Kial ni ĉiuj devus lerni esperanton?  Tio estas pure matematika problemo. 

 
 

Jean-Marie Jacques

24 de fevereiro

La sekvantaj pripensoj estas inspiritaj al mi de freŝdata elsendo de RTBF Radio (Belgia Franclingva Radio) dum kiu la prezentisto intervjuis, dum tempo kiu ŝajnis al mi senfina, anglalingvan interparolantinon. Li do devis meti demandon en la franca por la geaŭskultantoj, ĝin traduki en la anglan por la interparolantino, aŭskulti la anglalingvan respondon kaj traduki tiun-ĉi en la francan, kaj tiel plu! Mi multe nervoziĝis konstatante ke 50% de la antena tempo (kaj kosto) estis malŝparita (same kiel 50% de la tempo de la geaŭskultantoj!). Pli bona solvo trudiĝas.

En la tuta mondo, nune (2017-2018), laŭ Wikipedia(1), proksimume 372 milionoj da personoj denaske parolas la anglan kaj 611 milionoj ĝin parolas kiel duan lingvon, kio konsistigas 983 milionoj da «angloparolantoj». Ni eĉ akceptu la 600 milionojn kiuj ĝin lernis kiel «fremdan lingvon» en lernejo (eĉ se multaj el ili, kiel mi, fine ne kapablas vere konversacii kun unu el la 983 milionoj da veraj angloparolantoj). En tiuj kondiĉoj, estus do en la mondo 1583 milionoj da anglo-parolantoj (personoj kiuj ne plu bezonus lerni la anglan se tiu-ĉi estus adoptita kiel nuran internacian lingvon).
Plue laŭ Wikipedia (2), en 2017, la monda loĝantaro estus nun 7550 milionoj da homoj.
Parenteze rimarku, ke estas false diri ke «per la angla oni iras ĉien», ĉar ĝi estas komprenata proksimume nur de 1 persono el 5 ( la situacio estante, verdire, tre malsama laŭ tio ĉu la vizitata lando estas «anglalingva» aŭ ne!).

Se la anglan oni trudus kiel universalan lingvon, 7550 – 1583 = 5967 milionoj da personoj devus ĝin lerni.
Se esperanton (laŭdire – eĉ se erare – parolatan de «neniu») oni trudus kiel universalan lingvon, ĝin oni devus instrui al 7550 milionoj da homoj.

Oni ĝenerale konsideras ke nececas, meznombre, 1000 horojn por lerni la anglan kaj 200 horojn por atingi la saman nivelon en esperanto.

Necesus do, por solvi la lingvan problemon, devigante ĉiujn lerni
la anglan: 5967 milionojn oble 1000 horoj = 5967 miliardojn da horoj
esperanton: 7550 milionojn oble 200 horoj = 1510 miliardojn da horoj (kvarono de la tempo necesa por la angla), tio estas gajno por la homaro da 4457 miliardoj da horoj aŭ gajno da 590 horoj (aŭ proksimume 15 semajnoj da laboro) por ĉiu homo…

4457 miliards da horoj gajnitaj: chu vi imagis la valoron de esperanto?

(1) https://fr.wikipedia.org/wiki/
(2) 
https://fr.wikipedia.org/wiki

FONTO: https://mail.google.com/mail/u/0/#inbox/161c8a9356b7987e

SINCRONICIDADE – 22 ONDAS DE ENERGIA EM 2018


OS FARÓIS DE LUZ
LEMBRETES DO LAR
Através de Steve Rother
20 de Fevereiro de 2018

Saudações, queridos.

Eu Sou o Cientista do Coração.

Eu me uni a vocês neste dia com um propósito muito especial: dizer-lhes um pouco sobre o que está lhes acontecendo, aos seus corpos físicos, ao seu espírito, a próxima conexão. Colocamos também nossas cinco palavras a tempo. Aproveitem. É um novo jogo. Prontos? Vamos nos unir a vocês e compartilhar um pouco sobre o que está ocorrendo em toda parte no planeta Terra.

22 ONDAS DE ENERGIA

Houve um aumento de energia recentemente e com isto novas oportunidades. Essa é uma onda de energia que está acontecendo no seu planeta agora. No ano passado, nós dissemos que havia quatro ondas que estavam chegando para colocar em movimento grandes mudanças. A maioria de vocês sentiu as quatro ondas. Bem, agora dizemos que irá ser um pouco mais do que isso.

Na verdade, não há quatro ondas distintas, há mais como 22 ondas e, elas vêm uma logo após a outra, algumas delas estarão até se sobrepondo de várias maneiras, então, há muitas mudanças ocorrendo no seu planeta agora, e isso é emocionante para nós. Isso é exatamente onde vocês queriam estar e parte do motivo que vocês encarnaram em seu planeta neste momento. Então, deixem-nos falar sobre algumas das coisas divertidas que estão ocorrendo.

MOVENDO-SE PARA A UNIDADE

E o mais importante ainda: a sua fisiologia está mudando. Sua biologia está começando a mudar para o que chamamos de uma trilogia. Muito simples. A biologia é o espírito e o ser físico associados. O que vemos acontecer é que vocês estão incorporando muito mais a conexão global entre vocês. E agora que os seres humanos estão em uma realidade de quinta dimensão, a consciência de unidade está aqui e pode ser experimentada de uma nova maneira.

Agora, há muita resistência àquilo que é parte da razão pela qual vocês estão com tanta separação em seu planeta agora. As pessoas estão sentindo isso e, claro, muitos estão se rebelando contra isso porque isto é desconfortável para muitos. De repente, vocês percebem que não têm mais segredos e isto ameaça muitas pessoas. Muitas pessoas gostam de ter a individualidade que fazia parte de todo o processo de fingir estar separado. Para permitir que vocês encontrem a sua individualidade, sua expressão única do espírito.

Assim, à medida que a energia começa a unir, as pessoas sentem que estão perdendo isso e há uma grande reação em muitos lugares do planeta para isso agora. Há também muitos seres que, literalmente, estão promovendo e propagando isso para seus próprios propósitos pessoais, por isso, procurem por isso e saibam que a unidade é o processo para o que vocês estão se movendo, mesmo que suas notícias não pareçam mostrar isso ou refletir dessa forma . Há tantas coisas que acontecem, queridos. É surpreendente.

Agora, no planeta Terra, os seres humanos estão lidando com um vírus da gripe que passou por quase todos os países. Honrem isso pelo que é, queridos. E mesmo que isso termine muito em breve, também dizemos que esse vírus da gripe literalmente eliminou um nível de resistência para muitos e, na verdade, ajudou muitos a dar o próximo passo, uma vez que ele limpou.

Agora vai demorar um pouco para finalmente liberar o planeta Terra e este é um dos piores que vocês tiveram em muitos, muitos anos, em diferentes partes do mundo. Ele se propagou muito rapidamente. Nós também dizemos que serviu a um propósito e esse propósito é literalmente o de arejar e começar a encarar uma nova maneira de se ver como um espírito que finge ser um humano. Comemorem aqueles que tiveram que experimentá-lo e até mesmo morreram devido aos seus efeitos.

O Guardião (canalizador) se esqueceu de tirar o relógio. Vamos garantir que isso aconteça agora.
(Eles deixaram cair o meu relógio no chão sem que eu o tocasse.)

ELEVANDO O SEU PONTO DE PERCEPÇÃO

Vamos lhes dizer como isto irá afetá-los porque o que está ocorrendo é que os seres humanos estão formando uma nova fisiologia. Ela pode manter mais luz e isto é parte do que este vírus fez, que circulou de tantas maneiras e atingiu tantas pessoas tão fortemente. Ele abriu a porta para liberar estas restrições. Isto facilitará uma conexão mais próxima e as pessoas começarão a sentir muito mais do que antes.

Agora muitos que são empáticos declaram limites que nunca foram uma forte parte do seu ser. Foi difícil saber onde vocês começaram e onde outra pessoa terminou. Isto pode parecer um pouco pior no início porque vocês começarão a sentir as outras pessoas de maneiras que não sentiam. Agora, isto também é bom para muitos que são de vibração menos elevada. Nós também lhes dizemos que os seres de vibração inferior estão começando a ver mais.

A maneira mais fácil de encarar isto é quando vocês elevam a sua vibração quase como se estivessem elevando o seu ponto de percepção e quando vocês obtêm um ponto de percepção muito elevado, vocês podem ver mais. Pode-se ver mais o que está ocorrendo e o que está por trás dos eventos. Pode-se ver agora como as coisas estão sendo manipuladas e isto é uma coisa boa.

Agora, há muita mudança, muitas coisas que terão de ser descobertas e muitas frustrações que muitas pessoas experienciam enquanto isto ocorre. Mas isto já está acontecendo. Isto é de onde o “eu também” e os movimentos do tempo estão vindo. Todos estão começando a ver as coisas da maneira que elas realmente são, em vez de todas as ilusões que foram colocadas no lugar.

O SENTIDO DO ESPAÇO/TEMPO

Queridos, vocês têm muitos outros sentidos do que os cinco sentidos. Vários sentidos novos começarão a evoluir agora que vocês aterrissaram e estão evoluindo na realidade da quinta dimensão. Assim, vamos explicar um deles em particular, porque isto pode ser muito confuso no início.

Um deles é simplesmente o seu sentido do espaço. Nós o chamamos de tempo/espaço porque os dois são parte um do outro. Se vocês encararem isto como uma onda em espiral, que estamos falando do tempo da quinta dimensão como uma espiral, se vocês o medirem de cima para baixo é o tempo; se o medirem lado a lado é o espaço. Assim, os dois estão ligados de uma maneira muito intrínseca.

Vocês têm uma percepção do tempo/espaço em seu corpo físico. Vocês não estão cientes disto, porque vocês não têm palavras para descrevê-lo. A maneira mais fácil que podemos lhes falar sobre isto é que vocês têm sentidos de perceber a energia que vocês realmente não descreviam antes. Se vocês estão em uma sala e alguém chega atrás de vocês e vocês não podem vê-lo, vocês estão olhando para outro lado e de repente ele levanta a sua mão, ele envia energia, e, talvez, ele esteja olhando para você com amor ou ódio – de qualquer maneira não faz qualquer diferença.

De repente, vocês sentem algo e se viram, olham e vêem alguém parado atrás de vocês. Este é um sentido de tempo/espaço que estará evoluindo muito ao longo dos próximos três a quatro anos. E, sim, vocês verão desafios, porque as pessoas não estão acostumadas a ter este nível de sensibilidade. Até mesmo os empáticos aumentarão em seu planeta.

Nós lhes dizemos que vocês não estão acostumados a ter estes sentidos aperfeiçoados de forma acentuada, onde vocês podem sentir as coisas ao seu redor acontecendo no tempo/espaço. À medida que isto evolui, seria perfeitamente possível que vocês estivessem em uma casa sozinhos e de repente, vocês pudessem se virar e se sintonizar para descobrir se alguém estava em casa, mesmo em uma sala diferente. Vocês podem agora realmente trazer estes sentidos ao próximo nível.

