter problemas para entender como isso poderia ter acontecido?

CG: Bem, eles trouxeram as suas idéias e suas crenças e usaram o conhecimento para praticar magia negra. Eles constantemente … eles corromperam o que eram até símbolos positivos (como a suástica), ensinamentos e idéias positivas, e torceram-nos e transformaram-nos em idéias negativas como bem sabemos da história que conhecemos.

DW: Então, qual seria o tipo de reação de um membro da Cabala das trevas quando ele ouve você dizer “seja mais amoroso, seja mais indulgente”?

CG: Eles vão dar gargalhadas (risos). Eles querem que estejamos sempre ansiosos, sempre temerosos e sempre nos atirando na garganta uns dos outros. Eles querem que sejamos divididos, religiões contra religiões, raças contra raças – contanto que eles possam nos manter brigando o tempo todo uns contra os outros, não estamos lutando contra eles. Eles nos dividem e nos conquistam.

White_Draco_close_up_dark-fleet

DW: Você estava pessoalmente ciente de programas sociais que foram destinados a promover esse tipo de condição na humanidade?

CG: Eu quero ter cuidado porque eles têm cooptado e usado todas as religiões que são baseadas neste princípio de muito amor que eu estou falando. Este princípio da regra de ouro, “faça aos outros o que gostaria que fizessem a você”. Eles infiltraram muitas dessas religiões, distorceram-nas e tomaram o controle delas e começaram a usá-las de maneiras detestáveis e para nos manter divididos.

DW: Bem, certamente parece que todas as principais religiões foram contaminadas em graus variados nesse sentido.

CG: MmHmm (assentimento)

DW: Acho que também estou tentando descobrir … há pessoas lá fora, estudiosos que olharam para algo como o movimento do Feminismo e disseram: “Bem, Gloria Steinem foi financiada pela Cabala e as mulheres agora ao atingir cerca de 40 Anos de idade, e percebendo uau, eu passei toda a minha vida perseguindo coisas que os homens buscam, agora eu quero ter um filho e é tarde demais “. Você acha que eles estão deliberadamente manipulando as coisas como o movimento feminista, para tentar colocar os homens e mulheres separados e assim atingir o que é a base da família?

CG: Bem, eles estão constantemente criando engenharia social, e até certo ponto, sim. Em um grau – as mulheres foram reprimidas por tanto tempo, mas em outro grau, eles interceptam os movimentos, como o das mulheres que querem ser iguais e qualquer coisa positiva que eles vêem ser criadas, eles se movem, se infiltram e distorcem.

DW: Certo.

CG: Então, eu vejo o movimento das mulheres para se tornar igual aos homens depois de todo o milênio da repressão como uma coisa boa, mas houve infiltração e distorção que tem prejudicado a causa e criou mais divisão em nossa sociedade.

DW: Você disse antes que existem 22 programas genéticos com os quais fomos criados, alterações de consciência, esse tipo de coisa. Alguns deles parecem estar nos conduzindo para sermos mais facilmente controlados.

CG: Certo.

DW: Você tem algum exemplo específico?

CG: São programas sociais, programas genéticos e programas espirituais. Esses programas espirituais também inclui eles próprios encarnando nos corpos humanos. Eles também fazem parte desse grande experimento. Eles participam muito deste grande experimento. Eles não são apenas guardiões criando e manipulando essas experiências. Eles investiram muito nesses experimentos. Mas, há uma evidência muito forte de que me foi mostrado nos Smart Glass I-Pads, que eles criaram e manipularam nossos genes para criar um “gene de Deus” onde temos uma necessidade genética, muito geneticamente orientada para adorar e seguir um líder e adorar um ser (EXTERNO) superior. E isso foi feito para nos tornar um pouco mais DÓCEIS E CONTROLÁVEIS. Estes 22 programas, eles estão funcionando em paralelo, mas alguns deles são intercambiáveis entre si. Alguns destes programas querem que nos tornemos espiritualmente mais iluminados ao crescermos em consciência, mas a maioria dos programas quer nos manter “para baixo” e nos manter espiritualmente ignorantes e sem conhecimento e desenvolvimento de nossa consciência co-criativa.

DW: Por que adorar um ser superior seria uma coisa ruim? A maioria das pessoas pensa que isso é uma coisa boa?

CG: É uma coisa boa, mas é ruim quando esses seres das trevas surgem como aquele ser superior a ser adorado, eles entram como FALSOS deuses. Não só estes ETs estão fazendo isso, mas por um longo, longo tempo, um monte de civilizações antigas da Terra vem à superfície e também fingem ser nossos deuses.

DW: O que se parece com o treinamento para obter o “corpo do arco-íris”, que você não está realmente adorando um ser divino, está se tornando consciência. Todas as coisas que eu li sobre isso diz, você reconhece a natureza da existência como um vazio que está ciente e que você se torna essa consciência vazia. Isso parece diferente de adorar algo.

CG: É. E uma das coisas que me foi dito por esses seres de densidade mais sutil, é que todos nós somos um. E isso vai junto com algo que eu costumava dizer quando era criança e que iria perturbar meus pais, que eram muito conservadores, especialmente a minha mãe. Eu diria: “Eu costumava ser você. Você costumava ser eu. Eu costumava ser vovô, vovô costumava ser eu. “E eles diriam,” isso não faz nenhum sentido cientificamente. Com o tempo, todos nós estamos todos ao mesmo tempo, como você poderia ser eu, e eu ser você? “Eu diria:” o tempo não importa; Só a experiência importa. “E eles reagiriam com “O quê? “Eu tinha apenas cinco / seis anos de idade quando disse essas coisas estranhas. E, como se verifica, é isso que esses seres de densidade mais sutil estão dizendo – que o tempo e a separação é uma ilusão, todos nós estamos fragmentados, mas todos nós somos um.

DW: Por que você pensa que no (livro) “Um Curso em Milagres”, que é semelhante à “Lei do Um”, que um de seus ensinamentos principais seria: o perdão desmorona o tempo?

CG: Eu não sei. Quando ouço “o perdão a si mesmo e o perdão aos outros para a roda do karma”, isso me diz que termina o ciclo de alguma forma. E o tempo para nós pode parecer ser cíclico, talvez haja um paralelo lá.

DW: Falamos sobre a idéia de que “o perdão desmorona o tempo” e “no perdão está a interrupção da roda do karma” – são a mesma afirmação.

CG: Sim.

DW: Esse tempo é o karma. Que a experiência de duração da vida, do tempo linear, a experiência de estar neste universo, é em si mesma uma participação em uma alma fragmentada. E que quanto mais você pode perdoar aqueles que o rodeiam, mais a sua alma está se reintegrando – daí parar o tempo, de colapsar o tempo e parar a roda do karma.

cristoealuz

CG: Quando você está perdoando os outros, você está perdoando a si mesmo. Muitas vezes, se você fez algo de errado para outra pessoa, a coisa mais difícil de fazer é perdoar a si mesmo. Perdoando-se por fazer algo horrível – e confie em mim sobre isso, eu sei – perdoar a si mesmo é o mais difícil da equação. Perdoar os outros é algo muito altruísta e libertador para se fazer por si mesmo espiritualmente. Quando você perdoa alguém, espiritualmente é muito libertador. Mas ser capaz de perdoar a si mesmo – essa é uma pílula muito difícil de engolir. É uma coisa muito difícil de se cavar profundamente dentro e fazer brilhar uma luz sobre a nossa própria escuridão.

