BANCO MUNDIALL: EX-EXECUTIVA DENUNCIA ELITE GLOBAL

Posted by Thoth3126 on 09/06/2018

Ex-executiva e jurista do Banco Mundial revela como uma pequena elite global domina o mundo através do sistema financeiro internacional

Karen Hudes é graduada da Yale University – Law School, e doutorada como Bacharel em Economia na University of Amsterdam, trabalhou no departamento jurídico do Banco Mundial durante 20 anos. Como uma ‘Top consultora jurídica’, ela tinha posição e tem informações suficientes para obter uma visão geral de como a elite (n.t. – sionistas khazares, nazistas, bilderberg, illuminati, nobreza negra europeia, etc…) domina o mundo. 

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Ex-executiva e advogada do Banco Mundial revela como uma pequena elite global domina o mundo através do sistema financeiro internacional

Fonte: http://actualidad.rt.com/

Assim, o que ela conta não é apenas mais uma ”teoria da conspiração”, de algum maluco qualquer.

De acordo com essa especialista em direito internacional, citada por agências por expor a realidade, a elite tem usado um núcleo firme de instituições financeiras globais e grandes corporações para dominar o planeta. 

Citando um estudo suíço explosivo publicado em 2011 na revista Plos One sobre a existência de uma estrutura em rede de controle de grandes corporações e conglomerados transnacionais  que afeta a concorrência no mercado mundial e a estabilidade financeira global. Saiba mais aqui: http://thoth3126.com.br

KAREN HUGES

O controle corporativo global dessa rede, afirmou Karen Hudes, que um pequeno grupo de empresas, instituições financeiras e na maior parte dos bancos centrais dos países chamados de primeiro mundo (membros do G-8), têm enorme influência na economia internacional através dos bastidores. 

O que está realmente acontecendo é que os recursos do mundo estão sendo dominados por esse seleto e pequeno grupo”, disse a especialista com experiência de 20 anos dentro do Banco Mundial, acrescentando que eles são os “ladrões corruptos no poder”. Eles TAMBÉM dominam e controlam todos os principais meios de comunicação.

Eles foram autorizados a fazê-lo”, disse ela. mencionado um estudo suíço sobre o assunto, que foi conduzido por uma equipe do Instituto Federal Suíço de Tecnologia de Zurique. Os pesquisadores estudaram a relação entre 37 milhões de empresas e investidores em todo o mundo e descobriram que há uma “super entidade” de apenas 147  empresas muito unidas e que detém o controle de 40% dessas megacorporações que controla  toda a economia mundial.  

Mas as elites globais não só controlam estas megacorporações. Segundo Hudes, eles também controlam e dominam organizações governamentais e assim, controlam as finanças de quase todas as nações do planeta. Estas organizações são o Banco Mundial, o FMI e os bancos centrais de todos os países, como o Federal Reserve dos EUA, que controlam toda a impressão de dinheiro dos EUA e também controlam a sua circulação internacional. 

Na área de ALIMENTOS o quadro é ainda MUITO PIOR, pois apenas DEZ (10) GRANDES EMPRESAS controlam o mercado GLOBAL. Saiba mais em:

  1. http://thoth3126.com.br/apenas-dez-grandes-companhias-controlam-a-industria-de-alimentos-no-mundo/

  2. http://thoth3126.com.br/nestle-nega-que-a-agua-seja-um-direito-humano-fundamental/

Nos EUA, na produção e distribuição de notícias e entretenimento (TV e cinemas) SÃO APENAS SEIS (06) GRANDES GRUPOS QUE DETÊM O CONTROLE DA INFORMAÇÃO.

BIS – O “BANCO CENTRAL” dos bancos centrais

O ápice desse intrincado sistema é o Banco de Compensações Internacionais (BIS). O Banco central dos bancos centrais com sede na Suiça.”Uma organização internacional  imensamente poderosa de que a maioria nem sequer ouviu falar, mas que secretamente controla a emissão de moeda em todo o mundo. Essa organização se chama BIS [Banco de Compensações Internacionais], e é o banco central dos bancos centrais.

Localizado em Basileia, na Suíça, mas tem filiais em Hong Kong e Cidade do México. “É essencialmente um banco central do mundo financeiro, com imunidade completa de impostos e (…) sobre as leis internacionais. Hoje, 58 bancos centrais mundiais são pertencentes ao BIS, e tem muito mais poder na economia dos Estados Unidos (ou na economia de qualquer país) do que qualquer político, jurista ou governante.

A cada dois meses, os banqueiros centrais se reúnem em Basileia para “Reunião de Cúpula da Economia Mundial ‘. Durante essas reuniões, decisões que afetam cada homem, mulher e criança no planeta são feitas, e nenhum de nós tem uma palavra a dizer no que é decidido por essa elite. O Banco de Compensações Internacionais é uma organização que foi fundada pela elite global, que opera em benefício dos mesmos, cujo principal objetivo é ser um dos pilares do sistema financeiro global unificado que vai ser IMPLANTADO.”

 Segundo Hudes, a principal ferramenta para escravizar nações inteiras e governos é a DÍVIDA. “Eles querem que sejamos todos  e cada qual ser humano vivo no planeta, escravos de dívidas, querem ver todos os nossos governos e países escravos da dívida, e querem que todos os nossos políticos sejam viciados em contribuições financeiras gigantes que eles precisam canalizar para suas (seus bolsos,ops…) campanhas. 

Como essa elite também é dona de todas as grandes corporações de mídia do planeta, e assim controla a informação, eles nunca são revelar o segredo de que há algo, FUNDAMENTALMENTE errado com a maneira DE COMO o nosso sistema financeiro mundial funciona”, disse ela.

A verdade é o único caminho. Colocar uma luz sobre esta situação, expô-los abertamente. Eles não gostam de estar no centro das atenções. Temos de criar transparência no setor bancário e em todos os níveis da sociedade humana.


 SE ME PERMITIREM IMPRIMIR E CONTROLAR O DINHEIRO DE UMA NAÇÃO, EU NÃO ME IMPORTO COM QUEM ESCREVE, COM QUEM FAZ ÀS SUAS LEIS” – Amschel Mayer Rothschild


Acautelai-vos, que ninguém vos engane; Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos. E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim. Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares. Mas todas estas coisas são o princípio das dores”. –  Mateus 24:4-8


Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.