Haverá três a quatro sentidos que serão trabalhados neste ano. Agora, aquele do qual falamos, um sentido do tempo/espaço estará evoluindo ao longo de vários anos. Mas vocês começarão a ver novas coisas ocorrendo. Agora vocês têm todas as dimensões de tempo ao redor de vocês. Vocês não estão sozinhos.

Há 11 de vocês tendo experiências diferentes, fazendo escolhas diferentes, tendo energias diferentes trabalhadas através delas, e aprendendo coisas diferentes e vocês estiveram separados durante todo este tempo. Isto é parte do jogo. Vocês queriam evoluir o seu espírito, evoluir a sua personalidade da melhor maneira que podiam. Então, vocês escondem um pouquinho de sua perfeição em cada uma destas dimensões do tempo e do espaço.

DIMENSIONALIDADE INDIVIDUAL

Agora, para cada uma destas, está a dimensionalidade individual da qual falamos quando nos referimos à dimensionalidade – não a terceira, quarta e quinta dimensões que são dimensões coletivas, mas a dimensionalidade individual que os divide em 11 vocês diferentes.

As paredes entre a dimensionalidade estão começando a diminuir muito, muito mais do que vocês já pensaram ser possível. Agora vocês foram capazes de sentir as emoções passarem por estas paredes. Emoções são magnéticas. Se vocês vêem a onda eletromagnética como uma espiral, se vocês a medirem verticalmente, ela é elétrica. Se a medirem horizontalmente, é magnética. A elétrica se relaciona com a sua cabeça e a magnética se relaciona com o seu coração.

Assim, vocês estiveram sentindo coisas de suas outras dimensões do tempo e espaço porque estas porções magnéticas da onda passam por estas paredes com muita facilidade agora. Assim, se vocês tiverem um dos seus seres dimensionais que está tendo uma dificuldade, que, de repente, teve um desafio, de repente, teve uma interação de vida que lhes trouxe ao medo. Vocês estão sujeitos a subitamente sentir isto e ainda que nada em sua própria realidade os levasse a fazer isto, de repente, vocês são capazes de assimilar isto.

Isto pode ser muito desafiador porque faz com que vocês duvidem de si mesmos. Por favor, queridos, este é um dos maiores desafios em seu planeta. Vocês estão se tornando criadores conscientes. Assim, o que acontece quando um criador consciente duvida de si mesmo? Ele entra em uma espiral descendente. Ele literalmente cria o que ele está pensando, assim sejam cuidadosos com o que colocam nesta máquina de criação e em que acreditam aqui, porque estes dois agora estão criando uma nova realidade para vocês que se move muito rapidamente.

Agora, as suas paredes dimensionais estiveram trazendo as suas ondas magnéticas e o que lhes dizemos agora é que em breve vocês começarão também a receber as ondas elétricas através destas paredes. Isto é novo. Isto não aconteceu antes. Então, o que isto significa? Isto significa que vocês podem receber ideias.

Isto significa que vocês podem externar os seus problemas e deixá-los ir, e, de repente, vocês podem atrair uma ideia de uma de suas outras experiências multidimensionais. Isto é importante porque lhes dá acesso a sua perfeição. Nós lhes dizemos, queridos, no Planeta Terra, tudo deve ser imperfeito, isto faz parte do jogo. A perfeição não pode existir aqui e, de fato, suas pequenas imperfeições são a base do que vocês chamam de beleza. Nós retornaremos a isto em outro momento.

ACESSO ÀS EXPERIÊNCIAS DE TODAS AS SUAS DIMENSÕES NO TEMPO E ESPAÇO

Suponham que vocês estão trabalhando em um problema que pode ser todos os problemas divertidos que vocês experienciam como um ser humano. Pode ser um dos seus problemas de dinheiro. Oh, sim, este é um dos favoritos. As pessoas perguntam sobre os desafios de dinheiro ou de relacionamentos que são partes muito diferentes e, de repente, vocês continuam atingindo esta parede de tijolos. E se vocês pudessem colocar isto em movimento?

Nós iremos lhes mostrar como fazer isto – como colocá-lo em movimento e liberá-lo. Em alguns dias, vocês terão um pensamento, terão uma ideia, terão algo sobre o qual não tinham pensado antes porque estão enviando este chamado a todas as suas dimensões do tempo e espaço. E agora, por causa da elevação da humanidade, por causa de tudo o que está ocorrendo na quinta dimensão, esta porção da parede também está diminuindo.

Tenham em mente o que falamos desta espiral antes – magnética e elétrica. Bem, é quase como se as paredes tivessem pequenas fendas nelas que estavam nas laterais e por elas somente passassem as ondas magnéticas. Agora, elas estão começando a afinar completamente, deixando passar as porções elétricas de frequência mais elevada da onda, também.

Isto significa que quando vocês estão pensando em algo e atingem um beco sem saída, vocês podem externá-lo para as outras partes de vocês e em 72 horas, vocês receberão uma resposta, terão uma ideia, um pensamento, uma nova maneira de encarar as coisas. Vocês começarão a ver possibilidades. Isto é novo.

Agora, no início, haverá muito disto. Haverá pessoas surgindo com suas grandes ideias e todos as estarão manifestando. Mas as suas ideias serão para vocês, primeiro. Algumas delas serão aplicáveis a todos no Planeta Terra e algumas, não. Cabe a vocês discernir qual é qual. Mas, nós lhes dizemos, quando vocês vêm à Terra, vocês são um ser perfeito, mas devem dividir esta perfeição, desde que nada perfeito pode estar aqui.

Vocês escondem um pouco de sua perfeição em uma experiência e um pouco dela em outra. Parece que vocês não são muito bons nisto. Como vocês chamam a isto? Vocês o chamam de sugar algo. Bem, aqui, vocês são terríveis nisto. Mas isto geralmente significa que vocês atingem esta perfeição e esta outra parte de vocês em outra dimensão de sua própria experiência.

Assim, ainda que vocês tivessem estes 11 seres caminhando, alguns deles no mesmo espaço em seu planeta, vocês nunca se verão. É magneticamente impossível vocês encontrarem estas pessoas. No entanto, vocês podem agora começar a acessar ideias. Vocês podem agora começar a acessar um pouco do processo ao redor da parte elétrica do cérebro que vocês não foram capazes de obter antes.

As paredes entre as suas realidades dimensionais estão afinando e isto é novo. Esperamos ansiosamente para ver como vocês trabalharão com isto, como trarão isto. Nós também lhes dizemos que há maneiras de enviar a energia com muita facilidade e abordaremos algumas delas.

Algumas delas estão surgindo no que chamaremos de Emissão da Luz para lhes mostrar o processo de emissão da Luz e como criar o chamado perfeito para que o universo traga as suas respostas. Mas agora lhes dizemos, não é apenas o universo, são os seus outros eus e a perfeição total de quem vocês são, que podem agora acessar cada parte de sua realidade dimensional e isto é novo. E não podemos esperar para ver o que farão com isto.

Nós os amamos, queridos. Observamos tudo com que lutam e trabalham. Estamos aqui para abrir portas para vocês e ajudamos a lembrá-los quem vocês são e os deixamos com três lembretes simples: Tratem-se com respeito, cuidem-se sempre que possível e joguem bem juntos.

Eu Sou o Cientista do Coração.


Espavo.

INSTANTES CÓSMICOS
Sua Vibração de Assinatura

Saudações, queridos.

Eu sou eM. Uno-me a vocês neste dia para trazer uma mensagem de esperança, para ajudá-los a entender o que está ocorrendo em seu próprio corpo físico, porque as mudanças estão próximas. Vocês estão avançando, literalmente, elevando-se, não apenas de maneira vibratória, mas física, também. Vocês estão se movendo para um ponto em que podem começar a manter mais luz em seu corpo.

Estes são tempos críticos na Terra, queridos. Vocês se colocaram aqui, neste momento, porque levam algo muito importante para estas energias através das quais estão se movendo. Vocês levam um elemento fundamental e são parte de tudo o que existe, destas mudanças que estão ocorrendo na Terra agora. Vamos abordar o que está acontecendo no corpo físico.

Se vocês olharem para as suas notícias e os eventos que estão acontecendo globalmente em sua Terra, verão que há um grande equilíbrio do masculino e do feminino. Esta é a razão que eu, como uma entidade equilibrada, posso compartilhar com vocês esta mensagem de esperança e de alegria. Sim, realmente vocês, enquanto elevam o véu, estão começando a ver além das limitações e das ilusões do planeta Terra e de um período de tempo na humanidade.

Estão começando a compreender mais sobre isto, à medida que avançam e se tornam mais familiarizados com a realidade da quinta dimensão e com os novos atributos que vêm com isto. O Cientista do Coração também falou sobre como o corpo físico está mudando e eu desejo continuar este processo, contando-lhes um pouco sobre o que é possível.

SEMENTES DE LUZ

Queridos, vocês já estiveram aqui antes. Vocês sabiam que estavam vindo para a Terra e plantaram sementes ao longo do caminho. Agora, o que é necessário para nutrir estas sementes? Às vezes, é simplesmente uma ativação e, outras vezes, é algo que acontece que lembra quem vocês realmente são.

Vocês podem estar dirigindo pela estrada e verem um sinal ao lado da estrada que lembra algo, por causa de como as palavras são usadas em conjunto, ou, talvez, algum símbolo que desencadeou uma lembrança profunda. Estes são exatamente os tipos de coisas que vocês colocaram em seu próprio caminho antes de chegarem aqui. Estas são as sementes plantadas profundamente em seu espírito que podem ajudar com a ativação.

Seu trabalho é procurar estas sincronicidades, descobrir o que chamamos de momentos cósmicos que verificam o seu eu verdadeiro. Pode ser palavras que vocês leem ou um tom que ouvem, que, de repente, atinge o seu coração como verdade. Pedimos que quando isto acontecer, fechem o seu livro por apenas um momento e realmente inspirem isto em seu ser.

Permitam que a energia realmente se instale em quem vocês são e emane de vocês. Por que? Porque isto abre a sua casca metamórfica e permite mais luz do que vocês já consideraram ser possível. Todos vocês estão entrando no corpo de luz, se assim o escolherem. Este é o processo que está ocorrendo lentamente na Terra e há muitos aspectos disto que se abriram. Queridos, as sincronicidades estão em todo lugar, se começarem a procurar.

Agora, há uma parte interessante sobre isso. Uma vez que vocês encontrem um destes momentos cósmicos e ele apareça em sua vida, é mais provável que procurem em outro lugar e vejam outro. É como se vocês estivessem se sintonizando para ver essas coisas que vocês plantaram e reconhecessem os gatilhos, o que permitirá que vocês entrem no próximo nível de sua própria energia e luz.

Estes são mágicos e estão literalmente em todo o planeta Terra. Então, observem estes momentos cósmicos e coloque-os em vocês mesmos. Saibam que vocês também podem colocá-los nas pessoas ao seu redor. Embora vocês não saibam necessariamente o que pode desencadeá-los, podem encorajá-los a encontrar estes por eles mesmos.