DW: Você encontrou alguma informação por conta própria, no programa, sugerindo que o fenômeno do arco-íris é real, que isso poderia acontecer a um ser humano? Que eles poderiam se transformar em algum tipo de ser de luz?

CG: Houve informações que eu vi, que eu não prestei muita atenção, porque não era uma parte do que eu estava interessado na época – sobre as pessoas no leste ascendente.

DW: Hmm, isso estava lá?

CG: Isso estava lá, mas eu realmente não prestei muita atenção nisso na época. Claro, meus interesses mudaram agora, e isso é algo que agora eu presto muito mais atenção, mas eu não me lembro de ler nada sobre um “corpo de arco-íris” ou ver nada sobre um “corpo de arco-íris”.

DW: Você já encontrou seres que podem estar mais parecidos com esse tipo de estado, do que mais de um estado biológico?

CG: Além dos seres da esfera (Sphere Being Alliance), eu não tenho conhecimento.

DW: É possível, contudo, que possamos passar por uma transformação neste momento, em que nossas habilidades e desenvolvimento espiritual teriam uma melhoria súbita e dramática?

CG: Eu acredito que uma vez que estamos nos tornando uma civilização de transição, a transição para a 4ª densidade, dependendo de cada um de nós, onde estamos em nossa “caminhada PESSOAL”, vamos começar a despertar – as habilidades começarão a despertar em nós. E aqueles que são mais avançados terão habilidades mais elevadas. Aqueles que estão menos conscientes vão testemunhar aqueles com habilidades mais altas … mais avançados e com terem desenvolvido habilidades superiores e que vai “impulsioná-los”, porque eles saberão que é possível. Mas eu não vi nenhuma evidência “clara” sobre como isso ocorrerá. Se vai ser uma mudança repentina ou uma mudança gradual. Mas eu sinto, pessoalmente, eu sinto que vai depender do desenvolvimento pessoal de cada indivíduo e o “ponto” onde cada um esta em seu “caminho”.

DW: Bem, é realmente interessante que antes que esses monges tibetanos chegassem realmente ao corpo do arco-íris, eles já eram capazes de fazer coisas como uma corrida, onde você iria correr e pisar um pé de cada vez e se atirar a 30 pés de altura (9 metros), e voar cerca de 200/300 pés (60 a 90 metros) através do ar. Isso é chamado de “lung gom pa”. “Lung gom” é o exercício real, “Lung gom pa” é uma pessoa que pode fazer isso. Eles seriam capazes de enfiar sua mão em uma rocha e fazer uma impressão dela na rocha. Ou empurrar seu pé numa pedra e imprimir sua pegada. Assim, isso sugere que mesmo antes de se obter o “corpo do arco-íris” se consegue uma habilidade muito maior para controlar a nossa realidade e de causar impacto na matéria física circundante.

CG: E é provavelmente onde a maioria das pessoas vai chegar antes de ter “corpos de arco-íris”, na minha opinião.

DW: Tudo bem, bem, esse foi o tempo todo que tínhamos, neste episódio de Divulgação Cósmica – porque você precisa saber a verdade. Temos informações muito mais fascinantes chegando na sua próxima vez aqui. Eu sou o seu anfitrião David Wilcock e agradeço-lhe por assistir.


O medo é a emoção predominante das massas que ainda estão presas no turbilhão da negatividade da estrutura de crença da (in)consciência de massa. Medo do futuro, medo da escassez, do governo, das empresas, de outras crenças religiosas, das raças e culturas diferentes, e até mesmo medo da ira divina. Há aversão e medo daqueles que olham, pensam e agem de modo diferente (os que OUVEM e SEGUEM a sua voz interior), e acima de tudo, existe medo de MUDAR e da própria MUDANÇA.”  –  Arcanjo Miguel“


Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

MEMORANDO DE DEUS

Vejo que choras.
Teu choro atravessa a escuridão, infiltra-se pelas nuvens, mistura-se com a luz das estrelas e chega ao meu coração, na trilha de um raio de Sol.
Angustiei-me pelo grito de uma lebre estrangulada no laço de uma armadilha, um pardal caído do ninho materno, uma criança que se batia indefesa num lago, um filho que derramava seu sangue na cruz.
Sabes que te escuto. Fica em paz. Acalma-te.
Eu trago o alívio para o teu pesar, pois sei qual é a causa…e a cura.
Choras por todos os teus sonhos de infância, que desapareceram com os anos.
Choras por todo o teu amor próprio, que foi corroído pelo fracasso.
Choras por todo o teu potencial, que foi barganhado por segurança.
Choras por toda a tua individualidade, que foi pisoteada pelas multidões.
Choras por todo o teu talento, que foi desperdiçado pelo uso errado.
Encaras a ti mesmo com vergonha e te voltas, apavorado, da imagem que vês refletida na superfície da água. Quem é esse deboche de humanidade que te fita, com os olhos descorados de vergonha?
Onde está a graça dos teus modos, a beleza de tua figura, a rapidez de teus movimentos, a clareza de tua mente, a eloqüência da tua língua? Quem roubou os teus bens? A identidade do ladrão é tua conhecida, como é de mim?
Certa feita colocaste tua cabeça em um travesseiro de grama, no campo de teu pai e fitaste uma catedral de nuvens, e soubeste que todo o ouro da Babilônia seria teu, com o tempo.
Certa feita leste em muitos livros e escreveste em muitas tábuas, convencido além de qualquer dúvida de que toda a sabedoria de Salomão seria igualada e ultrapassada por ti.
E as estações transformaram-se em anos, até que tu reinasses supremo, em teu próprio jardim do paraíso.
Lembras-te de quem implantou esses planos e sonhos e sementes de esperança em ti? Não podes lembrar. Não tens recordação daquele momento, quando surgiste pela primeira vez no ventre de tua mãe e coloquei minha mão em teu cenho macio. E do segredo que cochichei em tua pequena orelha, quando leguei minhas bênçãos a ti?
Lembras-te do nosso segredo? Não podes lembrar. Os anos passados destruíram tua recordação, pois te encheram o espírito de medo, dúvida, ansiedade, remorso, ódio, e onde essas feras habitam, não há espaço para recordações alegres.
Não chores mais.
Estou contigo…este momento é a linha divisória da tua vida. Tudo que se passou antes não parece mais do que com este tempo em que dormiste dentro do ventre de tua mãe. O que é passado morreu. Que os mortos sepultem os mortos. No dia de hoje, regressas dos mortos-vivos. No dia de hoje, como Elias com o filho da viúva, eu me estendo sobre ti três vezes e voltas a viver. No dia de hoje, como Elisha com o filho do shunamita, ponho minha boca sobre a tua, meus olhos sobre os teus, minhas mãos sobre as tuas, e tua carne volta a aquecer-se.
No dia de hoje, como Jesus no túmulo de Lázaro, ordeno-te que saias, e tu sairás andando de tua caverna do destino, afim de começar a vida nova. Este é o dia do teu nascimento. Esta é a tua nova data de nascimento. Tua primeira vida, como uma peça de teatro, foi apenas ensaio. desta vez a cortina subiu. Desta vez o mundo observa, espera para aplaudir. Desta vez não fracassarás. Acende as tuas velas. Divide o teu bolo. Serve o vinho. Tu renascestes.
Como uma borboleta saída da crisálida, voarás…tão alto quanto quiseres e nem as vespas, nem as libélulas, nem os louva-a-deus da humanidade obstruirão tua missão ou tua procura pelas verdadeiras riquezas da vida.
Sente minha mão em tua cabeça. escuta minha sabedoria. Deixa-me partilhar contigo, mais uma vez, o segredo que ouviste ao nascer e esqueceste. “És o meu maior milagre”. És o maior milagre do mundo.
Foram estas as primeiras palavras que ouviste. Depois, choraste. Todos choram.
Não acreditaste em mim, nessa ocasião…e nada aconteceu, nos anos decorridos, para corrigir tua descrença. pois como podias ser um milagre, quando te consideras um fracasso nas tarefas mais comuns? Como podes ser um milagre, quando tens pouca confiança ao lidar com as mais banais responsabilidades? Como podes ser um milagre, quando te achas acorrentado pela dívida e ficas acordado, atormentado, para saber de onde virá o pão de amanhã?
Basta.
O leite derramado azedou. Mesmo assim, quantos profetas, quantos homens sábios, quantos poetas, quantos artistas, quantos compositores, quantos cientistas, quantos filósofos e mensageiros enviei com a mensagem de tua divindade, teu potencial para a divindade e os segredos da realização? Como foi que os trataste?
Ainda assim eu te amo e estou contigo agora, por meio destas palavras, afim de cumprir o profeta que anunciou que o Senhor voltará a por a mão pela Segunda vez, afim de recuperar o resto de sua gente.
Eu recoloquei a minha mão.
Esta é a Segunda vez.
Tu és o que me resta.
De nada adianta perguntar; não soubeste, não ouviste, não te foi contado desde o início, não o compreendeste, desde os fundamentos da Terra?
Tu não soubeste; não ouviste; não compreendeste.
A ti foi dito que és uma divindade em disfarce, um deus se fazendo de tolo. A ti foi dito que és uma obra especial, nobre na razão, infinita em faculdades, precisa e admirável em forma e movimentando-se como um anjo, como um deus na apreensão. A ti foi dito que és o sal da terra.
Recebeste o segredo até mesmo de mover as montanhas, executar o impossível.
Não acreditaste em ninguém. Queimaste o teu mapa da felicidade, abandonaste teu direito à paz de espírito, apagaste as velas que haviam sido colocadas ao longo de tua trilha destinada de glória; depois cambaleaste, te perdeste e te assustaste na escuridão da futilidade e autocomiseração, até tombares em um inferno da tua própria criação.
Depois choraste, bateste no peito e amaldiçoaste a sorte que te havia sido dada. Tu te recusaste a aceitar as conseqüências de teus próprios pensamentos mesquinhos, feitos indolentes, e procuraste um bode expiatório, para a ele incriminar por teu fracasso. Com que rapidez o descobriste…
Tu me incriminaste, a mim! Gritaste que tuas deficiências, tua mediocridade, tua falta de oportunidade, teus fracassos…eram a vontade de Deus.
Estavas errado! Examinemos. Vamos, antes, relacionar as tuas deficiências, pois como posso pedir-te que construas uma vida nova, se não tiveres as ferramentas?
És cego?
O Sol se ergue e se põe sem que o vejas? Não. Podes ver…e os cem milhões de receptores que coloquei em teus olhos capacitam-te a desfrutar a mágica de uma folha, um floco de neve, um lago, uma águia, uma criança, uma nuvem, uma estrela, uma rosa, um arco íris…e a expressão do amor. Conta uma benção.
És surdo?
Pode uma criança rir ou chorar sem que escutes? Não. Tu ouves…e as vinte e quatro mil fibras que coloquei em cada um de teus ouvidos vibram com o vento nas árvores, as ondas que se desmancham nas rochas, a majestade de uma ópera, a súplica de um pássaro, crianças brincando…e as palavras eu te amo. Conta outra benção.
És mudo?
Teus lábios se movem e só emitem saliva? Não podes falar…como nenhuma outra de minhas criaturas, e tuas palavras podem acalmar os raivosos, animar os desanimados, encaminhar o desalentado, alegrar os infelizes, aquecer os solitários, louvar os dignos, encorajar os derrotados, ensinar os ignorantes…e dizer eu te amo”. Conta outra benção.
És paralítico?
Tua forma inerme esbulha a terra? Não. Tu podes mover-te. Não és uma árvore condenada a um local enquanto o vento e o mundo abusam de ti. Podes espreguiçar-te, comer dançar e trabalhar, pois dentro de ti coloquei quinhentos músculos, duzentos ossos e sete milhas de fibras nervosas, todos sincronizados por mim, afim de fazerem o que queiras. Conta outra benção.
Não és amado e não amas?
A solidão te engolfa, noite e dia? Não, não é mais assim. Pois agora conheces o segredo do amor, que, para se receber deve ser dado sem qualquer idéia de retribuição. Amar para obter realização, satisfação ou orgulho não é amor. Amar é um bem pelo qual não se exige retribuição alguma. Agora sabes que amar sem egoísmo constitui sua própria recompensa.E mesmo que o amor não seja retribuído, não se perde, pois voltará a ti e abrandará e purificará o teu coração. Conta outra benção. Conta duas vezes.
O teu coração está abalado? Ele vaza e se esforça para manter a tua vida? Não. teu coração é forte. Toca em teu peito e sente o teu ritmo, pulsando, na hora, dia e noite, trinta e seis milhões de batidas a cada ano, ano após ano, adormecido ou desperto, bombeando teu sangue por mais de sessenta mil milhas de veias, artérias e capilares…bombeando mais de seiscentos mil galões por ano. O homem nunca criou máquina assim. Conta outra benção.
Estás com doenças de pele? As pessoas se voltam e fogem apavoradas à tua aproximação?
Não. Tua pele está limpa, é uma maravilha da criação, precisando apenas que a trates com sabão, óleo, escova e cuidados. Com o tempo, o mais forte dos metais se desgastará com o uso, mas não essa camada que constituí em volta de ti. Ela se renova constantemente, as células antigas substituídas pelas novas, exatamente como o ser antigo que és tu, te vês agora substituído pelo novo. Conta outra benção.
Teus pulmões estão poluídos? O alento da vida luta para entrar em teu corpo? Não. Tuas portinholas para a vida sustentam-te até nos mais conspurcados ambientes de tua própria feitura e sempre trabalham para filtrar o oxigênio que dá a vida, enquanto livram teu corpo de detritos gasosos. Conta outra benção.
Teu sangue está envenenado? Acha-se diluído em água e pus? Não. Dentro de 5 litros de sangue encontram-se 22 trilhões de células sanguíneas e dentro de cada célula encontram-se milhões de moléculas, e dentro de cada molécula há átomos oscilando mais de 10 milhões de vezes por segundo. A cada segundo, 2 milhões de tuas células sanguíneas morrem, sendo substituídas por outros dois milhões, em uma ressurreição que prossegue desde o teu primeiro nascimento. Conta outra benção.
És deficiente mental? Já não podes pensar por ti próprio? Não. Teu cérebro é a estrutura mais complexa do universo. Eu sei. Dentro de seu um quilo, existem 13 bilhões de células nervosas, número três vezes maior que o de pessoas em tua Terra. para ajudar-te a guardar cada percepção, cada som, cada sabor, cada cheiro, cada ato que vivenciastes desde o dia do teu nascimento, eu implantei, dentro de tuas células, mais de mil milhões de moléculas de proteínas. Cada incidente em tua vida está ali, esperando apenas a tua chamada. e para auxiliar teu cérebro no controle do teu corpo, eu espalhei, por toda a tua forma, quatro milhões de estruturas sensíveis à dor, quinhentos mil detectores de tato e mais duzentos mil detectores de temperatura. Nenhum ouro de nação alguma se acha melhor protegido do que tu.
Nenhuma de tuas amigas maravilhosas é melhor do que tu.
Tu és a minha melhor criação.
Dentro de ti existe energia atômica suficiente para destruir qualquer das grandes cidades do mundo e…reconstruí-la.
És pobre? Não existe ouro ou prata em tua bolsa? Não. Tu és rico! Juntos acabamos de contar a tua riqueza. Examina a lista. Volta a contá-la. Calcula os teus bens!
Por que te traíste, a ti próprio? Por que afirmaste, aos gritos, que todas as bênçãos da humanidade te haviam sido tiradas? Por que te enganaste a ti próprio, afirmando que estavas impotente para modificar a tua vida? Estás destituído de talento, sentidos, capacidades, prazeres, instintos, sensações e orgulho? Estás destituído de esperança? Por que te encolhes nas sombras, um gigante derrotado, esperando apenas um transporte para o vazio bem-vindo e a umidade do inferno?
Tu tens tanto! Tuas bênçãos transbordam em tua taça…e tu não deste atenção a elas , como uma criança mimada e no luxo, pois eu as conferi a ti com generosidade e regularidade.
Responde-me. responde a ti mesmo. Que homem , rico, velho e doente, fraco e indefeso, não trocaria todo o ouro em seu cofre pelas tuas bênçãos, a que deste tão pouca importância?
Toma conhecimento, então, do primeiro segredo da felicidade e êxito; o de que possuís, agora mesmo, todas as bênçãos necessárias para alcançares grande glória. Elas são o teu tesouro, tuas ferramentas com que construir, a começar de hoje, o alicerce para uma vida nova e melhor. Assim sendo, eu te digo, conta minhas bênçãos e já sabes que és minha maior criação. esta é a primeira lei a que deves obedecer, afim de executares o maior milagre do mundo, o regresso da tua humanidade vinda da morte viva.
E sê reconhecido por tuas lições aprendidas na pobreza. Pois não é pobre aquele que tem pouco, mas aquele que deseja muito…e a verdadeira segurança não está nas coisas que se possui, mas nas coisas sem as quais não se pode viver.
Onde estão as deficiências que produziram teu fracasso? Existiam apenas em tua mente. Conta as tuas bênçãos.
E a Segunda lei é como a primeira, proclama tua raridade. Tu te condenaste a um refugo de olaria e lá estavas, incapaz de perdoar o teu próprio fracasso, a te destruir com ódio o ti mesmo, auto-recriminações e revolta por teus crimes contra ti mesmo e outros. Não estás perplexo? Não te espantas com o motivo pelo qual posso perdoar teus fracassos, tuas transgressões, teus modos deploráveis…quando tu não podes perdoar a ti próprio?
Eu te falo agora por 3 motivos. Precisas de mim. Não és um em uma manada que marcha para a destruição em massa parda de mediocridade. E…tu és uma grande raridade.
Examina uma pintura de Rembrandt, um bronze de Degas, um violino de Stradivarius ou uma obra de Shakespeare. Eles tem grande valor por 2 motivos: seus criadores foram mestres e são poucos em número. No entanto, existem mais do que um de cada um deles. Por esse raciocínio, tu és o tesouro mais valioso da face da Terra, pois tu sabes quem te criou e existe apenas um de ti. Nunca, em todos os 70 bilhões de seres humanos que caminham neste planeta desde o início dos tempos, houve alguém exatamente igual a ti. Nunca, até o fim dos tempos, haverá outro tal como és.
Tu não demonstraste conhecimento ou apreciação por tua singularidade. No entanto, tu és a coisa mais rara do mundo.
De teu pai, em seu momento de amor supremo, fluíram inúmeras sementes de amor, mais de quatrocentos milhões em número. Todas elas, ao nadarem dentro de tua mãe, perderam o ânimo e morreram. Todas, menos uma! E essa eras tu. E começaste uma vida nova. A tua vida. Tu chegastes, trazendo contigo, como faz toda criança, a mensagem de que eu ainda não estava desanimado do homem. Duas células agora unidas em milagre. Com todas as combinações à minha ordem, iniciando-se com aquele espermatozóide isolado de seu pai, um de quatrocentos milhões, passando pelas centenas de genes em cada um dos cromossomos de tua mãe. Eu poderia ter criado trezentos mil milhões de seres humanos, cada qual diferente do outro.
Mas, a quem eu criei? A ti! Um único. O mais raro dos raros. Um tesouro sem preço, dotado de qualidades mentais, de fala e movimento, aparência e atos, como nenhum outro já existiu, existe ou existirá. Porque te avaliaste em centavos , quando vales todo o tesouro de um rei? Porque ouviste aqueles que te diminuíam…e, muito pior, porque acreditaste neles?
Escuta. Não esconda mais tua raridade na escuridão. Trazei-a à luz. Mostra ao mundo. Esforça-te para não caminhar como o teu irmão caminha, nem falar como teu líder fala, nem trabalhar como trabalha o medíocre. Jamais faça como o outro. Nunca imites. Pois nunca sabes se vais imitar o mal, e aquele que imita o mal sempre vai além do exemplo estabelecido, enquanto que aquele que imita o que é bom, sempre fica aquém disso. Não imites ninguém. Sê tu próprio.
Esta é portanto, a Segunda lei. Proclama a tua raridade. E agora recebeste duas leis. Conta tuas bênçãos. Proclama tua raridade. Não tens deficiências. Não és medíocre. Obriga-te a sorrir. Reconhece como te enganaste a ti mesmo. Que me dizes da tua própria queixa? A oportunidade nunca te procura?
Escuta, e ela passará a te procurar, pois agora eu te dou a lei do êxito em todos os empreendimentos. Há muitos séculos, esta lei foi dada a teus antepassados, do cimo de uma montanha. Alguns ouviram a lei, e vê, sua vida preencheu-se com os frutos da felicidade, realização, ouro e paz de espírito. A maioria não deu ouvidos, pois procurava meios mágicos, caminhos dévios, ou esperou pelo demônio chamado sorte para que lhe entregasse as riquezas da vida. Esperou em vão…assim como tu esperaste, e depois chorou, como tu choraste, atribuindo sua falta de sorte à minha vontade.
A lei é simples. Jovem ou velho, indigente ou rei, negro ou branco, homem ou mulher…todos podem utilizar o segredo com vantagem, pois, de todas as regras e discursos e escrituras de êxito e como alcança-la, apenas um método jamais falhou…quem quer que te obrigue acompanhá-lo por uma milha…acompanha-o por duas.