UM ESTILO DE VIDA DE SINCRONICIDADE

Queridos, há não muito tempo, muitos de vocês começaram a perceber os números mestres. Às vezes, vocês viam 10, 10, 10 ou 11,11, ou, talvez, vocês olhavam no relógio e viam 9, 11 ou 9, 9, 9. Estes são gatilhos.

Agora, o que isto significa?

Bem, talvez, eles sempre estiveram lá, mas vocês simplesmente não os perceberam antes. Se considerarem a forma como o tempo é mantido, especialmente nos Estados Unidos, estes números aparecem em seu relógio duas vezes por dia, portanto, não é necessariamente sincronizado. Entretanto, considerem o que os faz olhar para o relógio, exatamente no momento preciso. É o seu espírito se sintonizando com as sincronicidades ao seu redor, vivendo um estilo de vida sincronizado.

Vocês estão aprendendo a viver de uma maneira completamente diferente, o que é possível para cada um de vocês porque vocês estão na luz. Vocês aprenderam como fazer isto repetidamente. Queridos, nós lhes dizemos que a magia está chegando e vocês aprenderão a ser mágicos com estes momentos cósmicos. Vocês aprenderão como interpretar o espírito e a confiar em seu canal de uma forma diferente. Sim, algumas destas validações estarão em todos os lugares para vocês verem.

Nos próximos meses, vocês verão muitas destas sincronicidades e momentos cósmicos. Saibam que eles estão aqui para reafirmar que vocês estão no caminho certo. E se vocês não os estiverem vendo, mantenham abertos os seus olhos e observem. No momento em que verem o primeiro, tenham a opção de duvidar ou não.

Vocês podem dizer: “Oh, isto é apenas a minha imaginação. Estou imaginando algo novamente.” Ou vocês podem considerá-lo como um toque do Espírito, do outro lado do véu, um lembrete para vocês prestarem atenção, porque é assim que conversamos com vocês, queridos. Nem sempre lhes dizemos com tantas palavras o que está por vir. Muitas vezes, simplesmente plantamos as sementes de uma ideia com vocês e lhes pedimos que a deixem crescer.

Então, observamos como vocês a nutrem, como a evoluem para algo muito mágico, bem além do que vocês poderiam ter feito de outra maneira. As sementes de luz estão com vocês agora e o seu espírito tem muitas destas que vocês estão recordando. A partir de um nível físico, como o Cientista do Coração disse, há muito acontecendo no Planeta Terra agora com uma tremenda quantidade de limpeza dos níveis físicos.

Vocês estão quase do outro lado disto e verão a continuação deste processo. Mas vamos explicar uma parte disto que pode ser útil saber, à medida que avançam, especialmente quando começam a procurar estas sincronicidades e estes instantes cósmicos em sua vida.

VIBRAÇÃO DA ASSINATURA

Cada parte de seu corpo físico tem uma vibração. Vocês podem ver isto muito claramente se olharem para as suas mãos. A frente do seu dedo tem uma vibração diferente da unha, que é muito mais densa. Sim, a vibração é muito mais elevada em sua unha do que na frente do dedo. No entanto, toda a sua mão tem uma vibração coletiva.

Na verdade, todo o seu corpo tem uma vibração coletiva que chamamos de vibração de sua assinatura. A vibração de sua assinatura pode ser desencadeada de muitas maneiras. Pode ser desencadeada ao ver ou ouvir algo. Muitas vezes, pode ser desencadeada ao ler ou experienciar algo que lembra um momento em que vocês tiveram esta vibração de assinatura fluindo livremente de cada parte do seu ser. Isto os leva ao Lar novamente, à saúde vibrante.

Isto é possível agora, mais do que nunca. É parte do que faremos com a semente da assinatura, com as vibrações e ativações das sementes do espírito. Todos vocês podem se beneficiar disto de diferentes maneiras, porque agora o seu corpo está preparado para receber estas novamente.

Nós os incentivamos a desenvolver o hábito de buscar e de alcançar estas sincronicidades, anotá-las ou ancorá-las de alguma maneira. Mesmo quando contam aos seus amigos sobre algo que aconteceu hoje, vocês começam um estilo de vida sincronizado que lhes permite encontrar o caminho de menor resistência através de quase todas as dificuldades que possam imaginar.

Estes são tempos de grandes mudanças em seu planeta e vocês são absolutamente uma parte disto. Assim, com este conhecimento, encontrem a sua própria energia. Descubram as músicas que ressoam com vocês, aquelas com um tom de energia que realmente signifiquem algo para vocês. Leiam as coisas que tragam o seu coração à superfície e se permitam ver as sincronicidades nos sinais de trânsito enquanto dirigem na rodovia.

Quando sentirem algo desencadeado, fechem o livro por um momento e assimilem plenamente o significado das palavras. Desenvolvam um hábito de procurar as sincronicidades, pois falaremos com cada um de vocês durante estes momentos. Muitas destas sementes, vocês mesmos plantaram.

Antes de entrarem neste corpo, vocês colocaram cristais em seu caminho para encontrar no momento perfeito de sua evolução. Os outros cristais simplesmente nos permitem a comunicação com vocês e lhes dizer o caminho mais fácil. Nós compartilhamos com vocês a sua vibração mais elevada, para ajudá-los a trazer de volta à alegria sempre que possível, através do processo que vocês estão fazendo.

MANTENHAM ABERTOS OS SEUS OLHOS

Vocês alcançaram um novo nível no planeta Terra e estão ancorando de uma nova maneira. Estes são tempos mágicos para cada um de vocês, e nós os saudamos. Sim, vocês estão indo muito bem. Entretanto, sabemos que há muita dificuldade neste momento. Há uma tremenda onda de separação em seu planeta agora. Todos parecem estar cuidando apenas de si mesmos e sem se preocupar com a consciência de unidade.

Isto irá mudar e se transformar, pois vocês estão literalmente no nível de abertura destas portas e possibilidades, mas isto levará cada um de vocês a realizar isto. Isto é porque compartilhamos com vocês esta informação e o que estão começando a passar. Isto pode influenciar o seu corpo, emoções e as suas próprias energias.

Isto também afeta a maneira com que trabalham com a vida e experienciam a alegria, que é a parte que queremos que retorne a cada um de vocês. Sim, esta luz em seus olhos quando ficam entusiasmados. Podemos mostrar isto para vocês através dos instantes cósmicos que estão agora ao seu redor. Tudo o que vocês precisam fazer, queridos, é manter os seus olhos abertos.

Estaremos falando com vocês através destes instantes cósmicos, assim reconheçam e comemorem isto. Vocês ouvirão muito do outro lado do véu enquanto o tempo avança, pois é realmente uma diminuição do véu que vocês estão experienciando. Vocês o conquistaram, queridos. Vocês alcançaram um nível onde podem começar a ouvir de uma nova maneira.

É com a maior honra que eu compartilho isto com vocês. Comemorem a humanidade alcançando estes belos níveis de luz e sendo capazes de mudar toda a história que vocês tiveram no planeta. Agora vocês têm a oportunidade de entrar em uma sociedade mais empoderada para cada um de vocês.

Nós os deixamos com três simples lembretes: Que se tratem com respeito, cuidem-se e joguem bem juntos.

Eu Sou eM.

Espavo.

AMOR APRENDE LIMITES SAUDÁVEIS

Saudações, queridos.
Eu Sou o Guardião do Tempo.

Vim até vocês hoje para compartilhar outro episódio do jovem que cresceu nos dias de Lemúria. Há muitas semelhanças com o que está acontecendo agora na Terra. Então, irei me afastar e trazer o que chamamos de coletivo para levá-los em uma jornada do tempo e espaço, de volta aos dias de Mu. Vamos levá-los às novas energias que Amor está experienciando.

Amor está começando a trabalhar em sua própria energia e começando a amar o que ele faz. Amor é um curador. Ele está se tornando muito consciente de que ele é um curador, compreendendo que as pessoas curam de maneiras diferentes. Amor é um curador que cura com as suas palavras. Ele tem uma habilidade incrível e profunda de refletir outras pessoas de maneiras muito únicas.

Ele trabalha no Templo do Rejuvenescimento, em um dos muitos que existiram nos dias de Mu. Lemúria é um lugar muito grande e, embora a população esteja espalhada por muitas áreas, ele se concentrou em uma das áreas mais populosas, em um momento muito agitado. Aproximadamente a cada três anos ou mais, as pessoas viriam a estes templos de rejuvenescimento, o que faz parte do que permitia às pessoas viverem até 300 anos.

Os Lemurianos tinham uma perspectiva diferente na vida, um senso diferente de urgência sobre cada segundo de cada dia. Vocês pensariam que por terem 300 anos eles teriam menos respeito pela vida, mas este não era o caso. Cada dia tinha que ser algo muito especial. Todos gastavam a sua energia tentando trazer o momento do “agora” mais eficaz que eles poderiam ter em suas vidas.

Hoje, encontramos Amor fazendo o que vocês chamariam de influxo. Quando as pessoas vinham aos templos havia determinadas coisas que eles precisavam saber sobre isto. Ainda que a maioria delas fosse lá muitas vezes, elas tinham que se lembrar de algumas coisas a serem observadas.

Quando elas entraram neste verdadeiro espaço da quinta dimensão, tudo o que elas mantinham em seu coração e cabeça se manifestava muito rapidamente em suas vidas. Amor era uma das pessoas que se sentava com elas de antemão para lembrá-las: “Por favor, se vocês tiverem algo de medo, não o levem a este lugar muito especial. Porque como qualquer outra coisa, vocês podem criar o medo neste espaço mágico.”

Todos os templos estavam alinhados com estes belos cristais que refletiam a energia. Os cristais assumiam a energia de seu coração e de sua cabeça, misturavam-na e a refletiam de volta para vocês. E isto faz parte do que ajudou a restaurar o corpo físico para que ele pudesse se elevar para outro nível.

Ao mesmo tempo, eles também restauram o corpo emocional, que é muito mais difícil de lidar, porque tinha um aspecto diferente dele, com que trabalhavam de diferentes maneiras. Basicamente, este processo eliminava os vestígios das velhas maneiras.

Muitas vezes, as pessoas se apegavam as suas velhas maneiras e o trabalho de Amor era lembrá-las de que elas estavam entrando neste espaço de perfeito reflexo, assim elas deveriam ser cuidadosas com que pensamentos e sentimentos que elas levavam a este espaço. Isto era extremamente importante.

Amor trabalhou com elas e se encontrou fazendo um pouco disto. Às vezes, quando ele começava a sua conversa, as pessoas viam quem ele era realmente. Ele tinha trabalhado com a transparência ao longo de muitas vidas, desenvolvendo a transparência de um mestre e de um curador muito importante. Isto é simplesmente onde vocês permitem que as pessoas vejam quem vocês são, pois vocês têm pleno controle sobre a sua casca metamórfica.

Por causa disto, as pessoas conseguiam ver as suas motivações. Elas podiam ver o seu coração e isto permitia que as pessoas confiassem nele com muita rapidez. Agora ele também descobriu que, às vezes, ele levaria muito mais tempo para atrair alguém do que muitos dos seus colegas que faziam um trabalho semelhante. Amor ficava preocupado e curioso em relação a isto, assim ele pedia ao que vocês chamariam de chefe ou seu superior, uma orientação.

Bem, naqueles dias eles realmente não o consideravam como superior de qualquer maneira. Havia algumas pessoas no comando, planejando e alinhando empregos. Amor lhes perguntou se ele estava fazendo algo de errado, porque ele levava muito mais tempo para trazer estas pessoas do que os seus colegas.

Eles riam e diziam:

Amor, você não entende. As pessoas estão refletindo em você porque elas confiam em você. Isto é algo que você deve ter conquistado ao longo de muitas vidas, assim nós o encorajamos a usar isto. Você precisa ter cuidado, porque de outra forma, as pessoas irão colocar as suas vidas em suas mãos. Isto não é apropriado porque sem perceber, elas desejarão que você assuma o poder delas. Este é um costume de Mu que vai contra todos os outros. Não tome o poder de outra pessoa, ainda que ela lhe ofereça livremente. É importante que cada pessoa mantenha o seu próprio poder firmemente em si mesma, em todos os momentos. Se elas desejam refletir em você e obter idéias ou energias, você deve ser cuidadoso, porque as pessoas se apaixonarão por você. É muito simples. Elas vêem o seu coração tão aberto e por isto elas acabarão por depender de você, o que causará um problema.”

Assim, Amor recebeu esta energia e ele deixou de se preocupar com quantas pessoas ele poderia interagir ou conversar em um dia. Ele começou a se comunicar com pessoas e lhes permitir que o vissem. Às vezes, ele até compartilhava as suas próprias experiências e as pessoas adoravam.

Elas tiravam o máximo proveito de sua sessão no Templo do Rejuvenescimento muitas vezes, por causa da preparação que Amor lhes dava. Ele compartilhava as ideias de poder abrir os corações delas e não entrar com energias negativas, afastando-as. Amor era uma ótima pessoa por ser capaz de mostrar isto tão lindamente. Viver na expectativa de um milagre deu às pessoas a liberdade, de modo que elas pudessem se curar.

Amor, tinha isto em mente. Com frequência, elas atravessavam a mesa, pegavam a sua mão e diziam: “Amor, diga-me o que fazer aqui. Estou tão perplexo. Estou tão confuso. Tenho este problema.”

Ele, então, dizia: “Bem, você trouxe o problema por uma razão. Há algo que você irá ganhar com isto, de alguma maneira, assim aproveite o seu tempo. Descubra o que é e permita que a energia reflita novamente de você através dos Templos do Rejuvenescimento.”

Amor aprendeu rapidamente a manter a distância confortavelmente. Ele poderia ser de maior utilidade para o Universo, por trabalhar com as suas palavras para ajudar outras pessoas a se curarem.

Ele acabou por ser muito bom nisto, tanto, que aqueles que trabalhavam acima dele começaram a enviar pessoas às sessões de Amor. Eles queriam que ele usasse os seus dons para treinar outras pessoas e ajudar a lhes mostrar como prepará-las para receber a experiência mais elevada possível. Os estagiários, com frequência, se sentavam nas sessões de Amor com as pessoas, para aprenderem muito com ele.

Uma vez havia um cavalheiro com o nome de eM que era um pouco mais velho do que Amor. Quando vocês tiveram uma vida muito longa como tivemos nos dias de Lemúria, vocês não se preocupavam tanto com alguém mais velho do que o outro. Em suas breves vidas aqui no Planeta Terra, espera-se que o mais velho saiba mais até certo ponto, especialmente quando vocês são crianças.

Um dia, eM estava em uma sessão de Amor quando uma jovem chegou e olhou com adoração para Amor, quando ele começou a trabalhar com ela. Amor lhe disse como liberar os seus pensamentos diários e limpar a sua energia para alcançar o mais elevado potencial do reflexo de todos os cristais no grandioso Templo do Rejuvenescimento. Ele trabalhou com ela muito claramente e o fez muito bem, pois ele era uma pessoa muito mágica.

Sim, eM ficou muito impressionado e perguntou à Amor: “Como você mantém a sua distância? Como você mantém as pessoas responsáveis assim?”

Amor disse: “eM, a parte mais importante sobre isto é simplesmente criar o espaço para que elas criem os seus próprios milagres, porque é assim que uma pessoa mantém o seu próprio poder e se cura. Se eu criar o milagre para elas, isto não irá funcionar, porque elas terão que retornar para mim a cada três anos. Elas terão que me procurar novamente para ajudá-las a obter a mesma energia dos Templos do Rejuvenescimento. Mas se eu puder lhes ensinar como liberar o que elas precisam para alcançar o maior potencial, cada vez que elas voltarem, estarão trazendo a sua própria energia. Elas conseguirão trabalhar com isto sozinhas, e é aí que eu realmente tenho sucesso.”

O jovem Amor era muito sábio para a sua idade. Ele compreendia como seguir o caminho, como trabalhar com os costumes de Mu, e especialmente, como trabalhar com o empoderamento. Ele recebeu uma palavra maravilhosa para trazer a sua sociedade por um amigo querido que falecera. Ele foi a pessoa de sua equipe de transição. Seu nome era Etu e ele foi um grande linguista, estudando os primeiros idiomas na evolução de Mu.

Em seu leito de morte, Etu deu uma palavra maravilhosa à Amor para trazer: Espavo.

Traduzida simplesmente, significa: “Grato por assumir o seu próprio poder.”

Era uma palavra que Amor tentou usar sempre que ele saudava alguém. Sempre que ele dizia “olá”, ou “adeus”, ele dizia “Espavo”, mas às vezes, as pessoas ficavam confusas com isto. Elas perguntavam: “O que isto significa? O que você me disse? O que isto deveria ser?”

E Amor levaria apenas este momento para trabalhar com elas e ajudá-las a entender “Você está aqui. Eu estou aqui. Estamos separados um do outro, mas somos o mesmo coração e podemos compartilhar muito. Mas é importante que você mantenha o seu poder para que seja o maior potencial e eu manterei o meu.” Esta separação se perdeu com muitos que trabalharam no emprego de Amor, embora permanecesse verdadeira para muitos.

A maioria das pessoas só podia trabalhar por três anos de cada vez, então, elas teriam que sair e nunca retornar a este emprego. Isto foi porque elas se tornariam o que vocês chamam de “extinta”, o que é muito comum quando vocês assumem o poder de alguém. Saibam que isto é uma das belas coisas que Amor aprendeu muito cedo em sua vida.

Ele aprendeu como manter as pessoas em seu próprio poder enquanto ainda as empoderava da melhor maneira que podia. Isto lhes dava o melhor e maior reflexo de si mesmas e a capacidade de liberar a energia negativa sem julgamento.

Todos levam tanto a energia positiva quanto a negativa, e Amor nunca julgou isto como bom ou ruim. Eles apenas lhes dizia que elas poderiam conseguir o maior potencial, se elas pudessem colocá-lo na prateleira por um tempo e trabalhar em uma área diferente. Isto funcionou muito bem e Amor o compartilhou com eM, que permaneceu com ele por quase dois meses, trabalhando com ele durante este processo, até que eM começasse o seu próprio trabalho, ajudando a preparar as pessoas para o maior potencial.

E não demorou muito para que eM começasse a receber comentários de pessoas, geralmente dias, semanas ou meses depois que elas deixavam o templo. Estas pessoas provavelmente tiveram um dos melhores períodos de rejuvenescimento que elas poderiam ter, e foi por causa das palavras que eM compartilhou com elas. E eM realmente se tornou bem famoso porque ele seguiu o curso de Amor. Ainda que não houvesse concorrência naqueles dias, simplesmente não era assim que as coisas funcionavam.

Uma das maiores alegrias que Amor poderia ter foi que ele foi capaz de plantar sementes em alguém, que levasse estas sementes ainda mais longe do que ele, e que criasse algo mágico. Isto é um nível de empoderamento, que prevaleceu nos dias de Mu e que está agora começando a retornar à Terra ainda hoje.

Seria o maior potencial como um mestre se vocês pudessem compartilhar algo com alguém, que pudesse levá-lo mais longe do que vocês. Sim, isto é evolução e o que Amor fez durante estes dias. Especialmente quando ia dormir, Amor agradecia. Tudo em que vocês se concentram, retorna.

Ele conhecia este segredo. E ele trabalhou com isto todas as noites antes de se deitar. Ele agradecia pelas coisas maravilhosas que aconteceram durante aquele dia, ou algo que ele pudesse achar que era maravilhoso e pelo qual pudesse agradecer. Ele era grato por poder transmitir algo mágico e a cada vez que ele dizia: ESPAVO, ele se lembrava desta experiência.

Nós os deixamos com estes belos momentos, como Amor agradecia naquele dia.
Tudo era bom em Mu.

Eu sou o Guardião do Tempo.

Espavo.


O grupo

A palavra Espavo é uma antiga saudação Lemuriana: “Grato por assumir o seu Poder.”

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO 
http://www.decoracaoacoracao.blog.br
https://lecocq.wordpress.com
https://www.espavo.org
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

SEUS  AJUDANTES DA ATLÂNTIDA

A imagem pode conter: céu e atividades ao ar livre

“Saudações. Somos o Conselho Arcturiano. Apreciamos nos conectar com todos vocês.

Nós esperamos a oportunidade perfeita para lhes dar a seguinte transmissão. E, como tal se mostra, agora é o momento perfeito. Você chegou a um ponto em sua evolução onde não há dúvida em seu caminho para a ascensão. Não há nada que precise ser feito. Sua consciência Desperta é suficiente para ancorar nas energias da ascensão e para ajudar os outros a fazer o mesmo.

Nós também vemos que as linhas de tempo diante de vocês para a ascensão tornaram-se mais agradáveis ​​e com menos catástrofe. Então, vamos dar-lhes algo que irão ajudá-los a fazer a escolha para facilitar esse processo. Vocês começaram a permitir Ajudantes que estavam na Atlântida no momento da sua destruição.

Esses seres sabem tudo sobre onde você está como um coletivo porque eles também estiveram lá. Esses seres irão inspirá-lo a trabalhar mais com as energias da Terra, com cristais e com locais sagrados, pontos de chakra e vórtices em seu planeta. Eles vão ser seus guias no processo de ascensão, e eles vão despertar dentro de você memórias da Atlântida.

A única coisa que você precisa fazer para tornar este caminho o mais fácil e mais alegre possível É OUVIR quando você se sente guiado para se mover em uma determinada direção. Você deve ESTAR DISPOSTO A DAR SALTOS DE FÉ  às vezes. Saiba que tudo estará alinhado para o processo de ascensão para continuar sem uma luta, e saiba que vocês são os que fazem o que vocês precisam para ajudar no processo e para garantir que seja mais fácil e mais alegre para aqueles que estão à sua volta.