Esta, portanto é a terceira lei…o segredo que produzirá riquezas e aclamações além dos teus sonhos…Anda mais uma milha!
O único meio certo de êxito é prestar mais e melhor serviço do que esperam de ti, não importa qual seja tua tarefa. Este é um hábito seguido por todas as pessoas vitoriosas, desde o início dos tempos. Assim sendo, eu te mostro o caminho mais certo para te condenares à mediocridade, qual seja executares apenas o trabalho pelo qual és pago.
Não creias que estás sendo tapeado, se entregares mais do que a prata que recebes. Pois existe um pêndulo para toda a vida, e o suor que entregas, se não for recompensado hoje, voltará amanhã duplicado. O medíocre nunca anda mais de uma milha, pois deixa de ver o motivo pelo qual deve tapear a si próprio, ao que acredita. Mas tu não és medíocre. Andar mais uma milha é privilégio do qual deves te apropriar por tua própria iniciativa. Não podes, não deves evitá-lo. É negligenciar, fazer apenas tão pouco quanto os outros, e a responsabilidade por teu fracasso será apenas tua.
Não podes mais prestar serviços sem receber compensação justa do que podes impedir a prestação deles sem sofrer a perda da recompensa. Causa e efeito, meios e fins, dementes e fruta não podem ser separados. O efeito já floresce na causa, o fim preexiste no meio, e a fruta está sempre na semente.
Anda mais uma milha.
Não te preocupes, caso venhas a servir a um senhor ingrato. Serve-o mais.
E em vez dele, que seja eu quem se encontra em tua dívida, pois então saberás que cada minuto, cada gesto de serviço a mais será pago. E não te preocupes, caso tua recompensa não venha logo. Quanto mais tempo retarda o pagamento, melhor para ti…e juros compostos sobre juros compostos são o maior benefício dessa lei.
Não podes ordenar o êxito, apenas o podes merecer…e agora conheces o grande segredo necessário para merecer a sua recompensa rara.
Anda mais uma milha!
Onde está esse campo do qual tu gritaste, choraste, dizendo que não havia oportunidade? Olha! Olha ao redor. Vê onde ainda ontem espojavas nos detritos da autocomiseração, agora caminhas bem ereto, sobre um tapete de ouro. Nada mudou, apenas tu, ms tu és tudo.
Tu és meu maior milagre. Tu és o maior milagre do mundo. E, agora, as leis da felicidade e êxito são três. Conta tuas bênçãos! Proclama tua raridade! Anda mais uma milha!
Sê paciente com o teu progresso. Contar tuas bênçãos com gratidão, proclamar tua raridade com orgulho, percorrer mais uma milha e depois outra, tais atos não são realizados ao piscar de um olho. No entanto, aquilo que adquires com mais dificuldade é que reténs por mais tempo; como aqueles que adquiriram uma fortuna são mais cuidadosos com ela do que aqueles aos quais ela chegou por herança. E não receies ao ingressares em tua vida nova. Cada aquisição nobre é acompanhada por seus riscos. Aquele que receia encontrar-se com uma não deve contar obter a outra. Agora sabes que és um milagre.
E não existe medo em um milagre.
Orgulha-te. Não és o capricho momentâneo de um criador descuidado, fazendo experiências no laboratório da vida. Não és o escravo de forças que não podes compreender. Não és a manifestação livre de nenhuma outra força senão a minha, de nenhum outro amor senão o meu. Foste feito com um intuito.
Sente minha mão. Ouve minhas palavras. Precisas de mim… e eu preciso de ti. Temos um mundo a reconstruir…e se tal requer um milagre, o que é isso para nós? Ambos somos milagres, e agora temos um ao outro.
Nunca perdi a fé em ti, desde aquele dia em que primeiro te fiz de uma onda gigantesca e te atirei, indefeso, sobre as areias. Em tua medida de tempo, tal ocorreu há mais de quinhentos milhões de anos. Muitos foram os modelos, muitas as formas, muitas as dimensões, até que eu atingisse a perfeição em ti.
Não fiz qualquer outro esforço para aperfeiçoar-te em todos esses anos.
Pois como se poderia aperfeiçoar um milagre? Tu eras uma maravilha a contemplar e eu me satisfiz. Dei-te este mundo e o domínio sobre ele. Dei-te o poder de imaginar. Depois, afim de te capacitar a alcançar teu pleno potencial, coloquei minha mão em ti, mais uma vez e dotei-te de poderes desconhecidos a qualquer outra criatura do Universo, até o dia de hoje.
Dei-te o poder de pensar. Dei-te o poder de amar. Dei-te o poder de querer. Dei-te o poder de rir. Dei-te o poder de imaginar. Dei-te o poder de criar. Dei-te o poder de planejar. Dei-te o poder de falar. Dei-te o poder de orar.
Meu orgulho em ti não conheceu limites. Eras minha criação suprema, meu milagre maior. Um ser vivo completo, criatura que pode ajustar-se a qualquer clima, a qualquer vicissitude, a qualquer desafio. Criatura que pode cuidar de seu próprio destino sem qualquer interferência minha. Criatura que pode traduzir uma sensação ou percepção, não por instinto, mas por pensamento e deliberação, levando-a a qualquer ato que fosse melhor para ela e para toda a humanidade. Assim chegamos à Quarta Lei de êxito e felicidade…pois eu te dei um poder mais, poder tão grande que nem mesmo meus anjos o possuíam…Eu te dei…poder de escolher. Com este Dom, coloquei-te acima atá mesmo dos meus anjos…pois os anjos não tem a liberdade de escolher o pecado. Dei-te o controle completo sobre o teu destino. Eu te disse para determinares, por ti próprio, tua própria natureza, de acordo com tua própria vontade livre. Nem divino, nem terreno em natureza, estavas livre para modelar-te na forma que preferisses. Tinhas o poder de escolher a degeneração para formas mais baixas de vida, mas também tinhas o poder, pelo juízo de tua alma, de renascer nas formas mais elevadas, que são divinas. Nunca retirei o teu grande poder, o poder de escolher. O que fizeste com esta força tremenda? Olha para ti mesmo. Pensa nas escolhas que fizeste em tua vida e lembra, agora, aqueles momentos amargos em que cairias de joelhos se, ao menos, tivesses a oportunidade de voltar a escolher. O que passou, passou…e agora, tu conheces a Quarta grande lei da felicidade e êxito…usa com sabedoria o poder da tua escolha.
Escolhe amar…em vez de odiar.
Escolhe rir…em vez de chorar.
Escolhe criar…em vez de destruir.
Escolhe perseverar…em vez de desistir.
Escolhe louvar…em vez de difamar.
Escolhe curar…em vez de ferir.
Escolhe dar…em vez de roubar.
Escolhe agir…em vez de lamentar.
Escolhe crescer…em vez de apodrecer.
Escolhe orar…em vez de amaldiçoar.
Escolhe viver…em vez de morrer.
Agora sabes que teus infortúnios não foram a minha vontade, pois todo o poder estava depositado em ti, e o acúmulo de feitos e pensamentos que te colocaram no refugo da humanidade foram tua obra, não minha. Meus dons de poder foram grandes demais para tua natureza pequena. Agora tu te tornaste alto, sábio, e os frutos da terra serão teus. És mais do que um ser humano. És capaz de grandes maravilhas. Teu potencial é ilimitado. Quem mais, entre minhas criaturas, conquistou o fogo? Quem mais, entre minhas criaturas, conquistou a gravidade, perfurou os céus, dominou a doença e a pestilência e a seca? Nunca mais voltes a te diminuir! nuca mais te conformes com as migalhas da vida! Nunca mais escondas teus talentos, a partir deste dia! Lembra-te da criança que diz: “quando eu for grande…” Mas o que é isso? Pois o menino grande diz: “Quando eu crescer…” E quando crescido, , ele diz: “Quando eu me casar…” Mas estar casado, o que é isto, afinal? O pensamento transforma-se então para: “Quando eu me aposentar…” E então, chega a aposentadoria, e ele lança o olhar sobre a paisagem que atravessou; o vento frio sopra sobre ele e, de algum modo, ele perdeu tudo aquilo, e o que queria desapareceu. Desfruta este dia, hoje…e amanhã, amanhã. Executaste o maior milagre do mundo. Voltaste de uma morte viva. Não mais sentirás autocomiseração, e cada dia será um desafio e uma alegria. Tu renasceste…mas, exatamente como antes, podes escolher o fracasso e o desalento, ou o êxito e a felicidade. A escolha é tua. A escolha é exclusivamente tua. Eu só posso observar como antes…com satisfação…ou pesar. Lembra-te, então, das quatro leis da felicidade e êxito.
Conta tuas bênçãos.
Proclama tua raridade.
Anda mais uma milha.
Usa sabiamente o teu poder de escolha.
E mais uma, para completar as quatro outras. Faz todas as coisas com amor…amor por ti próprio, amor por todos os outros, amor por mim. Enxuga tuas lágrimas. Estende a mão, apanha a minha, põe-te ereto. Deixa-me retirar as mortalhas sepulcrais que te envolviam. Neste dia, foste notificado.
TU ÉS O MAIOR MILAGRE DO MUNDO!