Nós somos o Conselho Arcturiano, e nós apreciamos nos conectar com vocês “.

Daniel Scranton

Tradução Vilma Capuano

http://danielscranton.com/your-helpers-from-atlantis-%E2%88%9Ethe-9…

OS PACIFICADORES

“A maneira única de reduzirmos a violência no mundo é controlarmos a nossa própria violência.
É oferecer ao mundo um violento a menos, ou melhor, uma pessoa serena, amorosa, caridosa a mais.
A contraviolência acende a violência.
A vingança gera outra vingança.
Uma agressão contra um agressor aumenta a agressão no mundo.
‘Bem-aventurados os pacificadores’, isto é, aqueles que oferecem a paz, que promovem a paz.
Que meu coração sempre emita Amor.
(Hermógenes – Deus investe em você – Ed. Nova Era, Rio de Janeiro, 1995 – p. 141/142)

O PODER DA INTENÇÃO

As pessoas auto-realizadas devem ser o que podem ser.”
(Abraham Maslow)

Uma pessoa que vive em um estado de unidade com a Fonte de toda vida não aparenta ser diferente das outras pessoas. Além disso, esta pessoa não possui uma auréola, nem se veste com roupas especiais que anunciem as suas qualidades divinas.

Entretanto, quando notar que alguém passa pela vida como os afortunados que parecem obter todas as vantagens, e parar para falar com estas pessoas, perceberá o quanto são singulares, comparando-se com as pessoas que vivem nos níveis ordinários de consciência. Se passar alguns momentos conversando com elas, que já estão conectadas com o poder da intenção, verá como são especiais.

Estas pessoas, que eu chamo conectores para ressaltar a sua harmoniosa conexão com o campo da intenção, são indivíduos que se fizeram a si mesmos disponíveis para o êxito. É impossível encontrá-los em um estado de pessimismo com relação à realização do que desejam para suas vidas. Ao invés de utilizarem uma linguagem indicadora de que os seus desejos não podem se materializar, falam com uma convicção interior que comunica o seu simples e profundo conhecimento de que a Fonte universal provê tudo.

Eles não dizem: “Com esta sorte que tenho, não pode ser que as coisas se ajeitem.” Ao invés disto, é muito mais provável ouvi-los dizendo algo como: “Planejo criar isto e sei que funcionará.” Não importa o quanto tente dissuadi-los com todas as razões pelas quais o seu otimismo deveria ser mitigado, pois eles parecem estar felizmente cegos a estas repercussões “realmente comprovadas”. É como se estivessem em um mundo diferente, um mundo em que não podem escutar as razões pelas quais as coisas podem não sair bem.

Se se empenhar em fazer que falem consigo sobre esta idéia, simplesmente dirão algo como: “Nego-me a pensar que poderia não acontecer, porque eu atrairei exatamente aquilo que penso, e, por isto, só penso no que sei que acontecerá.” Não importa o que aconteceu antes. Não se relacionam com os conceitos de fracasso ou impossibilidade. Sem mais alardes, eles não são afetados pelas razões que existem para serem pessimistas. Fizeram-se disponíveis para o êxito, como também conhecem e confiam em uma força invisível que é oniprovidente. Estão tão bem conectados à Fonte, que tudo provê, que é como se tivessem uma aura natural que impede que qualquer coisa vinda do exterior possa debilitar a sua conexão com a energia criadora do poder da intenção.

Os conectores não focalizam os seus pensamentos no que não querem porque, como lhe explicarão, a Fonte de tudo só pode responder com o que é, que não é outra coisa que abastecimento infinito. Não pode levá-lo a passar penúrias ou escassez, nem a coisas que não funcionem, porque não é nenhuma destas coisas. Se eu digo à Fonte de todas as coisas, “Isto provavelmente não vai funcionar”, receberei dela precisamente isto que enviei, de modo que será melhor não pensar em alguma coisa que não concorde com o que a minha Fonte é.

Para a pessoa média que tem temores sobre o futuro, tudo isto soará como algo incompreensível. Pedirão ao seu amigo, o conector, que dê uma olhada para a realidade e que, de modo realista, comprove em que mundo vive. Mas os conectores não se desviam do seu conhecimento interior. Dirão, se decidir escutá-los, que este é um universo de energia e atração, e que a razão pela qual tantas pessoas vivem vidas de medo e sofrimento é porque dependem do seu ego para o cumprimento dos seus desejos. É simples, dirão: “Reconecte-se com a sua Fonte, e sei como a sua Fonte e as suas intenções se encaixarão perfeitamente com a Fonte oniprovedora.”

Para os conectores tudo isto parece muito simples. “Mantenha os seus pensamentos naquilo que tem intenção de criar. Permaneça solidamente alinhado com o campo da intenção e busque as pistas que chegam até você vindas da Fonte onicriadora.”

Para um conector, simplesmente os acidentes não existem. Percebem os acontecimentos aparentemente insignificantes como se fossem orquestrados em perfeita harmonia. Acreditam na sincronicidade e não lhes surpreende que apareça a pessoa perfeita para uma certa situação; ou que alguém, em quem estavam pensando, logo telefone; ou que um livro chegue de improviso pelo correio trazendo a informação de que precisavam; ou que, misteriosamente, apareça o dinheiro necessário para financiar um projeto que estavam planejando.

Os conectores não tentarão convencê-lo do seu ponto de vista com argumentos. Sabem fazer algo melhor do que colocar um monte de energia discutindo ou se frustrando, porque isso atrairia discussões e frustrações para as suas vidas. Eles sabem que sabem e não lhes seduz construir uma força opositora de resistência para as pessoas que vivem de outra maneira. Aceitam a idéia de que os acidentes não existem em um universo que tem como Fonte uma força energética invisível que continuamente cria e proporciona uma provisão infinita a todo aquele que queira se abastecer dela. Se lhes perguntar, dirão simples e claramente: “Tudo o que se precisa fazer para chamar o poder da intenção é permanecer em perfeito alinhamento com a Fonte de tudo, e eu escolhi permanecer tão estreitamente alinhado com a Fonte como me é possível.”

Para os conectores, tudo o que aparece na sua vida está aí porque o poder da intenção assim o planejou. Por isto, sempre estão agradecidos. Sentem-se agradecidos por tudo, inclusive por coisas que poderiam parecer obstáculos. Têm a habilidade e o desejo de ver uma doença temporária como uma benção, e sabem no seu coração que, em alguma parte deste revés, há uma oportunidade, que é o que buscam em tudo o que surge nas suas vidas. Através do seu agradecimento, honram todas as possibilidades, ao invés de pedir tudo para a sua Fonte, porque isto seria como dar poder a algo que já desapareceu. Eles comungam com a Fonte em um estado de reverente gratidão para com tudo o que é apresentado em suas vidas, sabendo que isto faculta a sua intenção para manifestar precisamente o que precisam.

Os conectores se descrevem como pessoas que vivem em estado de agradecimento e audácia. É improvável que os escute se queixando de algo. Eles não são excessivamente exigentes. Se chove, desfrutam, sabendo que não conseguirão ir aonde querem se só viajarem nos dias ensolarados. Assim é como reagem frente a todas as coisas da natureza, com agradecida harmonia. A neve, o vento, o sol e os sons da natureza, tudo isto são lembranças de que eles são uma parte do mundo natural. O ar, independentemente da sua temperatura ou velocidade, é o venerado ar, fôlego de vida.

Os conectores agradecem ao mundo e a tudo o que nele está contido. A mesma conexão que experimentam com a natureza, sentem para com todos os outros seres, incluindo aqueles que viveram antes e os que ainda estão por chegar.

Têm consciência da unidade e, portanto, não fazem distinções entre tais e quais tipos de pessoas. Para um conector, tudo é “Nós”. Se pudesse observar o seu mundo interior, descobriria como lhes fere a dor imposta ao seu próximo. Carecem do conceito de inimigos, porque sabem que todos nós emanamos da mesma Fonte divina. Preferem valorizar as diferenças na aparência e nos costumes das demais pessoas, ao invés de se fixarem naquilo que não gostam nelas, criticando-as ou sentindo-se ameaçados por elas. A sua conexão com os demais tem uma natureza espiritual, mas não se separam espiritualmente de ninguém, independentemente de onde vivam ou quão diferentes possam ser seus aspectos ou costumes. No seu coração, os conectores sentem uma afinidade com toda a vida, assim como com a Fonte de toda vida.

Este vínculo de conexão é o que faz os conectores tão hábeis em atrair para a sua vida cooperação e assistência de outros no cumprimento de suas próprias intenções. Só o fato de se sentirem conectados significa que, nas mentes dos conectores, não há ninguém neste planeta com quem não estejam unidos espiritualmente. Em conseqüência, vivendo no campo da intenção, podem acessar, a todo momento, qualquer sistema de vida no universo em que coloquem a sua atenção, porque já estão conectados a este sistema de energia doadora de vida e a todas as suas criações. Eles agradecem esta conexão espiritual, e não esbanjam energia depreciando ou criticando. Nunca se sentem separados da assistência que todo este sistema doador de vida lhes oferece.

Portanto, os conectores não se surpreendem quando a sincronicidade ou as coincidências lhes trazem os frutos das suas intenções. Sabem, nos seus corações, que estes acontecimentos, aparentemente milagrosos, foram trazidos ao seu espaço vital imediato porque eles mesmos já estavam conectados com estes eventos. Pergunte aos conectores e lhe dirão que, naturalmente, é a lei da atração que está trabalhando. “Permaneça vibratoriamente afinado com o que a Fonte de toda vida planeja para si, e todas as pessoas e todos os poderes deste campo de intenção cooperarão consigo para atrair para a sua vida tudo o que desejar.” Eles sabem que assim é como o universo trabalha. Outros poderão insistir em que os conectores são meros afortunados, mas as pessoas que desfrutam do poder da intenção sabem que não é assim. Sabem que podem providenciar a presença de qualquer coisa em que fixem a sua atenção, enquanto permanecerem em consonância com as sete faces da intenção.

Os conectores não se gabam da sua boa fortuna, e se encontram em perpétuo estado de gratidão e de radical humildade. Entendem como o universo trabalha, e permanecem em um afortunado alinhamento com ele, não o desafiam, nem encontram defeitos. Pergunte-lhes isto e lhe dirão que todos somos parte de um sistema de energia dinâmica. Explicarão que a energia que se move com mais rapidez dissolve e anula a mais lenta. Estas pessoas escolhem estar em harmonia com a energia espiritual invisível. Treinaram os seus pensamentos para direcionar-se aos mais elevados níveis vibracionais e, conseqüentemente, são capazes de desviar as vibrações mais lentas/mais baixas.

Os conectores produzem um grande efeito quando entram em contato com pessoas que estão vivendo em níveis inferiores de energia. O seu sossego tem o efeito de fazer com que os demais se sintam seguros e tranqüilos, e irradiam uma energia de serenidade e paz. Não lhes interessa sairem vitoriosos das discussões, nem somarem aliados. Mais do que tentar persuadi-lo para que pense como eles, convencem-no através da energia que transpiram. As pessoas sentem amor pelos conectores, porque eles estão imbuídos na Fonte de toda vida, que é o amor.