(FONTE: Livro: “O maior milagre do mundo”, de Og Mandino)

ENCONTRE A LUZ NA ESCURIDÃO E A CLAREZA NA CONFUSÃO. Os Arcturianos e os Pleiadianos através de Suzanne Lie.

  • Postado por Celia em 9 julho 2018

luz na escuridão

Os Arcturianos e os Pleiadianos através de Suzanne Lie

9 de Julho de 2018

Caros Arcturianos

Por favor, ajude-nos, os membros da “equipe da Terra”, bem como todos os outros que estão atualmente usando um corpo terrestre físico, para encontrar a LUZ na Escuridão e CLAREZA na confusão.

Parece para muitos de nós, Galácticos, que atualmente estamos usando um corpo humano, que algo está muito próximo. Algumas vezes pensamos que sabemos o que é, mas, então, o caos e as mentiras que nos cercam tomam conta e voltamos ao modo de sobrevivência.

No entanto, nós NÃO escolhemos ter este corpo terrestre durante este AGORA de grande transição para “ficarmos perdidos”.

Ao invés disso, nós viemos aqui durante este AGORA para lembrarmos o que se perdeu, lembrarmos onde e quando o perdemos, e o mais importante, lembrarmos quem realmente somos, de modo que possamos realmente “encontrar” e “nos tornarmos” o humano galáctico multidimensional que sempre fomos – mas que esquecemos!

Sim, muitos de nós somos seres humanos galácticos. O que esse termo significa é que somos inatamente galácticos da quinta dimensão. Nosso eu pleiadiano galáctico parece bastante humano. Portanto, muitas vezes assumimos esse componente do nosso EU Multidimensional como um “corpo da terra”, enquanto na nossa “jornada de dever para com Gaia”.

Além disso, os Pleiadianos, que se parecem muito com os humanos, mas suas mentes e corações são muito mais evoluídos. A mente Pleiadiana está usando 100% de sua capacidade, enquanto a mente humana está funcionando em níveis muito mais baixos de capacidade.

No entanto, nós, a sua Família Galáctica, estamos felizes em ver que mais e mais seres humanos estão começando a expandir suas sinapses neurais para incluir mais e mais do seu potencial cerebral inato.

Nós, os Arcturianos e toda a sua Família Galáctica, estamos felizes em ver que mais e mais da nossa “equipe visitante da Terra” estão despertando do sono mental e emocional que os ultrapassa quando eles deixam seu amado Lar de quinta dimensão e se juntam a um “equipe” para a Terra da terceira dimensão.

Percebemos que o desafio mais difícil da nossa Missão é lembrar-nos do nosso verdadeiro EU e NÃO nos perdermos nas ilusões, medos e mentiras que estão em grande abundância dentro da sua frequência de habitação na terceira dimensão.

Desejamos que você saiba que é nosso Objetivo de Longo Prazo elevar toda a habitação da Terra da terceira dimensão para a quarta dimensão. Vemos que a terceira dimensão é uma frequência muito baixa para sustentar o retorno ao Lar de nossa equipe visitante.

Portanto, em vez de termos uma vida inteira para aprendermos sobre a frequência da terceira dimensão da realidade, para que possamos ajudar melhor aqueles que ficaram presos nessa frequência, muitos de nossa equipe visitante também se viram presos ali.

Como eles / nós ficamos presos?” Ouvimos sua consciência nos perguntando. Estamos felizes por você ter feito essa pergunta, pois é por meio das perguntas que você irá se “lembrar” das respostas. Dizemos “lembrar-se”,pois você tem aquelas respostas já armazenadas em seu cérebro de dimensão superior e dentro de seu Coração Superior, que está logo acima de seu coração físico.

É ao fazer as perguntas e buscar as respostas que você se “lembra do seu verdadeiro Eu Multidimensional”. Por outro lado, quando você se perde nos muitos desafios de usar um corpo terrestre de terceira dimensão, você se esquece do seu verdadeiro EU e se torna “apenas” humano.

Quando você é “apenas humano”, seu campo perceptual se reduz a apenas à terceira dimensão. Isso ocorre porque quando você está apenas consciente do corpo terrestre humano que envolve sua Consciência Multidimensional inata, você se esquece de sua consciência expandida e fica preso nas muitas ilusões que existem na terceira dimensão.

Gostariamos de definir o termo “ilusão”. De acordo com o seu dicionário, as ilusões são uma impressão, mal-entendido, magia, engano, equívoco, prestidigitação e / ou falsas impressões. Você também define a ilusão como algo com aparência enganosa, uma ideia falsa, o poder enganador das aparências e percepções sensoriais equivocadas.

De acordo com a sua definição tridimensional de ilusão, existem muitas, muitas formas de ilusão na sua realidade que podem mantê-lo confuso e distraído da profunda verdade interior de que TODOS têm acesso ao caminho dos 98% não utilizados do cérebro humano.

Queremos dizer-lhe tudo do que você pode estar ciente ativamente e usar uma porcentagem muito maior do seu cérebro, mas você precisará expandir sua consciência para abranger seus aspectos inatos de quarta e quinta dimensões do seu EU.

Mas como você, a fim de ter um emprego para ganhar dinheiro para sobreviver, pagar suas muitas contas, passar pelas doenças comuns, cuidar de sua família e da casa etc. etc., encontra o “tempo” para descobrir o caminho “que acessa os 98% não utilizados do seu cérebro?

A primeira resposta que lhe damos é conectar-se com as expressões de maior frequência do seu EU Multidimensional. Sim, TODOS os seres humanos têm um “EU MULTIDIMENSIONAL”. No entanto, muitas pessoas não têm acesso às suas expressões de dimensões mais elevadas do EU, pois estão ocupadas demais se movendo através de sua vida de terceira dimensão.

Em outras palavras, todos vocês têm um imenso potencial dentro do seu próprio cérebro. Mas a maioria da humanidade não sabe como aproveitar esse imenso poder do cérebro. É como dirigir um carro de luxo que tem cinco níveis de desempenho e você permanece na primeira ou segunda marcha.

Por que vocês, membros da humanidade, optariam por conduzir sua vida em primeira e / ou segunda marcha? A resposta é, porque as “engrenagens” mais elevadas são invisíveis às suas percepções de terceira dimensão.

Portanto, a resposta à sua busca por mais poder, mais alegria, mais intelecto, mais sabedoria e até mesmo a capacidade de amar mais profundamente, está em suas próprias porções não utilizadas do “centro de controle de seu corpo”, seu cérebro.

Mas como isso ocorreu? Como poderia a humanidade, que parece estar em um estado mais elevado de evolução, esquecer suas próprias habilidades de dimensões superiores? A resposta é que, porque aqueles que queriam manter o poder SOBRE os humanos, os animais, as plantas e todo o planeta, “educaram-no” para se esquecer do seu verdadeiro EU Multidimensional.

Quantos de seus “livros de texto” falam sobre o EU Multidimensional inato da humanidade. De fato, quantas pessoas, até mesmo pensaram que VOCÊ é um ser multidimensional que está usando uma porcentagem muito pequena do seu potencial inato.

A lavagem cerebral foi muito bem sucedida. Mas, quem foi que fez a lavagem cerebral em humanos para usar APENAS uma pequena porcentagem de seu poder inato? A resposta a essa pergunta remonta muito à história da humanidade, quando o grupo Poder sobre os Outros da humanidade começou a ultrapassar o grupo Poder no Grupo da humanidade.

Na verdade, o grupo Poder sobre os Outros não é governado pela humanidade, mas muitos humanos se perderam em suas promessas, que na verdade são mentiras e ilusões. Essas mentiras e ilusões começaram há muitos milênios, e antes, quando invasores dos planetas do “poder sobre os outros” vieram à Terra para capturar a grande abundância de ouro de Gaia, assim como os escravos humanos.

Muitos “humanos modernos” se esqueceram desta “história”, ou nunca souberam disto. No entanto, remanescentes desses primórdios ainda existem na “Terra moderna”. É por essa razão que os membros da Família Galáctica da humanidade entraram em sua realidade presente para lembrá-lo de seu verdadeiro EU Multidimensional.

Seu Eu Multidimensional está desperto e ciente de muitos mundos e experiências de dimensões superiores. No entanto, o eu da terceira dimensão da humanidade, que são os seres humanos usando corpos terrestres da terceira dimensão, esqueceu-se principalmente de suas expressões de dimensões superiores do EU, e estão SOMENTE usando uma porcentagem muito pequena de suas habilidades inatas.

Essas habilidades inatas são controladas pelo cérebro, que é a “torre de controle para o corpo físico”. No entanto, esses poderes superiores foram desligados e / ou esquecidos. Como e por que esses maravilhosos poderes multidimensionais seriam desligados? A resposta é simples.

Enquanto um humano tem acesso e usa todo o seu potencial cerebral. eles não são controláveis! Eles estão em completo controle de si mesmos porque estão em contato total com sua Família Galáctica, assim como TODAS as outras encarnações nas quais se lembraram de despertar e expandir sua consciência para abranger seu verdadeiro EU Multidimensional.

Infelizmente, a memória dessas vidas totalmente despertas está armazenada nos aspectos de dimensões mais elevadas do seu cérebro, pois sua velocidade sináptica confundiria muito, e até mesmo causaria medo, nos humanos que ainda não se ofereceram para despertar seus potenciais de dimensões superiores.

Geralmente, esses potenciais de dimensões superiores foram completamente esquecidos nos desafios cotidianos da “vida na terceira dimensão”. Também houve uma enorme quantidade de lavagem cerebral que ocorreu sob o comando do poder sobre os outros grupos.

Esse poder sobre os outros grupos veio à Terra há muito tempo para “dominar o planeta”. Infelizmente, eles foram bem-sucedidos em seu empreendimento, o que trouxe milênios após milênios de sofrimento com o poder nos grupos.

Então, como poderia o poder sobre os outros ultrapassar o poder dentro dos grupos? A resposta é que é muito mais fácil ter poder do que encontrar, desenvolver e viver através do poder interior. Geração após geração de pessoas amorosas, gentis, artísticas e amantes da paz foram surpreendidas e destruídas por aqueles que viveram através do poder sobre os outros.

Por que isso aconteceu? Inicialmente, aconteceu porque os Venusianos bondosos, amorosos, artísticos e evoluídos, de Vênus, e os brutais guerreiros de Marte, ambos queriam a jóia da Terra. Como Vênus estava e está focada no amor, na beleza, na cura, no cuidado e no aprendizado, e Marte se baseava em “tirar dos outros antes que eles tirassem de você”, os dois planetas desenvolveram sociedades muito diferentes.

Entre essas duas sociedades planetárias muito diferentes, estava a Terra. Portanto, muitos venusianos escolheram encarnar na Terra e muitos marcianos escolheram, também, encarnar na Terra.

Quando Vênus e Marte foram separados por um grande espaço, assim como o sistema planetário da Terra, Vênus e Marte não interagiram entre si. No entanto, quando tanto Vênus quanto Marte viajaram, e até escolheram viver na Terra, os problemas começaram.

Quando Vênus, que era uma realidade baseada na beleza, amor, evolução e poder interior, ficou frente a frente com Marte, que era uma realidade baseada em combate, guerra e poder sobre os outros, as duas culturas muito divergentes se depararam com o grande desafio de viver com aqueles que tinham sistemas operacionais muito diferentes.

Infelizmente, o planeta Gaia (muitas vezes chamado de Terra) era onde essas duas sociedades muito divergentes, que se consideravam cada vez mais como Terráqueas, tiveram suas discordâncias, que muitas vezes se transformaram em guerras.

É claro que o poder robusto sobre as outras sociedades e as gentis sociedades de poder interior, e os humanos tiveram muitas guerras na Terra, assim como uma vez tiveram guerras no espaço. “Então, quando estas guerras terminarão?” Nós o ouvimos perguntar. Nossa resposta é que a guerra é muitas vezes parte de um planeta de terceira dimensão.

Porque as batalhas constantes trazidas pelos marcianos na Terra fizeram com que os outrora amorosos e artísticos venusianos da Terra se tornassem mais duros e menos artísticos. Foi então que a Terra de Gaia foi a que sofreu.

Quando é que o conceito de “poder” não será mais polarizado em poder sobre, ou poder interior, para se tornar um campo de energia de “Poder para a Mudança”. Esta mudança pode ser uma escolha para todos os habitantes da Terra de Gaia.

Então, aqueles que desejam desenvolver seu próprio Poder Interior podem direcionar esse poder para curar Gaia para que Ela possa começar seu processo do poder da ascensão na quinta dimensão.

A única solução para o conflito de Gaia é elevar-se acima de Seu sistema operacional de PODER SOBRE versus PODER INTERIOR de terceira e quarta dimensões, para entrar em seu processo de ASCENSÃO de quinta dimensão!

Mas, pode a humanidade “abaixar suas espadas” e olhar para o céu para ver que nós, suas próprias expressões do próprio Eu Multidimensional, ESTAMOS AQUI em seu AGORA para ajudar Gaia e a TODOS os seus habitantes a transmutarem para as suas expressões de quinta dimensão!

Para encerrar, desejamos compartilhar muitas das definições de transmutação em seu dicionário, que são: Mudança, transformar um elemento em outro, conversão em ouro (o que tem grande valor), alteração, metamorfose e conversão, bem como uma definição que desejamos usar: despertar o conhecimento e memórias que estão armazenados nos 98% não usados ​​do seu próprio cérebro humano.

Vocês, os membros da humanidade, estão usando geralmente 2% das informações e habilidades que estão Agora dentro do seu próprio cérebro humano. É através da expansão da sua própria consciência pessoal que você será capaz de se conectar com o seu próprio Eu Superior, que o esteve iluminando intensamente em todas as encarnações que você já assumiu.

A diferença com essa realidade é que nós, sua Família Galáctica dos Pleiadianos e dos Arcturianos, bem como os Venusianos, escolhemos ajudar a querida Gaia planetária. Note que dissemos “ajudar a Gaia planetária”.