Os conectores lhe dizem, sem duvidar, que escolhem sentir-se bem, independentemente do que aconteça ao seu redor ou de como os outros podem julgá-los. Sabem que sentir-se mal é uma escolha, e que a mesma não é útil para corrigir as situações desagradáveis no mundo. Por isto, utilizam as suas emoções como um sistema de orientação para determinar o quão sintonizados estão com o poder da intenção. Quando se sentem mal por algo, usam isto como indicador de que já é hora de mudar o seu nível de energia para sintonizar-se com a pacífica e amorosa energia da Fonte. Repetirão para si mesmos: “Quero sentir-me bem”, e, com este desejo, reconduzirão os seus pensamentos para a harmonia.

Ainda que o mundo esteja em guerra, continuarão optando por sentir-se bem. Ainda que a economia vire de pernas para o ar, continuarão querendo sentir-se bem. Ainda que as taxas de delinqüência subam ou os furacões rujam em alguma parte do planeta, continuarão escolhendo sentir-se bem. Se lhes perguntar por que não se sentem mal quando estão acontecendo tantas coisas más no mundo, sorrirão e lhe recordarão que o mundo do espírito, onde se planeja tudo, trabalha com a paz, o amor, a harmonia, a bondade e a abundância… “E eu escolho morar no interior de mim mesmo. Sentir-me mal garante que atrairei para a minha vida mais daquilo que me faz sentir-me mal.”.

Os conectores simplesmente não permitem que o seu bem-estar dependa de algo externo a eles mesmos, nem do tempo atmosférico, nem das guerras existentes em algum lugar do globo, nem do panorama político, nem da economia, nem, evidentemente, de alguém que tenha decidido estar em uma energia baixa. Trabalham com o campo da intenção, emulando o que eles sabem que é a Fonte criadora de tudo.

Os conectores sempre estão em contato com a sua natureza infinita. A morte não é algo que temam; e, se lhes perguntar, dirão que, na verdade, nada que nasceu pode terminar algum dia. Vêem a morte como uma troca de roupas ou como passar de uma sala para outra: uma mera transição. Eles estão apontados para a energia invisível, que vêem como seu verdadeiro ser, que planeja todas as coisas em nossa existência.

Graças ao fato dos conectores sempre se sentirem alinhados com todos e com todo o universo, não experimentam o sentimento de estarem separados de ninguém, nem de nada que queiram atrair para suas vidas. A sua conexão é invisível e imaterial, mas nunca é colocada em dúvida. Conseqüentemente, descansam nesta energia interna espiritual invisível que penetra em todas as coisas. Vivem em harmonia com o Espírito, não se vendo, jamais, como algo separado Dele. Este conhecimento é a chave na sua visão cotidiana do funcionamento do poder da intenção.

Simplesmente, será impossível convencer os conectores de que não se materializará o que propõem, porque confiam absolutamente na sua conexão com a energia da Fonte. Convidá-lo-ão a escolher com qual possibilidade você vai se identificar e, a partir daí, irão incentivá-lo a viver como se a houvesse obtido. Se não pode fazer isto e ainda permanecer firmemente ancorado na preocupação, na dúvida e no medo, desejarão o melhor para você, mas continuarão fazendo o que eles chamam “pensar com finalidade”. Podem ver o que pretendem manifestar nas suas vidas como se já houvesse se materializado e, para eles, como isto já é completamente real nos seus pensamentos, será a sua realidade. Dirão com franqueza: “Meus pensamentos, quando estão harmonizados com o campo da intenção, são pensamentos de Deus, e assim é como eu escolho pensar”. Se permanecer próximo deles o suficiente, verá o quão excepcionais são ao conseguir os frutos das suas intenções.

As pessoas conectoras são excepcionalmente generosas. É como se o que eles quisessem para si mesmos se subordinasse a um desejar ainda mais e com mais força para o seu próximo. Encontram um grande prazer em dar. Pode acontecer que os demais se perguntem como fazem para não acumular coisas para eles mesmos, ainda que em suas vidas reine a abundância, e porque não parece faltar nada do que eles desejam. O segredo do poder da intenção, dirão, está em pensar e atuar igual à Fonte oniprovedora, de onde tudo se origina. “Ela sempre está provendo, e eu também escolho ser um provedor. Quanto mais me entrego a mim mesmo e a tudo o que flui de mim, mais vejo fluir para mim”.

Os conectores são pessoas altamente inspiradas. Vivem mais no espírito do que nas formas. Conseqüentemente, são inspirados e inspiradores, o que vêem como oposição ao que já está formado e com informação completa. Estas pessoas têm um forte sentido do seu próprio destino. Sabem porque estão aqui, e sabem que são algo mais do que uma coleção encapsulada de ossos, sangue e órgãos metidos dentro de um corpo, debaixo de uma pele coberta de pelos. Estão vivendo, sobretudo, com propósito, e escolheram evitar serem distraídos pelas demandas do ego. Sentem um grande respeito pelo mundo do Espírito e, comungando com esta Fonte, permanecem inspirados.

O seu nível de energia é excepcionalmente alto. É uma energia que lhes define como conectores. É a energia da Fonte, uma freqüência vibratória rápida que leva o amor à presença do ódio e converte este ódio em amor. Exibem um semblante pacífico na presença do caos e da dissonância, e transmutam as energias mais baixas na energia superior da paz. Quando estiver em companhia destes que permanecem no campo da intenção, você se sentirá energizado, limpo, mais saudável e inspirado. Como têm uma notável ausência de juízo para com os demais, tampouco imobilizarão os pensamentos ou as ações alheias. Com freqüência são etiquetados como distantes e frios porque não se sentem inclinados para a conversa não-transcendente e para a maledicência. Dirão que o Espírito é quem dá vida, e que todos neste planeta levam este espírito em seu interior, esta força eternamente todo-poderosa. Eles assim acreditam, assim vivem, e inspiram os demais.

Irão ainda mais longe: dirão que os desequilíbrios da Terra, tais como terremotos, erupções vulcânicas e os padrões climáticos extremos são o resultado de um desequilíbrio coletivo da consciência humana. Recordar-lhe-ão que os nossos corpos foram feitos dos mesmos materiais da Terra, que 98% do fluído que compõe o nosso sangue foi alguma vez água oceânica, e que os minerais dos nossos ossos foram componentes das provisões finitas de materiais que há na Terra. Vêem a si mesmos unos com o planeta, e sentem a responsabilidade de permanecer em equilíbrio harmônico com o campo da intenção para ajudar a estabilizar e harmonizar as forças do universo que podem se desequilibrar quando vivemos com um ego excessivo. Dirão que os pensamentos, sentimentos e emoções são vibrações, e que a freqüência destas vibrações pode criar contrariedades que nos afetarão não só a nós mesmos, mas a tudo aquilo que for feito da mesma matéria.

Os conectores lhe estimularão a permanecer em harmonia vibratória com a Fonte, por um sentido de responsabilidade para com o planeta inteiro, e consideram que esta é uma função vital e emular. Isto não é algo sobre o que eles pensam ou discutam de uma perspectiva puramente intelectual, é algo que sentem profundamente dentro de si mesmos. Além disso, vivem cada dia apaixonadamente.

Quando observar estes conectores, notará que não vivem no mal-estar e na doença. Vivem como se o seu corpo gozasse de saúde perfeita. Na verdade, pensam e sentem que não existe nenhum tipo novo de doença que já não tenha sido curada. Acreditam que atraem soluções novas porque sabem que há muitas soluções possíveis para toda e qualquer situação, inclusive aquelas que para os outros podem parecer impossíveis de superar. Dirão que as possibilidades de obter soluções curadoras já estão aqui e agora, e que o rumo que tome qualquer doença dependerá da sua própria perspectiva. Precisamente, como acreditam que os turbulentos sistemas externos se pacificam na presença da nossa paz, vêem isto como uma possibilidade de evolução interna. Pergunte-lhes sobre as suas capacidades sanadoras e lhe dirão: “Eu já estou curado, e penso e sinto só esta perspectiva”.

Com freqüência verá como as suas doenças e moléstias físicas desaparecem quando está na presença dos conectores de energia excepcionalmente alta. Por quê? Porque a sua elevada energia espiritual anula e extirpa as energias inferiores da doença. Precisamente, estar na presença de conectores faz com que se sinta melhor porque eles emanam e irradiam uma afetuosa e alegre energia que cura o seu corpo, que também acontece quando você está dentro deste tipo de campo energético.

Os conectores são conscientes da necessidade de evitar a baixa energia. Silenciosamente, afastar-se-ão das pessoas ruidosas, belicosas e julgadoras, enviando-lhes uma silenciosa benção e retirando-se para deixar o caminho livre. Não perdem tempo contemplando os violentos programas da TV, nem lendo a recontagem de atrocidades ou as estatísticas da guerra. Estas pessoas, que desfrutam revirar-se nos horrores que se debatem e emitem, poderiam parecer dóceis ou desapaixonados. Partindo do fato de que os conectores não precisam ganhar, nem ter razão, nem dominar outras pessoas, o seu poder radica na sua capacidade de elevar os demais com a sua presença. Comunicam o seu ponto de vista permanecendo em harmonia com a energia criadora da Fonte. Nunca se ofendem, porque o seu ego não se implica nas suas opiniões.

Os conectores vivem as suas vidas nivelando-se vibracionalmente com o campo da intenção. Para eles, tudo é energia. Sabem que adotar uma posição hostil, de ódio e de raiva para com as pessoas que acreditam e que apóiam as atividades de baixa energia, que envolvem alguma modalidade de violência, só potencializará a presença deste tipo de atividades debilitantes neste mundo.

Os conectores vivem na sua energia mais rápida e elevada, que lhes permite acessar facilmente os seus poderes intuitivos. Têm um conhecimento interior sobre o que está chegando. Se lhes perguntar sobre isto, dirão: “Não posso explicar, mas sei, porque sinto no meu interior”. Conseqüentemente, é raro que se sintam confusos quando os acontecimentos que eles antecipam e planejam criar se manifestam. Na verdade, ao invés de se surpreender, esperam que as coisas se ajeitem. Permanecem tão conectados com a energia da Fonte que são capazes de ativar a sua intuição e experimentar revelações sobre o que é possível e como conseguir isto. O seu conhecimento interno lhes permite ser infinitamente pacientes, e nunca se desgostam pela velocidade ou pela maneira como as suas intenções se manifestam.

Os conectores freqüentemente refletem as sete faces da intenção descritas ao longo das páginas deste livro. Verá pessoas extraordinariamente criativas, que não precisam fazer ou ordenar as coisas da forma como os outros supõem que deve ser. Aplicam a sua individualidade única nas suas tarefas, e lhe dirão que podem criar qualquer coisa em que colocarem a sua intenção e imaginação.