Precisamos lhe contar agora: a vida que você envia ao seu mundo é a vida que retornará a você. No entanto, quanto mais você se aproximar de seu retorno / ascensão ao seu Mundo Natal, à Nave ou à Freqüência da Realidade, mais iniciações você assumirá.

Voltaremos a falar com você sobre “Iniciações para a Ascensão”.

Bênçãos

Sua Família Galáctica

Suzanne Lie

http://suzanneliephd.blogspot.com

Tradução: Regina Drumond -reginamadrumond@yahoo.com.br

FONTE: http://anjodeluz.ning.com/profiles/blog/show?id=867289%3ABlogPost%3A4372950&xgs=1&xg_source=msg_share_post

GIGANTESCA ESPAÇONAVE ESTACIONADA NO LIMITE DO SISTEMA SOLAR ?

Posted by Thoth3126 on 13/07/2018

ESPAÇONAVE

Poderia uma enorme espaçonave  Interestelar Alienígena estar estacionada nos limites do sistema solar?

A distante localização do bizarro objeto, em formato de ampulheta encontrado no Cinturão de Kuiper, girando como uma hélice, enquanto orbita o sol, nos limites do sistema solar, de acordo com um astrônomo da Queens University de Belfast, Irlanda.” [EuroPlanet]. O objeto se move em movimento rotacional como se fosse algum tipo de imensa espaçonave estelar.

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@protonmail.ch

NA DISTANTE REGIÃO DOS LIMITES EXTERNOS DO SISTEMA SOLAR CONHECIDA COMO CINTURÃO DE KUIPER, UM ESTRANHO OBJETO SE MOVE EM MOVIMENTO ROTACIONAL COMO SE FOSSE UMA ESPAÇONAVE ALIENÍGENA INTERESTELAR GIGANTE EM FORMA DE AMPULHETA (ABANDONADA?).

Fonte: http://www.europlanet-eu.org e http://beforeitsnews.com

A seguir analisamos o que esse estranho objeto poderia ser: 

A localização distante do bizarro objeto, em formato de ampulheta encontrado no Cinturão de Kuiper, girando como uma hélice, enquanto orbita o sol, de acordo com um astrônomo da Queens University de Belfast, Irlanda.” [EuroPlanet]

 

O Cinturão de Kuiper (Kuiper’s Belt), também chamado Cinturão de Edgeworth ou Cinturão de Edgeworth-Kuiper, é uma área limítrofe do sistema solar que se estende desde a órbita de Netuno (a 30 UA do Sol) até 50 UA do Sol. Os objetos do cinturão de Kuiper são comumente chamados de KBO (Kuiper belt object). A origem do cinturão de Kuiper é incerta, mas acredita-se que seus objetos são remanescentes da nebulosa protossolar que deu origem ao Sistema solar, ao Sol e aos planetas. 

KBOs são rochas congeladas contendo metano, amônia e água com tamanhos que podem variar de 100 a 1000 km, com alguns maiores que isto. Estima-se que no passado eram maiores e mais numerosos, mas interações com os planetas (principalmente Netuno) e colisões mútuas acabaram por expulsar boa parte deles, seja em direção ao Sol ou aos planetas internos, como Júpiter, seja para regiões externas do Sistema Solar, para região da Nuvem de Oort.

Poderia ser sucata Celestial 

Existem várias evidências de exploração extraterrestre encontradas em larga escala no sistema solar, desde a nossa Lua e Marte até Saturno. Artefatos na nossa Lua, Marte e em sua Lua Phobos foram descobertos,  fotografados  e analizados. A própria Terra possui artefatos remanescentes de estruturas alienígenas em regiões proibidas e localizações remotas do planeta , e outras completamente visíveis nas proximidades de pirâmides ou em planícies suavemente onduladas.

Às vezes, o Sistema Solar parece se assemelhar a um ferro-velho alienígena se alastrando.[See Before It’s News “Famous Egyptologist: Great Pyramid Contains Something Unworldly”]

Um famoso astrofísico argumentou que a lua Phobos, uma lua de Marte, poderia ser uma nave espacial gigante.  Ele encontrou evidências de que ela seria oca e teorizou que o pequeno planetoide Phobos realmente seria uma nave espacial muito avançada de outra parte da galáxia.

(n.t. A lua marciana Phobos, é um dos dois maiores pedaços que restaram do planeta MALDEK, e que hoje é usada como uma base subterrânea pelos próprios maldequianosSaiba mais em: http://thoth3126.com.br/category/maldek/)

Deimos, a outra lua de Marte, também poderia ser uma nave espacial em órbita do planeta Marte, ele escreveu. [See Before It’s News “Astrophysicist: Giant spaceships are orbiting Mars”]

Mas agora outro exemplo de tecnologia alienígena antiga pode ter sido encontrado  nos limites do sistema solar. Este objeto esta em uma órbita muito além de Plutão e Netuno, orbitando o Sol, desde a periferia do Sistema Solar, no espaço frio, profundo e escuro.

A sua estranha forma externa, o movimento rotacional e o seu tamanho sugere  que mãos estranhas hábeis e inteligentes a construíram incontáveis  eons (milhões de anos…) atrás. Criaturas extraterrestres inteligentes e fantásticas muito mais avançadas do que o homem atual pode ter estabelecido uma órbita distante da nossa estrela solitária para explorar todas as maravilhas do sistema, incluindo a antiga (e atual) Terra.

Uma verdadeira ninhada de artefatos alienígenas abundam nas luas e planetas do Sistema Solar. Objetos estranhos, estruturas artificiais anomalias estranhas eles parecem estar em toda parte. Relatórios afirmam que um astronauta “literalmente” quase tropeçou em algumas estruturas anômalas situadas em nossa Lua, os astrônomos se engasgam com fotos que se parecem com cidades destruídas, empregados da NASA são acionados quando eles discutem as cidades alienígenas encontradas no lado oculto da nossa lua, lá na superfície lunar. [See Before It’s News NASA Whistleblower: Alien Moon Cities Exist]

Apesar da avalanche de evidências – e muito mais provas parecem estar se acumulando a cada ano que passa -, mais e mais especialistas, mantem os olhos voltados para as fotos, analisando relatórios e testemunhos. Parece que ignorá-los está se tornando cada vez mais difícil de se fazê-lo.[See at  Alien Base Found At Chinese Pyramid]

Textos antigos de pesquisa e evidências de contato com alienígenas, criaturas das estrelas, e não “monstros” extraterrestres, relatos de deuses dos céus, e outros viajantes celestes aparecem por toda parte em todas as culturas. Alguns supostos antigos textos religiosos indianos discutem o assunto com naturalidade em relação aos homens das estrelas (e sua tecnologia).

Outras culturas, como os sumérios gravaram como a eles foram ensinados os rudimentos de agricultura e deoutras tecnologias básicas para se criar uma civilização, por criaturas alienígenas (e astronomia avançada). Alguns respiraram o ar da Terra, outros usavam roupas especiais de pressão e capacetes.

Algum tempo, o Sistema Solar poderia ter estado  repleto de espaçonaves de exploração, orbitando a Terra, explorando Marte, Vênus e outros planetas, com a construção de colônias científicas. A pesquisa pode ter acontecido durante milhares de anos. Pode ainda estar acontecendo agora, em nossos dias… Quem sabe …


Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e a citação das fontes.

www.thoth3126.com.br