Os conectores são pessoas excepcionalmente amáveis e amorosas. Sabem que, harmonizando-se com a energia da Fonte, reproduzem a bondade que provém dela. Ademais, para eles não pressupõe esforço algum em ser amável. Sempre são agradecidos com o que lhes chega, e sabem que esta bondade para com tudo na vida e para com o nosso planeta é a maneira de mostrar esta gratidão. Por causa do seu modo de ser, outros irão querer devolver os seus favores e se converterão em seus aliados, ajudando-os a atingir os seus propósitos. Associam-se com um número ilimitado de pessoas, com qualquer um que chegue revestido de amor, bondade e generosa assistência mútua para o cumprimento dos seus desejos.

Também apreciará o modo como os conectores vêem a beleza do nosso mundo. Sempre encontram algo que valorizar. Podem se perder na beleza de uma noite estrelada ou de uma rã pousada sobre um leito de lírios. Vêem a beleza das crianças e percebem o brilho natural e o esplendor dos anciãos. Não desejam julgar ninguém em termos da baixa energia negativa, e sabem que a Fonte criadora de todas as coisas só traz beleza à forma material, beleza que, desta forma, sempre está disponível.

Os conectores nunca se conformam com o que sabem! São curiosos sobre a vida, e lhes atrai todo o tipo de atividade. Sempre encontram algo para desfrutar em todos os campos do esforço criativo humano, e sempre estão expandindo os seus próprios horizontes. Esta abertura para tudo e para todas as possibilidades, e esta qualidade de expansão constante, caracterizam a sua habilidade na manifestação dos seus desejos. Eles nunca dizem “Não” ao universo. Para tudo o que a vida lhes envia, eles dizem “Obrigado. O que posso aprender e como posso crescer através do que estou recebendo?”. Negam-se a julgarem alguém ou qualquer coisa que a Fonte lhes ofereça, e esta atitude de constante expansão é a que finalmente lhes equipara com a energia da Fonte e é a que abre a sua vida para receber tudo o que a Fonte lhes quer proporcionar. São como uma porta aberta, que nunca se fecha para as possibilidades. Isto lhes faz totalmente receptivos à abundância que sempre, incessantemente, flui.

Estas atitudes que verá nas pessoas conectoras são precisamente a razão pela qual parecem tão afortunados na vida. Quando está com eles, você se sente energizado, decidido, inspirado e unificado. Se sente predisposto a estar na presença de pessoas como estas, porque lhe energizam, trazendo uma sensação de poder. Quando se sentir potente e energizado, você mesmo entrará no fluxo da energia de abundância da Fonte, e, sem perceber sequer, convidará outras pessoas a fazerem a mesma coisa. A conexão não se produz unicamente com a energia da Fonte, mas com todos e com todo o universo. Os conectores estão alinhados com todo o cosmos e com cada partícula do cosmos. Esta conexão faz possível e disponível o poder infinito da intenção.

Estas pessoas altamente realizadas pensam com uma finalidade, experimentando o que querem obter antes que assuma forma material. Utilizam os seus sentimentos como um calibre para determinar se estão sincronizados com o poder da intenção. Se se sentirem bem, saberão que estão em harmonia vibratória com a Fonte. Se se sentirem mal, usarão este indicador para se ajustarem com os níveis energéticos superiores. E, finalmente, atuam, com estes pensamentos de intenção e bons sentimentos, como se tudo o que desejam já estivesse aqui. Se lhes perguntar o que pode fazer para que os seus desejos se tornem realidade, decididamente lhe aconselharão que mude o modo como vê as coisas, e as coisas que vê mudarão.

Incentivo-lhe a reproduzir o seu mundo interior, e a regozijar-se no infinitamente magnificente poder da intenção.

Recopilado y editado por Mario Liani: coilort@cantv.net

 

 http://www.fadadasrosas.com.br

ESZTERGOM– LA URBO DE HUNGARAJ REGHOJ

En tiu somero ni vizitis kvar eŭropajn landojn – RusionSlovakion, Aŭstrion kaj… Hungarion. En tiu lasta ni pasigis nur unu tagon, sed ĝi estis vere interesa. Celo de tiu kongresa ekskurso estis la iama hungara ĉefurbo Esztergom. En tiu ĉi urbo naskiĝis, estis baptita kaj kronita Sankta Iŝtvan, la unua reĝo de Hungario.


Veturo al Hungario
Ĝi situas ne tre for de Nitro – la busveturado okupis du horojn. Dum tiu tempo ĉiĉerono bedaŭrinde donis malmultajn informojn, kvankam ni preterveturis interesajn lokojn. Li  estis viro ĉarma, ĉiam klopodis perdi neniun, do post ĉiu kvaronhoro trakuris la buson laŭte kalkulante la kapojn: “Pätnásť, šestnásť, sedemnásť…“ (dekkvin, dekses, deksep) kio por miaj slavaj oreloj sonis tute kompreneble kaj tre amuze. Post fini la ekskurson Lisi eĉ petis permeson fotiĝi kune kaj li, agrable mirigita, akceptis.

La interpretado bedaŭrinde estis ne tre altnivela. Emerita esperantisto klopodis sincere, sed ofte fuŝis, ĉar ne povis trovi ĝustan vorton aŭ kreis strangaĵojn, simple aldonante al slovakaj vortoj o-finaĵon (ekzemple mosto anstataŭ ponto). Li pardonpetis, klarigante ke ne konas multajn vortojn el la ekskurso rilatajn al religio, historio ktp. “Sed kial li ne pretigis sin anticipe?” resonis Didier Izacard.

Do restis nur gapi tra fenestro al ĉirkaŭaĵoj kaj esperi ke poste ni povos legi pri lokoj, kiujn traveturas nun. Speciale amuzis min pendaĵo de Sberbanko, la plej granda rusia banko. Mi jam vidis Beeline en Vjetnamio, la Rusan Ŝtatan cirkon en Peruo kaj jen plia signo de la rusia ĉeesto. Tian ekspansion mi ŝatas.

La plej impona vido malfermiĝas de la transa bordo de Danubo, laŭ kiu trairas ŝtatlimo inter Slovakio kaj Hungario.

La baziliko ĉirkaŭita de kastelaj muroj aspektas reĝece, do oni povas imagi kion sentis homoj alvenintaj por ĉeesti la kronceremoniojn, okazintaj tie dum jarcentoj.

Ponto de Mária Valéria
Antaŭ ni malfermiĝis belega panorama de Danubo, malantaŭ kiu troviĝis Slovakio. Maldekstre videblis la ponto de Mária Valéria, kiu ligas la du landojn kaj urbojn. Tiu ĉi duonkilometra vojo estis malfermita en 1895 kaj ricevis sian nomon honore al la aŭstria arkidukino, la kvara infano de la imperiestro Francisko Jozefo. Germanoj dufoje detruis ĝin dum la du mondmilitoj – unue en 1919 kaj poste en 1944.

Rezulte de la Dua mondmilito Hungario perdis trionon de sia teritorio, inkluzive la urbon Ŝturovo kiu ĝis 1948 havis hungaran nomon Párkány, do rilatoj kun Ĉeĥoslovakio estis ne tre bonaj kaj ambaŭ registaroj ne zorgis pri la rekonstruo de la ponto. Ĝi estis fine restarigita nur en 2001 antaŭ la aliĝo de Hungario kaj la jam sendependiĝinta Slovakio al Eŭropa Unio, kun ties helpo.

En 2007 ambaŭ landoj iĝis parto de la Ŝengena zono, do limkontrolo malaperis. Tamen oni sugestis al ni preni la pasportojn, ĉar foje la hungaraj aŭtoritatoj haltigas busojn por kontroli dokumentojn de la vojaĝantoj. Evidente tion kaŭzis la rifuĝinta ondo, kiu sekvas tra Hungario al Okcidenta Eŭropo kaj dekstrema politiko de la hungara registaro.

Sankta mortiganto
Sian nomon Esztergom ŝuldas al la frankoj, kiuj nomis ĝin Oster-ringun (orienta fortikaĵo). Tra la mezepoka Strigonium la nomo fine akiris sian nunan formon. Sur la plataĵo, kiu altas 157 m super la marnivelo, iam staris la menciita fortikaĵo – rezidejo de la unua hungara reĝo Stefano la 1-a. Li estis vera filo de sia epoko, do famiĝis kiel fermana reganto, kiu kaptis la potencon batalante kontraŭ sia kuzo Koppanj (hungare Koppány). En la decida batalo apud Veszprém li, jam akceptinta kristanismon, venkis la paganajn hungarojn kun helpo de germanaj kavaliroj, prenis la korpon de sia pereinta frato, kvaronigis ĝin kaj najligis la partojn sur pordoj de tri plej gravaj hungaraj urboj (Esztergom, Győr kaj Veszprém) kaj unu sendis al Transilvanio, kie regis la ortodoksa onklo de lia patrino Djula (Gyula).

Tamen li estis ne nur feroca batalanto, sed ankaŭ lerta diplomato. En 1000 li petis de la papo Silvestro la 2-a la reĝan titolon por kio sendis al Romo la abaton Astricus (Anastasius). La germana imperiestro Oto la 3-a estis parenco de Stefano kaj tiutempe troviĝis samurbe, do aktive subtenis la peton.

Fine Astricus revenis kun la krono kaj aliaj reĝaj simboloj, dum li mem iĝis episkopo de Esztergom, la plej alta gvidanto de la Hungara katolika eklezio. La 17-an de aŭgusto 1000 papa sendito kronigis Stefanon la 1an. Li donacis la reĝlandon al la papo, kiu tuj redonis ĝin al li kiel feŭdon. Tiel establiĝis samtempe la hungaraj ŝtato kaj eklezio. Hungario aliĝis al la okcidentkristana komunumo de la eŭropaj nacioj kiel la sendependa ŝtato.

Al mi tio memorigis la rusan princon Vladimiron, kiu same kristanigis Rusion kaj klopodis firmigi la centran potencon. La forta kaj saĝa reganto, li same faris plurajn kruelaĵojn, kio ne malhelpis lian sanktigon kaj ĝisnunan glorigon kiel fondinto de la rusa ŝtato.

Stefano la 1-a regis same senkompate, interalie mortiginte la menciitan parencinon Djula kaj kripligante sian nevon Vazulo (li ordonis blindigi lin kaj verŝi varman plumbon en liajn orelojn). Tamen jam en 1083 la katolika eklezio deklaris Stefanon sanktulo kaj rimarkindas, ke faris tion la reĝo Ladislao la1-a, nepo de Vazul. Nun en Budapeŝto staras monumento al la sankta mortiganto kaj la 20-an de aŭgusto hungaroj festas la tagon de Sankta Stefano.

Kastelo kaj baziliko
Esztergom restis ĉefurbo de la lando ĝis la tatara invado. La fortikaĵo origine konstruita en la 10a jarcento estis plurfoje rekonstruita kaj nun ni vidas ĉefe kreaĵojn de la reĝo Béla la 3-a el la 12a jarcento. La turkoj unuafoje okupis la kastelon en 1543 kaj poste ĝi plurfoje transiris al la hungaroj kaj reen. Nur en 1683 la kristana armeo, konsistanta ĉefe el poloj, reprenis la fortikaĵon.

Sed la plej grandajn detruojn okazigis ne la militoj, sed… ekleziaj bezonoj. Primasa Baziliko de Sankta Adalberto kaj Ĉieliro de Maria (la ĉefa katedralo de Hungario, en ku okazis kronigo de la reĝoj) vastiĝis kaj por tio en 1869 oni grandparte malmuntis la kastelon. Restis nur iuj muroj kaj ruinoj, esplorataj de arkeologoj ekde 1930, kaj transformitaj al muzeo. Ion similan mi jam vidis en Luksemburgo.

Mi devas agnoski, ke la ofero ne estis vana – sur la kastelaj ruinoj kreskis la plej alta konstruaĵo de Hungario kaj la plej alta preĝejo de Centra Eŭropo, malantaŭ kies altaro sin kaŝas la plej granda tolpentraĵo en la mondo (13,5×6,6 m). La kaderalo estas larĝa 49 m, longa 118 m kaj alta 71 m (se kalkuli de la subpreĝejo ĝis la pinto – 100 m) impresas eĉ nun kaj oni povas nur imagi kiel ĝia vido ŝokis homojn de antaŭaj epokoj, kiuj loĝis en unu- aŭ duetaĝaj dometoj kaj sentis sin formikoj en tiu ĉi kolosaĵo. La sep metrojn alta kruco videblis de pluraj kilometroj kaj la dikegaj muroj (17 m) ĝis nun estas la plej larĝaj en Centra Eŭropo.

La unua preĝejo sur tiu ĉi loko estis konstruita jam de Stefano la 1-a, sed ĝi brulis en 1180. Poste aperis novaj preĝejoj kaj dum la turka okupado la konstruaĵo eĉ servis kiel moskeo, sed fine en la 19a jarcento oni konstruis la nunan klasikisman bazilikon, malfermitan en 1856.

La ceremonion akompanis Franz Liszt per la speciale verkita “Missa solennis zur Einweihung der Basilika in Gran” (“Meso de Esztergom”, ĉar la germana nomo de la urbo estis Gran). La aŭtoro mem dirigentis dum la orgenludis la fama Alexander Winterberger.
Rimarkindas ke oni zorgeme malkonstruis la tiean antikvan Bakócz-kapelon kiu estis restarigita interne de la baziliko. Tiu ĉi renesanca kreaĵo, konstruita en la 16a jarcento sub la gvido de Ticiano de Michelangelo Grigoletti el blanka marmoro de Carrara enhavas plurajn belajn statuojn kaj bildojn.

Nia vizito al la kastelo kaj katedralo komenciĝis laŭorde – de la parada enirejo. La portalo bonvenigas la vizitantojn per majesta instruo pri la loko, kiun ili aliras: “Caput, Mater Et Magistra Ecclesiarum Hungariae” (La Ĉefo, Patrino kaj Instruisto de la Hungara eklezio).

Kun forta bruo preterveturis nin grupo da motorciklistoj. Lisi ŝtoniĝis admire gapante al la kaskumitaj fieruloj sur rorantaj motoroj: “Mi ŝategas!”

Apud la maldekstra turo sidis mezepoke vestita lutisto.

Kapkline li invitis Lisi fotiĝi kune kaj ni volonte akceptis tion, kompreneble kun reciproka dankgesto forme de kelkaj moneroj.

Malantaŭ la dekstra turo staris statuo de Sankta Iŝtvan. La reĝo side sur fortika ĉevaleto montris per glavo en la deksra mano ien transriveren. Ĉu al la perditaj hungaraj teroj, englutitaj de Slovakio?

Ni paŝis cent metrojn en tiu direkto kaj eliris sur la bordon, de kiu malfermiĝis panoramo ne malpli majesta ol de sur la slovaka teritorio.

Danubo fluis trankvile same kiel antaŭ mil jaroj, montaro sinuis ĉe la horizonto kaj vento blovis, amuze hirtigante niajn harojn.

Ĉies atenton kaptis la monumento al kristanigo de Hungario. Sur blankmarmora soklo altiĝis du figuroj – la reĝo surgenue, obeeme rigardanta supren, kaj la papo kiu solenmiene metas reĝan kronon sur lian kapon.

Poste mia dezajnistino demandis, kion signifas du kurbaj traboj, kiuj eliras el la figuroj por kuniĝi supre.

Mi supozas ke tio simboligas du povobranĉojn – la reĝan (laikan) kaj la eklezian (dian) kiuj unuiĝis danke al tiu ago.

Post preteriri la reĝan kastelon, kiu aspektis novfarita, ni vizitis suvenirbutikon malantaŭ la maldekstra turo kaj eniris la katedralon.

Unue ni direktiĝis al kripto, kie kuŝas restaĵoj de centoj de eminentaj ekleziuloj. 57 ŝtupojn suben kaj jen aperas du bonvenigaj skulptaĵoj – Eterno kaj Tristo.

La plej elstara kaj atentata estas la tombo de József Mindszenty, ĉefepiskopo en Esztergom ekde 1945.

Li plurfoje suferis pro sia socia aktiveco. En 1944 la nazioj arestis lin pro liaj protestoj kontraŭ deportado de la judoj.

En 1948 jam komunistoj kondamnis lin al ĝismorta enprizonigo. La kontraŭkomunisma revolucio liberigis lin en 1956, sed baldaŭ kolapsis sub la frapoj de la sovetia armeo kaj li trovis azilon en la usona ambasadorejo en Budapeŝto, uzante ties eksterteritoriecon jardekojn antaŭ Julian Assange.

Post 15 jaroj li sukcesis translokiĝi al Vieno kie loĝis ĝis sia morto en 1975. Post la falo de la komunisma reĝimo li estis oficialce absolvita je ĉiuj akuzoj kaj en 1991 restaĵoj de József Mindszenty revenis al la urbo, kies ĉefepiskopo li iam estis.

Poste ni promenis tra kolosa ĉefhalo, esploris la trezorejon kun multaj artaĵoj kaj iris for. Nin atendis alia vizitindaĵo – Château Béla.
FONTO: http://stanobelov.blogspot.com.br/2018/02/esztergom-la-urbo-de-hungaraj-regoj.html

NORUEGA CRIA PRIMEIRO HOSPITAL PSIQUIATRICO DO MUNDO QUE NAO USA MEDICAMENTOS

 Opinião Crítica 


Quem possui alguma ideia sobre saúde mental, provavelmente não concebe a existência dela sem medicação. Na sociedade contemporânea, praticamente todas as “doenças” mentais são susceptíveis de serem tratadas por drogas, independentemente do grau, muito menos quais são suas particularidades em relação à história de vida do paciente.

Como resultado de uma maneira de entender os conceitos de saúde, paciente, medicina e bem-estar, entre outros, acredita-se que todos os seres humanos podem ser tratados do mesmo jeito e que, por exemplo, uma depressão em uma mulher de 50 anos é idêntica a de um adolescente com 16. Em um homem que perdeu sua esposa ou uma jovem que não pode dormir à noite. E sob essa premissa, a todos são oferecidos a mesma solução: uma droga cuja promessa é trazer “equilíbrio”, o que quer que isso represente.

Além disso, essa compreensão da saúde mental é tão dominante que pensar em outras alternativas pode ser considerado um absurdo, algo realmente louco.

No entanto, na Noruega, um projeto está sendo promovido buscando demonstrar a viabilidade de outra alternativa, ou seja, que é possível separar a saúde mental e psiquiátrica da abordagem farmacológica que dominou nossa cultura de saúde nos últimos 50 anos.

Na remota cidade de Tromso, no norte da Escandinávia, é onde fica o Hospital Psiquiátrico de Asgard, que já na entrada anuncia sua particularidade: “behandlingstilbud medikamentfritt”, (livres do tratamento de drogas) slogan promovido pelo próprio Ministério da Saúde do país e que, entre outros fins, procura explorar outras formas de tratar a mente e seus distúrbios.

Qual é a alternativa? “Ouvir o paciente”, disse Merete Astrup, diretora da instituição. Ela descreve a especificidade dessa “nova” perspectiva:

“É uma nova maneira de pensar. Antes, quando as pessoas procuravam ajuda, elas sempre recebiam as necessidades dos hospitais, e não o que os pacientes queriam. Estávamos acostumados à dizer aos pacientes: ‘este é o melhor para você’. Mas, agora dizemos: ‘o que você realmente quer?’. E eles podem dizer: ‘estou livre, eu posso decidir'”.

Da mesma forma, Magnus Hald, chefe de serviços psiquiátricos do Hospital Universitário do Norte da Noruega, acrescenta:

“Devemos considerar que a perspectiva do paciente é tão valiosa quanto a do médico. Se os pacientes dizem que isso é o que eles querem, parece bom para mim. Trata-se de ajudar às pessoas a continuarem com suas vidas da melhor maneira possível. Devemos ajudar a continuarem tomando medicação se é o que elas desejarem, e apoiá-las se quiserem experimentar [o tratamento] sem medicação. Devemos tornar isso possível”.


Esses dois testemunhos expressam com simplicidade o principal problema da psiquiatria moderna: o lugar secundário para o qual ela relegou a história não do paciente, mas da pessoa.

Tanto quanto à abordagem cientificista parece inapelável, a verdade é que, no que diz respeito à mente, suas “doenças” não são o resultado exclusivo de desequilíbrios neuroquímicos. Loucura, depressão, ansiedade e outros distúrbios geralmente são sintomas nos quais às circunstâncias de nossas vidas são condensadas, mas que muitas vezes não compreendemos e ainda não exploramos.

Em outras palavras: não há duas pessoas no mundo que estão tristes pelos mesmos motivos. No entanto, a partir de uma abordagem moderna da mente humana, em vez de tentar entender essas razões, para todos os indivíduos são oferecidos a mesma solução: um antidepressivo.

No momento não é possível saber até que ponto esse projeto lançado na Noruega chegará em outras partes do mundo. Entretanto, o mero gesto de ouvir o paciente psiquiátrico é, para os médicos que os tratam, um grande passo cuja direção talvez seja uma compreensão da saúde e do bem-estar como estados que fluem diretamente da subjetividade e das circunstâncias pessoais.

Comentário:

A iniciativa de estabelecer um modelo de tratamento psiquiátrico sem o uso de drogas vai na contramão dos interesses da indústria farmacêutica, motivo pelo qual provavelmente não ganhará destaque essa abordagem e, invés disso, deverá ser combatida por outros especialistas.

Do ponto de vista estritamente acadêmico, essa abordagem possui ampla fundamentação teórica e é mais coerente do que os métodos atuais aplicados em saúde mental, em sua maioria frutos do modelo biomédico de saúde.
Com informações: pijamasurf

Comentário: Will R. Filho

FONTE http://www.opiniaocritica.com.br/2017/11/hospital-psiquiatrico-sem-medicamentos-na-noruega.html#.WosOKDQ0CT0.facebook